Growth Hacking é um termo criado por Sean Ellis, que tem como objetivo a criação de estratégias de marketing orientado para experimentos com finalidade de encontrar oportunidade de crescimento acelerado de negócios e empresas.

Você sabia que existe uma estratégia para aumentar negócios exponencialmente? Sim, estou falando do Growth Hacking.

Ficou perdido e não faz a mínima ideia do que seja growth hacking?

Muita gente ainda fica confusa com esse termo, por isso, se esse é o seu caso, não se preocupe.

Continue comigo, pois neste artigo você vai saber tudo sobre growth hacking e como aplicá-lo em sua estratégia.

Growth hacking já faz parte de muitas empresas renomadas como Facebook, Twitter, Uber, LinkedIn, Quora e Airbnb.

Mas há empresas menores que estão atingindo altas taxas de crescimento devido ao growth hacking.

Inclusive em negócios online, onde empreendedores digitais tem aplicado estas estratégias para ganhar dinheiro online.

O growth hacking não existe há tanto tempo, mas cada vez mais profissionais estão recorrendo a ele, para que o seu negócio cresça e conquiste muito mais clientes e, assim, mais lucro.

As empresas que estão apenas começando já estão trabalhando com o growth kacking porque buscam bons resultados através de inovação.

Quem trabalha com growth hacking visa primeiramente o crescimento da empresa. E se você tem interesse em ter um negócio próprio, com certeza pode se beneficiar destas técnicas.

Se você ainda não está entendendo do que estou falando, vou explicar tudo que você precisa saber, a partir de agora.

O que é growth hacking?

Growth hacking é uma estratégia de empreendedorismo desenvolvida para gerar crescimento de uma empresa, aumentando as vendas e ganhando visibilidade, através da criatividade, do pensamento crítico e de métricas sociais.

O termo “growth hacking” foi popularizado pelo empresário Sean Ellis, em 2010.

Ele definiu o termo como uma área que busca o crescimento, devendo examinar tudo que for realizado para verificar o real impacto disso sobre o crescimento gradativo de uma empresa.

Para Ellis, growth hacking significa encontrar oportunidades para ter sucesso e criar estratégias para chegar a esse resultado o mais rápido possível para o crescimento da empresa.

Não existe uma tradução exata de growth hacking para português, mas, ao pé da letra seria isso:

Growth = crescimento;

Hack = espaço ou brecha;

Hacking = explorando espaço ou brecha.

Para você entender melhor o que é growth hacking, é só comparar a um hacker, que procura e explora falhas de segurança em empresas, enquanto um growth hacking procura e explora brechas que possam fazer uma empresa crescer.

O que é Growth Hacking

O surgimento do growth hacking

O empresário Sean Elias, após notar que depois que fazia consultoria nas empresas, essas deixavam de buscar inovação e de trabalhar com o growth hacking e paralisavam o crescimento ou reduzia a velocidade dele.

Foi por causa desse fato que ele decidiu preparar profissionais, dentro das empresas, para continuar com o trabalho que ele desenvolveu durante o período de consultoria, surgindo então o growth hacking.

Ele procurava profissionais de marketing dentro das empresas por já possuírem conhecimento sobre a área que iriam atuar.

O profissional que atua como growth hacking precisa entender de tecnologia, psicologia do consumidor e sobre metodologia de experimentos.

Isso porque, ele precisa entender como o consumidor pensa durante a jornada de compra, o que o motiva e como ele reage quando vai comprar.

E o profissional que vai trabalhar como growth hacking vai usar os conhecimentos que já tem sobre marketing para encontrar brechas que podem fazer a empresa crescer.

Na verdade, o growth hacking, mais do que um simples cargo, é uma nova maneira de pensar sobre crescimento de uma empresa.

Por isso que, qualquer profissional, em qualquer posição formal dentro de uma empresa, pode utilizar essa nova maneira de pensar.

Growth hacking na prática

Growth hacking tem como foco o experimento, ou seja, ele utiliza o método científico de experimentar e observar o que deu certo.

Há uma sequência básica para aplicar o growth hacking, e é o que você vai conferir daqui a pouco.

Primeiro, preciso te informar que o growth hacking também possui um funil, e as ações são direcionadas para otimizar um dos cinco estágios do funil, que você vai conhecer a seguir.

Os 5 estágios do funil de growth hacking

  1. Aquisição

São as ações realizadas para atrair e conquistar os clientes;

  • Ativação

Foca em entregar ao cliente a primeira boa experiência;

  • Retenção

É o estágio em que o cliente continua usando o seu produto ou serviço por estar muito satisfeito com ele;

  • Receita

É quando o cliente está gerando lucro para empresa, como quando ele deixa de usar a versão gratuita e usa a versão paga de algum produto da empresa;

  • Indicações

Como o próprio nome já diz, é quando o cliente indica o seu produto ou serviço para os amigos e familiares, inclusive em suas redes sociais.

Para saber por onde você deve começar com as ações de growth hacking, é importante identificar em que estágio está o problema mais urgente e importante a ser resolvido.

5 Estágios do Growth Hacking

Gerando ideias para growth hacking

Para impulsionar o crescimento das métricas de cada estágio do funil de growth hacking, é necessário gerar boas ideias e organizá-las, para depois colocar tudo em prática.

Para gerar essas ideias, você poderá buscar inspiração em algumas fontes, como:

  • Pesquisa de cases de sucesso;
  • Sites das empresas para quem o growth hacking vai trabalhar;
  • Benchmarking de grandes empresas;
  • Blogs;
  • Grupos do LinkedIn;
  • Fóruns sobre o mesmo mercado…

É muito importante que você anote cada ideia que tiver (e compartilhe, caso você tenha uma equipe de growth hacking).

Para saber a prioridade que cada ideia precisa ter, você já pode ir anotando cada uma delas em grupos.

Escolhendo as ideias para colocar em prática

Eu o aconselho a anotar várias ideias para cada estágio do funil, para depois escolher as que você vai colocar em prática, dando certa prioridade.

A prioridade deve ser maior para as ideias que têm a ver com os principais objetivos da empresa.

E, para escolher as ideias que serão prioridade para serem colocadas em prática, você poderá utilizar alguns critérios, como:

  • Impacto que pode gerar nos resultados da empresa;
  • Probabilidade de sucesso;
  • Complexidade de implementação;
  • Custo para implementação.

A dica é colocar em prática primeiro as ideias mais simples, que podem produzir maior impacto nos resultados da empresa e que possua maior probabilidade de ter sucesso em sua aplicação.

Processo da hipótese

É nesse estágio do processo de growth hacking que a sua ideia vai se transformar em hipótese.

Aqui é muito importante estar ciente de que há uma barreira que impede o crescimento da empresa e que você precisa identificar e superar.

Oura coisa que você precisa ter claro em sua mente é que, além da barreira, também há uma brecha que você poderá explorar para fazer a empresa crescer.

Esse é o estágio em que o growth hacking trabalha com a estatística.

Também é a etapa das perguntas:

  • A hipótese ficará ativa até conseguir ser comprovada?
  • Como será a amostra dessa hipótese?
  • Para comprovar a hipótese, preciso recorrer a um teste A/B?

Além da hipótese, também são definidas as pessoas que trabalharão e quais serão as ferramentas que serão usadas para comprovar a hipótese.

Você também pode dividir a hipótese em pequenas partes, caso ela seja complexa.

Lance mão de tudo que possa facilitar o seu trabalho, pois um dos objetivos do growth hacking é comprovar uma hipótese o mais rápido possível.

Também é no processo de hipótese que são realizadas todas as métricas necessárias para a comprovação da hipótese.

Aplicando experimentos

Chegou o momento de aplicar os experimentos como foi planejado.

Se o seu experimento for bastante complexo e envolvam programação ou habilidades que você não possui, o ideal é buscar uma solução mais simples, que não exija tanto conhecimento, afinal, o objetivo do experimento é apenas comprovar uma hipótese.

Para ter certeza que o seu trabalho está dando certo, monitore os resultados.

Veja Aqui sobre planejamento estratégico.

Monitorando os resultados

Para que você saiba se a sua hipótese foi confirmada, é necessário monitorar os resultados obtidos.

O principal objetivo do monitoramento dos resultados é o aprendizado.

O ideal é trabalhar com metas.

Mas, além de verificar os números alcançados, o ideal é que você analise se outras métricas tiveram alguma alteração e o que você aprendeu.

É na etapa do monitoramento que você pode ter várias outras ideias para aplicação de growth hacking.

Portanto, esse é o momento de você anotar essas ideias naquela lista, lembra?

Ideias para Growth Hacking

Dicas de growth hacking para impulsionar o seu negócio

Se você possui um negócio (ou está pensando em montar um) é porque você possui um produto ou serviço para oferecer ao público.

Mas não basta ter um produto, é necessário gerar audiência e alimentá-la para convertê-la em clientes e aumentar o crescimento da sua empresa.

Para que isso aconteça, vou deixar aqui algumas dicas de growth hacking que podem impulsionar o seu negócio.

Aplicando essas dicas, você pode impulsionar os resultados do seu negócio, significativamente. Confira:

Mudança de atitude

A primeira dica de growth hacking que vou deixar para você é sobre mudança de atitude.

Essa mudança de atitude pode começar de forma simples, como uma ação de marketing diferente, uma atitude diferente diante de reclamações de clientes…

Compra de palavras-chave

Essa é uma dica de growth hacking muito eficaz, porém, você vai precisar investir constantemente para manter a compra de palavras-chave em sites como o Google e o Yahoo.

Mas para quem está apenas começando, essa pode não ser a melhor alternativa.

Você pode fazer isso usando o Google Ads.

Divulgação através do conteúdo  

Divulgue o seu negócio e o seu produto ou serviço criando um conteúdo viral, daquele que se espalha rapidamente.

Para que o seu conteúdo tenha qualidade e possa viralizar, no mínimo, ele precisa:

  • Ser relevante para o público que você deseja atingir;
  • Resolver um problema/dor do público-alvo;
  • Possuir uma linguagem adequada à audiência;
  • Ser escaneável;
  • Links de referência;
  • Imagens para ilustrar…

Mas, além de conteúdo em texto, você também pode criar um conteúdo em formato de vídeo, de podcast…

SEO (Search Engine Optimization)

Outra dica de growth hacking que funciona muito bem é utilizar as estratégias de SEO em seu conteúdo.

Otimizar o seu conteúdo para os sites de busca pode gerar resultados excelentes para o seu negócio.

SEO significa otimização para mecanismos de busca. São técnicas que, se aplicadas, otimizam o site, posicionando-o melhor nos mecanismos de busca, como o Google, e aumentando o tráfego orgânico.

Algumas dessas técnicas de SEO são:

  • Tamanho do conteúdo;
  • Qualidade do conteúdo;
  • URL amigável, ou seja, simples e curta;
  • Título contendo a palavra-chave;
  • Títulos internos;
  • Heading Tags;
  • Linkagem interna;
  • Meta descrição;
  • Botões de compartilhamento.

Anúncios “off-line”

Para quem dispõe de recursos suficientes e deseja usar anúncios convencionais para promover o seu negócio, produto ou serviço, é uma boa estratégia para atingir um público maior.

Muitas empresas online, como Enjoei, Mercado Livre e Pagseguro, são exemplos disso e estão anunciando na TV.

Anúncios em redes sociais

Essa dica serve para você trabalhar com as redes sociais, como o Facebook Ads e também no Instagram Ads.

Anunciar nas redes sociais é uma boa alternativa para negócios que estão começando, pois, dessa forma, o produto ou serviço irá atingir um público segmentado.

Mas, essa dica exige um investimento constante, o que pode não ser tão viável para quem ainda está começando.

E-mail Marketing

Outra dica de growth hacking é criar campanhas de e-mail marketing.

Essa estratégia é fundamental para que você gere um relacionamento com o lead.

Crie campanhas automatizadas de e-mail marketing, a fim de criar esse relacionamento com o lead gerado.

Com um relacionamento mais próximo com o seu lead, você pode aumentar as taxas de conversão.

Inbound Marketing

Inbound Marketing é conhecido como marketing de atração, pois através dele, você oferece conteúdo de valor para a sua audiência e, dessa forma, gera leads.

Você pode utilizar o Inbound Marketing oferecendo um e-book, um podcast, infográficos, webinários… tudo isso através do seu blog. 

A estratégia de growt hacking utilizando o Inbound Marketing é excelente para o seu negócio, pois quando você gera conteúdo de qualidade e gratuito para o seu público-alvo, você também gera audiência, o que aumenta as suas chances de conversões. 

Para saber mais estratégias veja nosso artigo de marketing de conteúdo.

Cuide do seu funil de vendas

Uma boa prática de growth hacking é gerar valor para a sua audiência, para que ela confie em você e, consequentemente, no produto ou serviço que você for oferecer para ela.

Portanto, cuide do seu funil de vendas, trabalhando bem o conteúdo que você vai enviar, de acordo com cada etapa.

Mais do que construir um relacionamento com a sua audiência, é saber manter esse relacionamento através da nutrição.

Growth hacking para impulsionar o seu negócio

Exemplos inspiradores de Growth Hacking

Veja abaixo empresas que usaram o Growth Hacking para crescer aceleradamente.

LinkedIn

O LinkedIn atingiu 200 milhões de usuários ativos, com a ajuda das ações de growth hacking.

Para conseguir essa marca, a empresa permitiu que pessoas de fora da plataforma pudessem ter acesso aos perfis dos seus usuários.

A possibilidade de criar um perfil público no LinkedIn permitiu que qualquer pessoa que realizasse uma pesquisa no Google com o nome de algum usuário da plataforma, o perfil dessa pessoa fosse encontrado nos resultados dessa busca.

Isso tornou-se possível porque os perfis dos usuários do LinkedIn foram otimizados para SEO.

O growth hacking estuda as pessoas e o comportamento delas para saber exatamente como deve agir, e a estratégia usada pelo LinkedIn é um exemplo de como o growth hacking encontra e explora as brechas de crescimento.

Facebook

No ano de 2017, o Facebook teve um alcance de 1,7 bilhões de usuários ativos e um dos fatores que fizeram isso acontecer foi a atuação do growth hacking.

No início, o Facebook só permitia universitários criar um perfil em sua plataforma.

Depois, a plataforma liberou a criação de perfis para qualquer pessoa.

A partir daí o desafio do Facebook era saber como manter o interesse das pessoas em uma plataforma liberada para todos.

Então, o Facebook, através de uma estratégia de gowth hacking, que enxergou uma brecha de crescimento e passou a permitir que os usuários colocassem widgets em seus sites.

A partir daí aquelas pessoas que acessavam esses sites recebiam um convite para curtir a página do site no Facebook e, com isso, eram “convencidas” a criarem um perfil na plataforma.

Com essa atitude, o Facebook aumentou significativamente o número de perfis criados.

Outra estratégia de gowth hacking do Facebook foi para reter novos usuários.

Depois de analisarem o comportamento dos usuários que continuavam ativos na plataforma, os growth hacking obtiveram uma métrica de ativação de usuários.

Eles constataram que os usuários que adicionavam sete amigos nos primeiros dez dias de uso do perfil eram as pessoas que se mantinham ativas na plataforma.

Então foram criadas diversas funcionalidades para que os novos usuários pudessem convidar esses sete amigos.

Uma dessas funcionalidades é que o usuário associa o seu e-mail à conta do Facebook.

Dessa maneira, o Facebook faz uma busca, a partir dos contatos do usuário, para sugerir amigos na plataforma.

Quora

O Quora é uma plataforma especializada em perguntas e respostas.

As duas pessoas que fundaram o Quora já foram funcionários do Facebook, portanto, possuem uma mentalidade de growth hacking e, sem dúvida, buscaram brechas de crescimento e as exploraram ao máximo.

O Quora funciona da seguinte forma:

Uma pessoa cria um perfil no site, faz uma pergunta sobre qualquer assunto e aguarda pela resposta.

Qualquer usuário, de qualquer lugar do mundo, pode responder essa pergunta, de acordo com a área de conhecimento que possui.

A grande questão para a empresa era como conseguir novos usuários, como fazer com que as pessoas confiassem no site e como garantir para elas que as respostas eram confiáveis.

Então, para aumentar a credibilidade do site e garantir a qualidade das respostas, a empresa focou em atrair usuários que fossem uma autoridade no nicho no qual atuam.

Essa foi a brecha de crescimento que o growth hacking encontrou para explorar.

A partir dessa atitude, o Quora tornou-se uma fonte confiável de conhecimento para os seus usuários.

Isso porque, quando esses usuários perceberam que as perguntas deixadas no site eram respondidas por profissionais reconhecidos como autoridades naquele assunto, passaram a confiar mais.

Conclusão

Agora que você já sabe o que é growth hacking, como ele pode gerar muitos clientes e como aplicá-lo em seu negócio, é hora de pensar fora da caixa e começar a pensar e agir como um growth hascking e garantir o sucesso do seu empreendimento.

Não esqueça que o growth hacking é mais do que uma estratégia de negócios, é um novo mindset no empreendedorismo.

Espero que este artigo tenha aberto a sua visão para conseguir enxergar as brechas de crescimento e tenha despertado a sua vontade de ir mais longe.

Growth Hacking na Prática

Alex Vargas
Alex Vargas

Alex Vargas é fundador da Live Media – Marketing, empresa especializada na criação de treinamentos de marketing digital e empreendedorismo que tem revolucionado a vida de milhares de pessoas. Chegando em agosto de 2019, a marca de 107 mil alunos. Ganhou o prêmio de Empreendedor Digital do Ano e Melhor Profissional de SEO do Ano, em 2019 pelo Afiliados Brasil. Alex é reconhecidamente um dos melhores profissionais de marketing do Brasil.

Responder

Deixe Seu Comentário Abaixo:

    4 Comentários Em "O que é Growth Hacking: Como Acelerar Negócios e Crescer Exponencialmente"

    • jhonatan

      shooow. toop!

      • Alex Vargas

        Opa, que bom que gostou amigo!
        Abraço!

    • Andiaria

      Caraca, só aqui mesmo para encontrar tanto conteúdo top. Fora de série esse artigo.

      • Alex Vargas

        Opa, aqui a meta é sempre trazer artigos com a melhor qualidade possível!
        Abraço