Boas Práticas de Email Marketing Para ter Sucesso Nas Suas Campanhas

Para montar um bom e-mail marketing, é preciso seguir as boas práticas e também evitar erros comuns que possam prejudicar as campanhas. Acompanhe confira as melhores estratégias para montar um bom texto!

Você sabe como aplicar as boas práticas de e-mail marketing em sua campanha? Ter essa estratégia bem consolidada é fundamental para alcançar os resultados que deseja e consolidar o seu negócio no mercado.

Montar um e-mail marketing parece uma tarefa complicada, especialmente para os iniciantes.

Mas é fundamental adotar essas práticas, pois vai ajudar você a criar um relacionamento de confiança com os seus leads e também com os seus clientes.

E, informar, fidelizar contatos, e fazer vendas são objetivos dessa ferramenta.

Portanto, além de escolher um bom software para a produção deste material, ter boas práticas para a produção do e-mail marketing se torna fundamental. 

E antes de pensar em ferramentas para disparos, é importante seguir as dicas que apresentamos neste guia. 

Além disso, falamos também sobre os erros que devem ser evitados para que assim, as suas boas práticas de e-mail marketing sejam eficazes. Não perca!

O que é e-mail marketing?

O que é e-mail marketing?

Antes de falarmos sobre as boas práticas do e-mail marketing, vamos reforçar o que é essa estratégia no marketing e como ele é fundamental para qualquer campanha que for criar.

Essa modalidade consiste em enviar e-mails com mensagens diretas e personalizadas para os contatos, criando um canal de marketing e comunicação. 

Mas, diferente de um disparo em massa, o e-mail marketing conta com o consentimento do contato, ao aceitar receber essas mensagens em sua caixa de e-mail, ou seja, não é um spam.

Outro ponto importante, é que ao contrário do que muitos pensaram, que o e-mail estaria em desuso, com a chegada de aplicativos como WhatsApp e Telegram, ele tornou-se um dos pontos-chaves nas campanhas de marketing. 

E quem dispensa o uso do e-mail marketing pode estar cometendo um equívoco no objetivo de converter leads em clientes. 

Assim, o e-mail marketing é o diferencial em sua campanha, pois de acordo com a Litmus Research, ele proporciona 3800% do retorno sobre o investimento (ROI). 

Então, o e-mail marketing torna-se uma barata e eficaz estratégia para a sua campanha e deve ser aplicado da maneira correta. Quer saber como fazer isso? Confira o tópico abaixo. 

Boas práticas de e-mail marketing são indispensáveis

Boas práticas de e-mail marketing

Portanto, você já deve ter percebido o quanto as boas práticas do e-mail marketing são indispensáveis. E elas englobam três objetivos:

  • notoriedade (quando as pessoas conhecem sua marca),
  • imagem (aqui você mostra o profissionalismo)
  • ação (a parte final, para vender produtos e serviços)

Ao mandar o e-mail com uma mensagem personalizada, você cria uma relação no cotidiano de seus contatos, que não fica focada nas vendas. 

Inicialmente, na etapa de prospecção, você mantém o seu contato informado sobre a sua marca. Depois, mostra o profissionalismo e com o intuito da conversão para cliente. Após isso, você mantém a etapa da fidelização

O diferencial do e-mail marketing é que, mesmo sendo mandado para um número grande de pessoas, você, ainda assim, cria um contato personalizado com os possíveis clientes.

Outra vantagem do e-mail marketing é que ele pode alcançar um público variado. Assim, é considerado uma poderosa ferramenta comercial voltada ao marketing de conteúdo. 

Boas Práticas de Email Marketing

Boas práticas para ter bons resultados com e-mail marketing

Veja agora quais são as principais boas práticas de e-mail marketing que você deve adotar para a sua campanha e assim, ter bons resultados com os seus contatos. 

1 – Saiba qual a sua persona 

Qualquer estratégia de marketing de conteúdo deve ter uma persona bem definida e com o e-mail não é diferente. 

Trata-se de um personagem fictício, construído após uma coleta de informações que representam qual é o seu cliente ideal.

Com a persona, você monta uma estratégia de mensagens de e-mail que busca resolver quais os principais problemas que ela tem. 

E todas as suas ações de e-mail marketing serão direcionadas em encontrar a solução ideal, apresentando a sua marca para posteriormente ser lembrada e escolhida pela persona.

Ou seja, é fundamental que você saiba para quem está enviando a sua mensagem, para que assim ela seja bem recebida e lida.

2 – Veja qual o objetivo do e-mail marketing

O e-mail marketing que você mandar deve ter um objetivo. É para que o seu contato aproveite uma oferta? Ou faça um teste gratuito?

Seja qual for, você deve definir um calendário editorial para o envio das mensagens. Elas devem ser planejadas de acordo com a sua persona. 

Pense no tema de cada e-mail, sempre que criar uma nova campanha. Planeje o dia que ele será enviado e para quem será encaminhado.

Assim, você consegue analisar todos os resultados de sua estratégia, em cada etapa e mantém os leads interessados em seus e-mails.

3 – Não esqueça de personalizar

Como já foi bastante ressaltado neste guia, a personalização do e-mail marketing é fundamental

Quando você manda uma mensagem direta a seu contato, há mais chances de abertura dele para a sua oferta. 

Crie listas para seus contatos, de forma segmentada, de acordo com os interesses.

Então, você terá certeza que a mensagem será repassada de acordo com o interesse de seus contatos. 

4 – Evite mensagens genéricas

Ao segmentar e personalizar as mensagens, você evita os e-mails genéricos, que comprometem a sua estratégia de marketing. 

Isso vale também para o remetente. Assim, evite e-mails que tenham [email protected], [email protected] ou [email protected] Pois isso dá a impressão que é um robô mandando as mensagens, com mais riscos de serem ignoradas

5 – Inclua links 

Ao usar links externos, você tem mais chances de aumentar o engajamento com seus contatos.

Para isso, insira links para as páginas do seu site ou de textos externos que são interessantes em sua estratégia e que chamem a atenção do seu público.

Mas você deve ter cautela, pois e-mails com muitos links podem ser vistos como spam pelos provedores de serviço de Internet (ISPs) e assim serem encaminhados para a caixa de spam, com menos chances de ser visto. 

Você também pode incluir links para as redes sociais de sua marca. Convide-os para curtir e seguir as suas páginas. Você também pode inserir botões para as suas redes.

Tudo isso faz parte de uma estratégia de atração do lead, assim, deve ser bem planejada.

6 – Pense em conteúdo que atraia 

Ao adotar o e-mail marketing, planeje mandar um conteúdo que atraia a atenção de seus contatos. Isso é importante para a sua nutrição de leads. 

Esse conteúdo deve responder possíveis dúvidas, despertar curiosidade e resolver os problemas e desejos que sua persona enfrenta. 

Você pode investir em:

  • Posts blog;
  • Webinar
  • E-book;
  • Infográfico 

Há outras ações que são interessantes para a atração de leads, como:

7 – Invista em uma linguagem direta e leve

No e-mail marketing, evite textos longos, com leitura cansativa. Seja direto e objetivo, sem enrolar para mandar a sua mensagem.

Dependendo de sua persona, você pode apostar em uma linguagem mais leve e bem-humorada, com elementos engraçados, como gifts. 

Para facilitar a leitura, você pode usar bullets points, que instiga o leitor a ir até o fim do texto. 

8 – Faça um e-mail marketing responsivo 

O layout de seu e-mail marketing deve ser 100% responsivo. Isto é, precisa se adaptar em diferentes dispositivos, como computadores, tablets ou celulares. 

No e-mail, além da tela do leitor, é preciso pensar nas restrições que provedores e dispositivos impõe para a legibilidade. 

Portanto, crie um design e conteúdo que seja objetivo e otimizado, em 600 pixels de largura no template e o conteúdo interno adaptável. 

Limite o número das fontes, use imagens e sempre tenha em mente a pré-visualização de seu e-mail marketing. Isso ajuda seu conteúdo a ficar responsivo. 

9 – Não se limite a imagens

Apesar de usar a imagem ser importante para o seu e-mail marketing, não se limite apenas nisso. 

Isso porque quando você apenas envia uma imagem JPEG ou PNG, há provedores que não carregam no corpo do e-mail. Assim, vira um contato perdido. 

Então, usar imagens e textos para um conteúdo mais atrativo é essencial para que o seu contato saiba do que se trata a mensagem. 

Na questão das imagens, evite que elas sejam muito grandes ou pequenas. Foque no que irá acrescentar e fortalecer os valores de sua marca e assim atraia a atenção do leitor.

10 – Faça testes A/B

Os testes A/B são importantes se você observar que a taxa de conversão está baixa, ou seja, os e-mails não geram resultados. 

Esses testes avaliam diferentes formatos em sua campanha de marketing e qual funciona melhor para o seu negócio. 

Nesses testes, você usa diferentes layouts, linguagens, imagens, chamadas para a ação ou linhas de conteúdo

Com os dados coletados, você insere em sua página o que já foi testado e aprovado pelo seu público alvo. E aposte no que deu resultados

Com os testes A/B, você de estudar e entender as particularidades das personas, baseados em seus gostos e preferências. 

11 – Use CTAs

As chamadas para a ação, ou call to action (CTA) são ótimas ferramentas que convidam o leitor a fazer alguma ação fora da página do e-mail. 

Isso inclui assinar uma newsletter para informações exclusivas e novidades, aproveitar uma oferta ou teste grátis

E use palavras que instiguem, crie impactos, com conteúdo interessante e chamativo. Outra dica é deixar espaços em branco ao redor do botão, facilitando sua visualização e aumentando a probabilidade de cliques. 

Você também pode incluir um texto alternativo no CTA. Assim, veja algumas dicas importantes para criar bons CTAs: 

  • use gatilhos mentais como urgência e escassez;
  • use um botão chamativo;
  • No CTA mude a cor em relação ao restante do e-mail. 

12 – Identifique qual a jornada do seu lead

Para saber qual o melhor e-mail marketing, entenda a sua persona e descubra do que ela precisa e quais são os seus desejos, medos e necessidades. 

É importante lembrar que nem todo potencial cliente ainda está pronto para comprar.

E no e-mail marketing o seu papel é guiá-lo até esse momento e não apenas jogar uma oferta e forçar a sua venda.

Portanto, entender as etapas da jornada do cliente ou do funil de vendas vai conduzir o cliente, no caminho de prospecção até a conversão. 

13 – Facilite o cancelamento do cadastro

É importante manter o relacionamento de seus contatos, mas isso não deve ser feito de maneira forçada. Portanto, insira a opção de descadastramento em seu e-mail marketing. 

Faça com que essa opção seja feita de forma simples e rápida. 

14 – Crie um design agradável

Muito além de um bom conteúdo o e-mail marketing também deve ter um visual agradável. Caso contrário, ninguém o lerá. 

Escolha modelos de e-mails que sejam simples e fáceis, valorizando as  cores da sua empresa.

Outra dica é já deixar modelos semi prontos, para padronizar de forma harmoniosa as suas mensagens. 

15 – Teste os e-mails antes do envio

Após escrever um e-mail, evite mandar direto para sua lista de contatos. Faça um envio teste. Assim você evita que suas mensagens sejam encaminhadas com erros. 

Teste de forma manual, enviando o e-mail para diferentes provedores ou usado um serviço de e-mail. Mande para você mesmo e confira se está tudo certo

16 – Use palavras-chave

Essa clássica estratégia de SEO, aplicada no e-mail marketing, ajudará a aumentar o tráfego para o seu site. 

Use palavras-chave que despertem a sua audiência, gerando interesse para que seu e-mail seja lido.  

Uma dica é usar a palavra-chave quando publicar os conteúdos de sua newsletter, assim, elevando as chances de cliques no site. 

17 – Se e-mails não foram abertos, reenvie

Uma boa ideia para não desperdiçar os seus conteúdos é reenviar e-mails que não foram abertos pelos seus clientes. 

Há várias razões de ele não ter lido a mensagem, como falta de tempo, ou o e-mail ter caído na caixa de spam.

Mas mude o assunto, com gatilhos como  “última chance” ou “lembrete” para que ele não corra o risco de ser ignorado novamente. 

Também é importante que o conteúdo esteja atualizado, com dados novos, notícias ou novidades que podem ser inseridos. 

18 – Aposte em conteúdos criados pelos clientes

Incentive os seus contatos a criarem conteúdos, para aumentar sua estratégia de marketing

Para isso, você pode promover concursos ou solicitar reviews, imagens, vídeos, de seus produtos. Ou como costumamos dizer, depoimentos.

E criando campanhas específicas para promover esse conteúdo, integrá-las em suas redes sociais e ganhar mais assinantes melhora os seus resultados. 

Na minha sequência de email, enviamos depoimentos de outros alunos, para que eles se sintam mais confiantes em realizar a compra.

19 – Use storytelling

Quem não gosta de boas histórias? E o storytelling busca se comunicar desta forma para aumentar o desejo do cliente em ter o seu produto ou serviço. 

Busque enredos para o e-mail marketing que vão solucionar os problemas de seus clientes, com histórias que eles possam se identificar.

20) Se atualize nas tendências

Estar atualizado nas tendências é fundamental para você não ser passado para trás e ser trocado pela concorrência. 

Fique de olho no seu mercado e quais são os novos passos adotados da indústria. 

E o que evitar?

O que evitar no e-mail marketing

Alguns erros já se tornaram comuns de ser cometidos ao elaborar um e-mail marketing, mas é preciso estar atento, pois eles podem comprometer a sua estratégia de prospecção ou até conversão e deixar a imagem da sua empresa arranhada com o seu público.

Assim, evite os seguintes erros na hora de enviar um e-mail marketing. 

1 – Mandar spam

Quem não se irrita de abrir o e-mail e a caixa está lotada de mensagens spam? Para evitar isso, conheça as regras de spam do país em que seu público-alvo está. 

Evite colocar muitos links no corpo do texto e palavras que podem ser associadas a spam como “grátis”, “ótima oportunidade” e “compre agora”. Evite também o excesso de imagens, ícones, códigos HTML e letras maiúsculas.

2 – Fazer compra de listas

Uma lista de e-mails é importante para a sua campanha de marketing, mas ela deve ser construída com base na confiança e relacionamento dos contatos. Portanto, não, compre listas de e-mails para enviar suas mensagens.

O e-mail marketing só ocorre após a permissão concedida pelo contato. Se o envio ocorrer sem autorização, a mensagem vai para a caixa de spam.

3 – Recorrer ao envio manual

O envio manual é outro erro comum, pois a ideia é colocar todos os destinatários juntos, no mesmo envio, ou separá-los em grupos de 10, para fazer 5 envios do seu próprio e-mail.

Mas a pessoa logo percebe que recebeu mensagens parecidas com as outras, dando a entender que outros destinatários também receberam o mesmo conteúdo. 

Assim, para evitar isso, recorra às boas práticas de e-mail marketing. 

4 – Não acompanhar os resultados

Um dos erros fatais em qualquer estratégia de marketing é não acompanhar os resultados. Só assim será possível ver o que está funcionando ou não em sua estratégia. 

Então, adquira o hábito de acompanhar as métricas de sua campanha analise os resultados e planeje onde manter as ações e o que melhorar. 

5 – Ofertas demais

Se você quer um relacionamento bom e duradouro com os seus contatos, evite o exagero de ofertas no e-mail marketing. 

Se a pessoa recebe constantemente mensagens com ofertas, acaba perdendo o interesse em sua marca. Não se esqueça que a venda é somente a última etapa da jornada de compras.

Então, crie uma frequência aceitável, como a cada semana ou 15 dias,  para que o destinatário tenha interesse nas suas novidades. Pense em conteúdos e títulos chamativos e bem elaborados. 

Porque usar um programa para o e-mail marketing?

Porque automatizar o e-mail marketing

E você porque deve como escolher um bom programa de envio de e-mails? Atente-se que esta é a  primeira etapa para um resultado satisfatório em sua estratégia de e-mail marketing.

E há várias razões para adotar um programa eficaz de envio de e-mails. A primeira é que ele permite saber se seus emails foram entregues de forma correta aos destinatários. 

Você também pode gerenciar as inscrições e estilizá-los para que fique algo mais agradável e acessível. 

Outro benefício é que você acompanhará as estatísticas dos e-mails, verificando qual foi a performance mais elevada, taxas de abertura, de clique e reações. Assim, pode aplicar esses resultados em sua estratégia. 

Melhor do que enviar e-mail um por um através do Outlook ou do Gmail, usando um programa você ganhará tempo e terá mais resultados.

Como escolher o melhor programa?

Como escolher um programa para e-mail marketing

Se você tem dúvida sobre qual programa usar para o seu e-mail marketing, você deve analisar questões importantes, como:

  • Quantos contatos você tem atualmente?
  • Quantos pretende ter em um ano?
  • Quantos e-mails você pretende enviar?
  • Que tipo de e-mail você deseja enviar (automático e/ou marketing)?

Com essas questões em mente, você terá mais clareza em saber qual a plataforma ideal para as suas necessidades.

A Ferramenta que recomendamos é a LeadLovers.

Os tipos mais comuns de e-mail marketing

Tipos de e-mail marketing

Existem diferentes tipos de e-mail marketing que você deve conhecer e adotar em sua campanha. Veja abaixo quais são. 

E-mails pontuais

Estes são e-mails criados para envios de tempos em tempos, seguindo o ritmo da empresa. 

Incluem as newsletters que apresentam as novidades da sua empresa ou mostram um exemplo de utilização de seus produtos, chamando a atenção e inspirando os clientes. 

Um bom exemplo para os e-mails pontuais são as ofertas da Black Friday, promoções durante as festas de fim de ano, o lançamento de um novo produto, etc.

E-mails automatizados

Os e-mails automatizados são personalizados, seguindo as informações que você tem. Assim, será definido um modelo enviado diretamente aos seus destinatários de acordo com condições pré-estabelecidas.

Os e-mails automatizados são 

  • E-mails transacionais: enviados após uma transação, como a confirmação de uma reserva, de boas-vindas ou  lembrete de um agendamento.
  • E-mails de automação de marketing: enviados de acordo com a sua relação com o destinatário.

E o mais importante é que seu conteúdo seja interessante, original e atrativo, para assim os resultados serem positivos.

Com este guia de boas práticas de e-mail marketing, esperamos ter contribuído para que você tenha conhecido mais sobre esta ferramenta e assim aplicá-la de forma eficaz em sua campanha.

Para complementar o seu aprendizado, acesse:

Infrográfico | Boas práticas de e-mail marketing

Gostou do conteúdo ou tem sugestões? Deixe seu comentário!

Sobre o Autor

Alex Vargas
Alex Vargas

Alex Vargas é fundador do Nucleo Expert, empresa especializada na criação de treinamentos de marketing digital e empreendedorismo que tem revolucionado a vida de milhares de pessoas. Chegando em janeiro de 2020, a marca de mais de 110 mil alunos. Ganhou o prêmio de Empreendedor Digital do Ano e Melhor Profissional de SEO do Ano, em 2019 pelo Afiliados Brasil. Alex é reconhecidamente um dos melhores profissionais de marketing do Brasil.

4 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.

Novo Webinário

cOMO MONTAR uM NEGÓCIO ONLINE À PROVA DE CRISES

Aula 100% Gratuita

Escolha um horário e inscreva-se na aula ao vivo.

Telegram