O Inbound Marketing é uma forma de marketing que tem como objetivo atrair clientes em um processo que gera encantamento e fidelização. O Inbound Marketing é também conhecido como Marketing de Atração, sendo mais passivo, diferencia-se do conceito tradicional de marketing e publicidade que é mais ativo (outbound marketing).

Atraia clientes para o seu negócio utilizando uma estratégia de marketing capaz de gerar resultados incríveis, elevando suas taxas de conversão.

Estou falando do Inbound Marketing, que é o marketing de atração, uma estratégia de marketing que visa atrair e converter clientes através de conteúdo relevante para o público-alvo.

O Inbound Marketing cria uma ligação entre a empresa e o cliente.

Para isso, ele utiliza estratégias de marketing de conteúdo, de SEO e também utiliza as redes sociais.

Quer aprender mais sobre essa estratégia poderosa para conseguir gerar excelentes resultados para o seu negócio?

Então, continue comigo e leia este artigo até o final!

O que é Inbound Marketing

O Inbound Marketing é uma ideia inovadora de marketing que tem como objetivo atrair clientes em um processo que gera encantamento e fidelização.

O Inbound Marketing é também conhecido como Marketing de Atração e busca atrair potenciais clientes de uma forma mais passiva ou indireta, sendo uma das principais estratégias a geração de conteúdo de valor.

Diferencia-se do conceito tradicional de marketing e publicidade que é mais ativo e invasivo usando mídias como propaganda na TV e Rádio, Telemarketing, mala direta e anúncios em redes de anúncios (outbound marketing).

A finalidade dessas estratégias é receber autorização para entrar em contato com esse público-alvo específico, de maneira direta, criando um relacionamento mais próximo e duradouro com ele.

o que é inbound marketing

Inbound Marketing – O Marketing de Atração

O Marketing tradicional sempre utilizou estratégias para interromper o público, com a finalidade de chamar a sua atenção para falar sobre um produto ou serviço e tentar convencê-lo de que comprar aquilo era muito vantajoso, embora, muitas vezes, não fosse.

Mas, nessa época, o centro de uma venda era o produto, e o consumidor não podia fazer muita coisa e nem tinha onde reclamar. Isso mudou muito.

Hoje, o centro de uma venda é o cliente e, este, passou a ter voz e vez.

Com a transformação do mercado, devido aos avanços tecnológicos, o comportamento do cliente também mudou.

Com toda essa mudança, as marcas passaram a criar estratégias para conquistar e fidelizar o cliente. Foi assim que surgiu o Inbound Marketing.

Com as estratégias de Inbound Marketing, as marcas não procuram mais os clientes da mesma maneira que era antes e nem interrompem as pessoas das suas tarefas, para “empurrar” um produto que elas não querem comprar.

O Inbound Marketing utiliza as redes sociais, os blogs, os sites de busca e outros canais, para atrair clientes através de um conteúdo de valor.

Portanto, ao contrário do antigo marketing, o Inbound Marketing não usa estratégia de interrupção para chamar a atenção do público, ele usa conteúdo interessante para o público-alvo, a fim de que ele seja atraído.

E o público atingido pelas ações do Inbound Marketing passam a confiar na empresa e permite que a ela entre em contato, construindo um relacionamento que, aos poucos, leva à conversão.

Por isso que o Inbound Marketing é o marketing de atração, em que o cliente vem até a marca, porque foi atraído pelo seu conteúdo interessante.

E é a partir desse momento que a empresa vai oferecer o produto ou serviço que trará a solução para o cliente em potencial.

Inbound Marketing - Marketing de Atração

Como surgiu o Inbound Marketing

O termo Inbound Marketing (Marketing de Atração) surgiu a partir do momento em que as empresas começaram a perceber que o marketing de interrupção não estava mais dando certo e que, ao invés de atrair, esse tipo de estratégia afastava o potencial cliente.

As marcas começaram a perceber também que poderiam atrair o público-alvo, buscando entender o que esse público queria, quais eram as suas necessidades, dores, medos, hábitos e interesses, criando um relacionamento com ele.

Foi através do co-fundador da empresa HubSpot (uma das maiores empresas de Inbound Marketing do mundo), Brian Halling, que o termo ficou conhecido.

Mas, os princípios do Inbound Marketing já vinham sendo praticados há alguns anos, após o surgimento do Marketing de Permissão, de Seth Godin.

O Inbound Marketing só foi compreendido de verdade, no ano de 2009.

Os especialistas em marketing chamam o Inblound Marketing de “a nova forma de fazer marketing”, pois ele tem, como principal objetivo, atrair o cliente e não correr atrás dele, como sempre foi feito no marketing tradicional.

O Inbound Marketing mudou a relação entre empresa e cliente, e o grande canal para que isso se tornasse possível, sem dúvida, foi a internet.

Antes do surgimento do marketing de atração, o cliente não tinha nenhum tipo de controle sobre aquilo que comprava e tinha menos controle ainda sobre os anúncios que via.

Hoje, com a internet, o cliente não só tem o controle da escolha do produto, como também pode escolher a forma de comprar e pagar, qual conteúdo consumir, quais canais ele tem preferência, tem a opção de pular o anúncio e ver apenas aquilo que o interessa.

Quem manda agora é o consumidor e, por isso, as marcas precisam se adaptar a essa nova realidade do mercado, para atrair o público e, dessa forma, conseguir convertê-lo em cliente.

surgimento do Inbound Marketing

A importância do Inbound Marketing para o seu negócio

Para você entender porque vale a pena investir em Inbound Marketing como estratégia de negócio, vou listar 7 motivos para você se convencer de que o marketing de atração pode fazer maravilhas com o seu negócio.

O Inbound Marketing traz tudo o que você precisa para aumentar as suas taxas de conversão e colocar a sua marca no topo do mercado.

Para começar, o Inbound Marketing tem o poder de atrair leads através da entrega de conteúdo de valor, te oferecendo diversos motivos para você usá-lo em seu negócio, como você vai poder conferir agora.

Motivo #1 Maior alcance do público-alvo

Se você souber elaborar uma boa estratégia de Inbound Marketing, poderá gerar uma audiência maior, além de aumentar o engajamento dela com o seu conteúdo.

E você sabe que, quanto mais conteúdo for publicado, mais tráfego ele recebe e, quanto mais tráfego, maiores serão as chances de conquistar leads.

Mas, a qualidade das visitas é mais importante do que a quantidade, pois, de nada adianta receber tráfego de quem não vai comprar.

Por isso que um conteúdo bem segmentado vai te ajudar a alcançar o público-alvo, pois o marketing de atração é uma estratégia que vai atrair apenas aquele público que demonstra interesse em comprar.

Motivo #2 Relacionamento mais próximo com o cliente

No Inbound Marketing, a empresa se aproxima do cliente, com a finalidade de criar um relacionamento de confiança.

Com um relacionamento mais próximo com o cliente, a empresa vai poder ouvir as necessidades, medos e interesses desse cliente.

O marketing de atração utiliza estratégias de conteúdo para identificar e atender as necessidades do cliente em potencial.

Com as inúmeras possibilidades da internet, o consumidor não aceita mais as recomendações e sugestões de vendedores, como era antes.

A grande maioria das pessoas faz pesquisas em sites de busca, como o Google e o Yahoo, para saber a opinião de pessoas que já adquiriram determinado produto ou serviço.

Elas também procuram saber qual a avaliação das outras pessoas em relação ao produto e à marca nas redes sociais.

Outra atitude cada vez mais comum é o consumidor fazer uma pesquisa em sites como o “Reclame Aqui”, para verificar se aquela marca, produto ou serviço são confiáveis.

Por isso que o Inbound Marketing trabalha com estratégias de comunicação aberta com o público e com interação constante com esse público.

Outro ponto que preciso salientar aqui é que também é necessário acompanhar a opinião das pessoas em relação ao conteúdo oferecido.

Você conseguirá esse feedback através dos comentários, se o conteúdo recebeu muitas curtidas, se está sendo compartilhado…

Motivo #3 Diminuição do ciclo de venda

O ciclo de venda é o período de tempo em que uma marca entra em contato com o potencial cliente até o momento em que ele realiza a compra.

Quanto maior for o ciclo de venda, maior será o custo de aquisição de cliente

Com as estratégias do Inbound marketing, esse período fica mais curto, o que reduz os custos e aumenta as vendas.

Ou seja, o Inbound Marketing conduz o cliente pela jornada de compra, de maneira mais rápida.

O marketing de atração vai trabalhar um conteúdo relevante para o público-alvo, o que faz com que o potencial cliente ande mais rapidamente pelo funil de vendas e chegue mais rápido à decisão de compra.

Motivo #4 Aumenta o poder de persuasão

O Inbound marketing também tem a capacidade de aumentar o poder de persuasão, que é uma das características mais eficazes para realizar uma venda.

No Inbound Marketing, o público recebe conteúdo sobre o assunto que procura e, por isso, depois de algum tempo consumindo o conteúdo de seu interesse, é convencido de que pode confiar nas sugestões oferecidas dentro desse conteúdo.

O Inbound Marketing aumenta o poder de persuasão, pois vai construindo isso aos poucos, através de conteúdo relevante e de maneira constante.

Por isso que, no momento da decisão de compra, o cliente em potencial vai “pesar” todo o histórico de relacionamento que teve com o conteúdo daquela marca e vai decidir por comprar o produto ou serviço oferecido por ela.

Motivo #5 Redução de custos

Em comparação com o marketing tradicional, como anúncios na TV ou no rádio, por exemplo, o Inbound Marketing é bem mais econômico e ainda possui a capacidade de reduzir os custos de aquisição de cliente no marketing digital.

O Inbound Marketing é um investimento muito eficiente para aumentar as vendas e diminuir os gastos.

E, com a redução de custos, a empresa terá menos desperdício de dinheiro e vai poder investir em outras estratégias, com esse valor que economizou.

Motivo #6 Acompanhar os resultados

Acompanhar os resultados de suas ações, com a finalidade de identificar o que está funcionando ou não (para saber se deve receber mais investimento ou não) e também verificar aquilo que não está trazendo bons resultados é de fundamental importância para fazer melhorias ou eliminar alguma ação.

Medir o desempenho do seu negócio, em tempo real, te dará a oportunidade de realizar as mudanças necessárias, otimizar o que está dando certo e, dessa forma, evitar desperdícios.

O Inbound Marketing facilita as métricas de suas ações, por isso, aproveite essa estratégia para acompanhar de perto todo o planejamento de marketing do seu negócio.

Motivo #7 Geração de ticket médio maior

O ticket médio é um indicador de performance de vendas.

O Inbound Marketing é muito importante para aumentar o ticket médio, pois, quando o lead está bem informado sobre o produto ou serviço, o ticket aumenta.

Isso acontece porque, quando a empresa educa o lead, através de um conteúdo altamente relevante, ele sente mais confiança na hora de comprar o produto ou serviço que está sendo oferecido.

Bem diferente do que acontece com leads que não estão prontos para a etapa de compra, por não terem recebido informações suficientes.

Para que a sua estratégia funcione, deve-se evitar tentar vender antes da hora, antes de educar o seu lead, pois isso tende a atrapalhar de vez o processo de venda.

Para gerar um ticket médio maior, é importante lançar mão das ferramentas disponibilizadas pelo Inbound Marketing, para oferecer o seu produto ou serviço ao seu lead apenas depois de educá-lo, através de conteúdos relevantes, com muito mais assertividade.

a importância do Inbound Marketing

Etapas do Inbound Marketing

O Inbound Marketing trabalha com 5 etapas principais:

  1. Atrair;
  2. Converter;
  3. Relacionar
  4. Vender;
  5. Encantar.

1- Atrair

A primeira etapa do Inbound Marketing é da atração.

Essa estratégia é utilizada para atrair visitantes para o se blog ou site para poder gerar leads e, por consequência, realizar vendas.

Como já foi citado antes, o Inbound Marketing deixa de buscar pessoas para tentar vender um produto ou serviço e foca em oferecer informação de valor para o público-alvo, a fim de atrair esse público, para que ele venha até você.

Quando o público passa a consumir conteúdo relevante e que o ajuda a resolver o seu problema, resulta em engajamento e, mais tarde, em vendas.

Há algumas maneiras de atrair leads através de conteúdo, como:

2- Converter

Depois de atrair visitantes, o próximo passo é a conversão.

A conversão acontece quando o visitante deixa suas informações em troca de alguma recompensa, que geralmente é um material relevante para ele.

Esse é o momento em que o visitante avança na jornada de compra e é convertido em lead.

Há algumas maneiras de converter o visitante em lead, como:

  • Criação de ofertas;
  • Copywriting;
  • Teste A/B;
  • Landing Pages.

3- Relacionar

É importante saber que nem todas as pessoas estão prontas para comprar, portanto, você precisa respeitar cada etapa do funil de vendas, antes de abordar o cliente em potencial.

Isso é importante para que o cliente em potencial não receba a oferta de um produto antes de estar pronto para a decisão de compra.

Também é muito importante saber que apenas uma pequena parcela das pessoas do seu nicho de mercado está procurando uma solução para o seu problema.

Apenas essa pequena quantidade de pessoas está pronta para a decisão de compra.

É nesse momento que utilizamos as estratégias do Inbound Marketing.

Através de algumas estratégias de Inbound Marketing, são identificados os estágios aonde os leads estão e, a partir daí, entram as ações para acelerar o processo e fazer com que esses leads avancem pelo funil de vendas.

Jamais pule essa etapa tão importante, se não, corre o risco de perder o seu lead de maneira definitiva.

Algumas estratégias do Inbound Marketing para se relacionar com o futuro cliente e acelerar o processo de vendas são:

E-mail marketing:

  • E-mails promocionais;
  • Newsletter;

Automação de marketing.

4- Vender

Depois de oferecer conteúdo rico em informação para o seu lead e de criar um relacionamento com ele, é hora de identificar os leads que já estão prontos para receber uma oferta, com grande possibilidade de comprar.

Provavelmente, a venda será feita no site do produto, mas, em alguns casos, a venda é realizada a partir do contato do cliente com um vendedor.

Um ponto muito importante a ser destacado é que, quanto maior for o ticket do produto, mais será necessário nutrir o cliente em potencial através de conteúdo relevante, para conduzi-lo pela jornada de compra.

Isso porque, antes de entrar em contato com um vendedor, o futuro cliente já percorreu parte da jornada de compra.

Algumas estratégias de Inbound Marketing para realizar vendas são:

  • Lead Scoring;
  • CRM;
  • Inbound Sales.

5- Encantar

É um grande erro achar que o relacionamento com o cliente termina depois que ele realiza a compra.

Na verdade, é nesse momento que se inicia outra jornada, que é a de encantar o cliente, para que ele promova o seu produto ou serviço, indicando a outras pessoas, atraindo mais visibilidade e futuros clientes para o seu negócio.

Etapas do Inbound Marketing

Inbound Marketing – Jornada do cliente e funil de vendas

A partir de agora você vai aprender como fortalecer o relacionamento com o seu cliente e gerar muitas vendas, através da jornada do cliente, aplicando as estratégias de Inbound Marketing, de acordo com cada etapa do funil de vendas.

A jornada do cliente é o percurso que o cliente faz, partindo da busca por informações, até o momento da decisão de compra.

Para entender melhor como funciona a jornada do cliente, vou falar um pouco sobre o funil de vendas e suas etapas.

Cada etapa do funil de vendas tem uma função específica na jornada do cliente.

A grande maioria do público está no topo do funil de vendas e, por esse motivo, 80% do conteúdo precisa ser produzido para esse público.

O meio e o fundo do funil é aonde estão os 20% do público.

Como você viu, o funil de vendas está dividido em 3 etapas:

1- Topo do funil

É a etapa de aprendizado e descoberta.

2- Meio do funil

É a etapa da consideração e intenção.

3- Fundo do funil

É a etapa da avaliação e decisão.

1- Topo do funil

O topo do funil é a etapa em que o público busca apenas por informações superficiais sobre um problema que ele acredita que pode ter.

Portanto, nessa etapa, não é o momento de falar sobre o seu produto ou serviço, pois o público ainda não está educado, muito menos pronto para a compra.

Na verdade, o público que se encontra nessa etapa, ainda nem sabe que precisa comprar alguma coisa.

Por isso que o topo do funil é a etapa de aprendizado e descoberta.

A partir do aprendizado sobre o tema que pesquisou, o público dessa etapa do funil de vendas vai descobrir que existe um problema real para ser resolvido.

Por isso que, para o topo do funil, ou seja, para 80% do seu público-alvo, você precisa produzir conteúdo focado em educar.

O seu conteúdo precisa ser rico em informações relevantes para esse público, a fim de que ele queira saber mais sobre o assunto e, com isso, seja convertido em lead, mais adiante.

Os tipos de conteúdo que mais funcionam para o público que está no topo do funil são:

  • Artigos de blog;
  • Vídeos;
  • Posts em redes sociais;
  • Infográficos.

Esses tipos de conteúdo são mais fáceis de serem consumidos e compartilhados e, com eles, é mais fácil educar o público, despertando sua curiosidade e desejo de aprender mais.

2- Meio do funil

O meio do funil é a etapa da consideração e intenção, pois é nessa etapa que o público já entendeu qual é o problema que precisa ser resolvido.

Nessa etapa do funil de vendas, o público, que já é bem mais reduzido e busca pela melhor solução para o seu problema.

É muito importante saber que, no meio do funil, o público ainda não está pronto para comprar.

Mas, nessa etapa, o seu público já possui um bom conhecimento sobre os assuntos relacionados ao seu produto ou serviço e você já pode se relacionar com ele, de maneira mais próxima, com o intuito de gerar engajamento e aumentar a audiência.

Você consegue esse resultado através da oferta de conteúdo relevante e valioso para o público dessa etapa do funil.

Ofereça conteúdo como e-books e webinários em troca dos dados do público, para, dessa forma, conseguir converter visitantes em leads.   

Depois que você converte visitantes em leads, é hora de trabalhar a estratégia de nutrição, para conseguir manter o interesse do lead e conduzi-lo para a última fase da jornada do cliente, que é o que você vai conferir a seguir.

3- Fundo do funil

Junto com o meio do funil, essa etapa corresponde aos 20% do público.

Depois que os leads foram nutridos com conteúdo de valor, a essa altura já reconhecem qual é a solução para o seu problema.

A partir daí os leads vão escolher a empresa que ofereça essa solução.

Para que você não corra o risco de perder para a concorrência o lead que conquistou com tanto empenho, ainda precisa trabalhar estratégias de conteúdo.

Os tipos de conteúdo a partir de agora são:

  • Provas sociais;
  • Cases de sucesso;
  • Demonstração do produto ou serviço;
  • Estudos de caso…

Essa é a etapa do funil em que você precisa ganhar de vez a confiança do público, provando que o seu produto ou serviço é a melhor opção para ele.

Funil de Vendas no Inbound Marketing

Inbound Marketing – Como aplicar

Agora que você já conhece o Inbound Marketing, vai aprender como aplicar cada etapa, utilizando as estratégias adequadas para cada uma delas.

Atração

Marketing de conteúdo

Entre outros elementos, o planejamento, a pesquisa de palavras-chave e a criação de persona são estratégias do marketing de conteúdo.

O conteúdo é uma estratégia tão importante para aplicar o Inbound Marketing, que ele está presente em todas as etapas do funil de vendas.

Isso é porque o marketing de conteúdo tem o poder de atrair, converter, se relacionar com o lead e vender.

SEO

O SEO são estratégias aplicadas para otimizar o seu conteúdo com a finalidade de colocá-lo nas primeiras posições dos resultados de buscas nos mecanismos como o Google e o Yahoo, por exemplo.

Mídias sociais

As redes sociais e também os aplicativos de mensagens são mídias sociais capazes de fortalecer uma marca, pois são ótimos canais de divulgação do seu conteúdo.

Blog

O blog é o principal canal para você trabalhar o marketing de conteúdo.

Praticamente tudo que é produzido, em termos de conteúdo, passa pelo blog, por isso, o blog é excelente para trabalhar estratégias de conteúdo do Inbound Marketing.

Para criar um blog, siga este link.

Site

Enquanto o blog oferece conteúdo (mesmo vendendo um produto), o site oferece o produto, de forma direta.

Um site é, geralmente, institucional e vai atrair visitantes para comprar um produto.

Conversão

Landing Pages

Landing pages são páginas de conversão, ou seja, são criadas para converter visitantes em leads, através da oferta de algum material muito relevante para o público, em troca de informações de contato, como o e-mail.

Call to Action (CTA)

Call to Action (CTA) é uma chamada para ação, geralmente divulgada através de um botão chamativo em sua página de vendas, dentro do seu blog, a fim de convencer o visitante a clicar e preencher o formulário.

CRO

CRO é um termo em inglês que, traduzindo para o português, significa “otimização da taxa de conversão”.

O CRO garante que as conversões sigam aumentando, através de ações realizadas a partir de testes e dados coletados.

CRM

O CRM é um termo em inglês que, traduzindo para português, significa “gestão de relacionamento com o cliente”.

O CRM vai ajudar a nutrir seus leads, pois ele é capaz de registrar as informações de todos os potenciais clientes, o que ajuda a identificar as necessidades de cada um.

Formulários

Os formulários são publicados na landing page e é o local onde os visitantes preenchem suas informações.

Quanto mais fácil e rápido for o preenchimento do formulário, mais conversões o seu negócio terá.

Relacionamento

E-mail marketing

Entre os benefícios do e-mail marketing, posso dizer que ele é um canal que proporciona grande retorno sobre o que foi investido, além de permitir a segmentação das campanhas.

O e-mail marketing é uma excelente ferramenta de Inbound Marketing, pois também é possível fazer a segmentação de leads, o que permite enviar apenas e-mails relevantes, com alta taxa de abertura.

Além disso, com o e-mail marketing, o custo para atingir toda a base de leads é menor do que em outros canais.

Há dois tipos de e-mails, que sãos os mais comuns:

  1. Newsletter

São e-mails enviados periodicamente, com conteúdo e ofertas de níveis diferentes.

  • E-mail promocional

São e-mails enviados com o intuito de lançar novos materiais informativos e de promover uma oferta.

Lead nurturing

Lead nurturing significa “nutrição de leads” e seu intuito é manter um relacionamento com a base de leads, direcionando-a para a decisão de compra.

A nutrição de leads educa o potencial cliente e o ajuda a resolver um problema.

Você vai oferecer conteúdo relacionado à solução que o seu produto ou serviço oferece, respeitando o momento da jornada aonde o seu lead se encontra.

Automação de marketing

A automação de marketing gera muitos benefícios. Alguns deles tão:

  • Diminui o custo por aquisição de cliente;
  • Aumenta as vendas;
  • Aumenta a receita;
  • Ajuda na retenção de clientes.

A automação de marketing permite gerenciar o funil de vendas de maneira automatizada.

Venda

Lead scoring

O lead scoring pode te ajudar a triplicar os seus resultados.

Ele ajuda a compreender como está a sua base de leads e a identificar oportunidades de negócios, através de informações coletadas sobre os leads.

O lead scoring é baseado em dois eixos:

  1. Eixo de perfil

Através de informações coletadas sobre o lead, ele identifica o lead que possui um perfil com grande potencial para ser um cliente.

  • Eixo de interesse

Interpreta o comportamento do lead nos canais de comunicação e como ele interage com o conteúdo do momento da jornada em que ele se encontra.

Inbound sales

O inbound sales permite que os vendedores trabalhem a partir de casa, realizando reuniões, fechando contratos, entre outros serviços, através do uso de tecnologia de comunicação.

Por este motivo, o inbound sales ajuda a reduzir custos com deslocamentos desses vendedores até os clientes em potencial.

CRM

O CRM é um software utilizado para metrificar, organizar e armazenar o histórico das negociações realizadas pelo vendedor.

Além disso, o CRM melhora a abordagem ao cliente e a performance das vendas.

Encantamento

Envio de conteúdo avançado

Na fase de encantamento, você precisa oferecer conteúdo mais avançado, pois o cliente já comprou e agora você precisa fidelizar esse cliente.

Ofereça conteúdo avançado e relevante para essa fase do cliente, para ganhar a lealdade dele.

Manutenção do relacionamento

Depois que o cliente realizar a compra, não o perca de vista, não o despreze, pois, o pós-venda é tão importante quanto a conquista do cliente para realizar a primeira venda.

Então, continue enviando conteúdo interessante com consistência, mantendo o relacionamento ativo.

Resultados positivos

Um cliente que obtiver os resultados que esperava através do uso do produto ou serviço que você vendeu para ele, sem dúvida vai lembrar de você quando surgir uma nova necessidade de comprar e também vai recomendar o seu produto ou serviço para outras pessoas.

Como Aplicar o Inbound Marketing

Inbound Marketing – Acompanhando os resultados

As estratégias online possibilitam o acompanhamento dos resultados, permitindo que os dados sejam medidos e avaliados em tempo real, o que é uma grande vantagem em relação ao marketing tradicional.

O acompanhamento dos resultados obtidos em seu negócio vai te ajudar a identificar as ações que estão funcionando e o que deve ser melhorado ou até mesmo excluído.

Sem um acompanhamento, esse processo de melhorias tende a ser mais demorado e pouco eficiente.

Estratégias online possuem KPI’s (Indicadores Chave de Performance), que vai te auxiliar a avaliar os resultados do seu negócio, de maneira muito mais rápida, econômica e eficiente.

Acompanhar os resultados de um negócio com base em dados exatos e em tempo real reduz os custos e acelera o alcance das metas.

Veja agora algumas das principais métricas do Inbound Marketing, para você utilizar em sua estratégia:

Taxa de conversão

Essa é uma métrica extremamente importante para o seu negócio, pois é através dela que você vai verificar quantos visitantes estão sendo convertidos em leads e quantos leads estão sendo convertidos em clientes.

É a partir dessa métrica que você vai saber se a sua estratégia está dando certo e se você está conseguindo mostrar para o público o quanto a sua oferta é valiosa para ele.

Conversão do funil

Também é de fundamental importância metrificar as taxas de conversão de cada etapa do funil de vendas, a fim de identificar algum problema, de forma individualizada, para encontrar a solução mais adequada.

ROI – Retorno Sobre Investimento

Essa é a principal métrica para saber se as suas estratégias de marketing estão gerando lucro ou prejuízo para o seu negócio.

Para saber, basta somar os investimentos feitos em estratégias de marketing durante um período e fazer uma comparação entre o que foi investido com os resultados desse mesmo período.

Proporção entre CLV e CAC

CLV significa Customer Lifetime Value, que, em português, significa Valor Vitalício do Cliente.

Essa é uma métrica que indica o tempo em que um cliente permanece com uma marca.

CAC significa Custumer Acquisition Cost, que, em português, significa custo por Aquisição por Cliente.

Essa é uma métrica que indica quanto um cliente custou para a empresa.

Para que a empresa não perca dinheiro, é necessário que o CAC seja bem menor do que o CLV.

Grau de Satisfação do Cliente

Para medir o nível de satisfação do cliente, basta realizar uma pesquisa para saber se os clientes recomendariam o seu produto ou serviço para alguém.

A partir de pesquisas de opinião, você poderá identificar o que deve ser eliminado e o que precisa ser melhorado para satisfazer o cliente.

Resultados no Inbound Marketing

Inbound Marketing aplicado em diferentes segmentos

Você já sabe que o Inbound Marketing é uma excelente ferramenta para gerar resultados incríveis para uma empresa.

O que talvez você ainda tenha algumas dúvidas é se o marketing de atração serve também para pequenos negócios.

O Inbound Marketing é tão eficaz, que serve para empresas de qualquer tamanho, em qualquer segmento.

A seguir, confira alguns exemplos de Inbound Marketing aplicado em diferentes segmentos.

E-commerce

A internet transformou o jeito de vender e de comprar um produto ou serviço.

Hoje, o cliente busca por informações sobre o produto, antes de fechar uma compra. E é aí que entra o Inbound Marketing.

Através do marketing de atração é que uma marca se mantém presente nas redes sociais e aumenta o seu poder de influenciar o consumidor, aumentando também as vendas do e-commerce.

Pequenas empresas

O Inbound Marketing também pode ser aplicado em pequenas empresas, em qualquer segmento.

O Inbound Marketing tem um custo-benefício muito atrativo para quem possui um pequeno negócio.

Outro ponto positivo do marketing de atração para as pequenas empresas é que é possível acompanhar o desempenho das ações e, dessa forma, ficar mais próximo do sucesso em vendas.

Cursos

O Inbound Marketing é baseado na entrega de conteúdo de valor, com a finalidade de educar o público-alvo.

No segmento educacional, vale a mesma estratégia e, como o objetivo dos cursos é atrair alunos, o Inbound Marketing é perfeito para este segmento também. 

Agências

A agência que utiliza o Inbound Marketing em suas estratégias consegue gerar inúmeros benefícios e, entre eles, o de se tornar o seu maior case de sucesso, o que vai atrair ainda mais clientes, já que é uma agência de marketing vendendo marketing.

Inbound Marketing – Ferramentas

O uso de ferramentas permite um melhor desempenho das estratégias de Inbound Marketing.

Encontre as ferramentas certas para potencializar as suas estratégias.

Existem diversas ferramentas de Inbound Marketing para você escolher, inclusive, muitas são gratuitas.

Algumas das principais ferramentas de Inbound Marketing são:

Ferramentas de SEO

Há muitas ferramentas de SEO que você pode usar em sua estratégia, mas, vou recomendar duas delas para você otimizar o seu blog ou site.

As duas melhores ferramentas de SEO são SEMrush e a Ubersuggest.

Com o uso dessas ferramentas, você conseguirá melhorar o tráfego, fazer pesquisas e sugestões de palavras-chave e muitos outros benefícios para o seu negócio.

Ferramentas para blog

Existem várias ferramentas para blog, mas uma delas, sem dúvida, é a mais poderosa para você trabalhar, principalmente com o conteúdo.

Estou falando do WordPress, que é uma ferramenta gratuita, de altíssima qualidade, muito utilizada pelos maiores empreendedores em todo o mundo.

O WordPress oferece temas profissionais e responsivos, além de ser uma ferramenta intuitiva, muito fácil de usar, mesmo por quem não é um profissional de tecnologia.

Ferramentas de automação de e-mail marketing

As ferramentas de automação de e-mail marketing são muito importantes para a estratégia de Inbound Marketing.

E as melhores ferramentas que eu recomendo são Lead Lovers, Aweber e a Active Campaing.

Análise de métricas

Como o principal mecanismo de busca é o Google, o Google Analytics é, sem dúvida, a melhor ferramenta para fazer análise de métricas.

O Google Analytics, além de possuir excelentes recursos para análise de métricas, é uma ferramenta de Inbound Marketing totalmente gratuita.

É uma ferramenta que, além de gratuita, é muito poderosa para análise de métricas, pois ela é muito completa e direcionada a profissionais da área e também para quem está apenas começando.

Ferramentas de Inbound Marketing

Inbound Marketing – Como vender para uma agência

Uma empresa que trabalha com Inbound Marketing pode prestar serviços para agências, oferecendo benefícios como:

  • Entrega de resultados que podem ser medidos em tempo real;
  • Aumento do retorno do investimento.

Entrega de resultados que podem ser medidos em tempo real

Para entregar resultados mensuráveis para um cliente que trabalha com marketing, é necessário trabalhar com foco nos resultados das vendas, o que torna mais fácil gerar um bom retorno do investimento.

E mais, entregar resultados exatos e mensuráveis faz com que o cliente queira manter ou renovar o contrato com a agência.

Aumenta o retorno do investimento

Entre os inúmeros resultados que o Inbound Marketing traz para uma agência, está o de uma grande abertura de mercado,

Além disso, ele fornece muito mais do que comunicação, fornece oportunidades de negócios para a agência que fechar contrato.

O que uma agência é capaz de vender

Uma agência pode oferecer oportunidade de crescimento escalável para outra agência.

Através dos serviços de marketing direcionados às etapas do funil de vendas, uma empresa de marketing pode oferecer aos clientes (que também são agências de marketing):

  • Tráfego;
  • Geração de leads;
  • Qualificação de leads;
  • Geração de vendas.

Tráfego

O trêfego é gerado través de conteúdo relevante e de grande valor para o público que deseja atingir.

Quanto mais você promove um conteúdo através de um blog, redes sociais e anúncios, mais o tráfego aumenta.

Geração de leads

Para gerar leads, você e o cliente devem oferecer material rico, capaz de convencer os leads a deixarem suas informações em troca.

Para gerar leads, também é necessário a criação de landing pages para trabalhar a conversão, estruturar e-mail marketing, além de enviar conteúdo segmentado.

Qualificação de leads

Como nem todos os leads estão prontos para comprar, é necessário qualificar esses leads através da nutrição.

Para qualificar os leads, você pode usar estratégias de relacionamento através da coleta de informações sobre os leads e envios de e-mail marketing.

Através das ações para qualificação, os leads que ainda não estão prontos para comprar serão conduzidos pela jornada.

Geração de vendas

Aqui é ensinado às agências como realizar vendas para os leads que foram gerados.

Agências e o Inbound Marketing

Inbound Marketing – Impulsionando os resultados

Depois que você passou a utilizar as estratégias de Inbound Marketing em seu negócio, então, você já deve estar obtendo resultados, como:

  • Conteúdo de alto valor para a audiência;
  • Presença marcante nas redes sociais e nos demais canais de comunicação com o seu público-alvo;
  • Primeiras posições nos mecanismos de busca;
  • Conteúdos virais;
  • Conversão de visitantes em leads…

Se você ainda não está alcançando esses resultados, continue utilizando as estratégias de marketing de atração, pois elas, certamente, irão impulsionar o seu negócio.

Mas, se você já está obtendo bons resultados, é hora de implementar a sua estratégia e impulsionar os resultados gerados.

Depois que você aplicar as ações mais básicas do Inbound Marketing, já estará gerando leads.

Mas, é necessário ir além e continuar desenvolvendo o seu negócio, através da criação de uma estrutura capaz de levar o seu negócio para o topo.

Resultados no Inbound Marketing

Inbound Marketing – Projeções para o futuro

Você já viu que o Inbound Marketing é uma excelente estratégia para atrair clientes em potencial, gerando resultados positivos para o seu negócio, além de oferecer a possibilidade de medir esses resultados de maneira atualizada e eficiente.

Mas, mesmo sendo uma estratégia utilizada por inúmeras empresas em todo o mundo, o Inbound Marketing ainda é muito novo no mercado.

Por isso, ainda poderá se desenvolver e oferecer muito mais vantagens para as empresas, de qualquer tamanho.

Isso quer dizer que, se você ainda não usa o marketing de atração como estratégia de negócio, já pode começar a qualquer momento, pois, muito provavelmente, muitas novidades virão e você não vai querer ficar de fora.

Futuramente, o processo de vendas será ainda mais voltado para a comodidade do cliente do que já é hoje.

Todo o processo será otimizado, de maneira constante, pois os algoritmos e as ferramentas utilizadas no processo estarão ainda mais avançados e o Inbound Marketing vai acompanhar esse avanço.

Com tantos avanços tecnológicos, será cada vez mais fácil coletar informações sobre o público-alvo, para serem utilizados nas ações de marketing.

Além disso, o relacionamento com o cliente em potencial será cada vez mais personalizado e próximo, principalmente por causa do acesso à internet a partir de dispositivos móveis, que dominará o mercado.

A forma de se comunicar mudou muito e a tendência é que esta mudança continue.

O consumidor, que já busca por informações do produto ou serviço, antes de realizar uma compra, através de diferentes canais, principalmente em dispositivos móveis. 

O Futuro do Inbound Marketing

Conclusão

Como você conferiu aqui neste artigo, o Inbound Marketing é uma poderosa ferramenta para atrair clientes.

O objetivo do Inbound Marketing é gerar tráfego, capturar leads, criar lista de e-mails, principalmente atrair pessoas interessadas no produto ou serviço que você oferece.

Quem deseja usar a inovação para levar o seu negócio ao topo, precisa trabalhar com as estratégias de Inbound Marketing.

As maiores ações de Inbound Marketing além de atrair potenciais clientes, são:

  • Produzir conteúdo relevante e de valor;
  • Aumentar a visibilidade da marca;
  • Potencializar as vendas;
  • Reduzir os custos de aquisição de clientes.

Agora que você já sabe o que é Inbound Marketing, como ele pode beneficiar o seu negócio e também já sabe como usá-lo em suas estratégias, é hora de colocar tudo em prática e atrair muitos clientes para o seu negócio.


Alex Vargas
Alex Vargas

Alex Vargas é fundador do Nucleo Expert, empresa especializada na criação de treinamentos de marketing digital e empreendedorismo que tem revolucionado a vida de milhares de pessoas. Chegando em janeiro de 2020, a marca de mais de 110 mil alunos. Ganhou o prêmio de Empreendedor Digital do Ano e Melhor Profissional de SEO do Ano, em 2019 pelo Afiliados Brasil. Alex é reconhecidamente um dos melhores profissionais de marketing do Brasil.

    8 replies to "Inbound Marketing: Absolutamente Tudo Que Você Precisa Saber"

    • Cheila

      Excelente conteúdo. Como sempre.

      • Alex Vargas

        Olá!

        Fico grato por ter você aqui e que esteja gostando dos conteúdos.

        Grande abraço.

    • Robson Sousa

      Seu conteúdo como sempre é incrível Alex. Eu sou um grande exemplo de como esse método funciona, pois há alguns meses atrás eu era totalmente reticente a sua marca e seus produtos simplesmente por não conhecê-lo e achar que você era só mais um tentando me convencer a comprar alguma coisa. “Quem é esse cara que sempre aparece no meu facebook?” “Esse cara denovo?” Pulava seus vídeos, e ignorava suas postagens porque infelizmente o mercado está tão saturado de produtos ruins que nos faz criar uma barreira. Mas, um dia, não pulei seus anúncios no face, achei interessante um vídeo seu que vi e comecei a te acompanhar. Curiosamente, hoje, te sigo no YouTube, insta, face, e sou aluno e afiliado do FNO rsrsrsrsrs. Hoje, meu sentimento é de gratidão. Mérito seu. Parabéns e obrigado!

      • Alex Vargas

        Olá!

        Sim, realmente você é o exemplo concreto do funcionamento dessa estratégia. Todos nós quando expostos à novidade, ficamos receosos sobre a verdadeira intenção da pessoa que está transmitindo a novidade. O Mercado Digital possibilita essa aproximação aos poucos e quem controla a isso é o próprio ouvinte. Sendo assim, essa relação é construída aos poucos e de forma muito consistente.

        Fico feliz em tê-lo aqui e desejo muito sucesso.

        Grande abraço.

    • Pedro Pinto

      Muito completo esse artigo e basicamente é o meio como eu trabalho, embora nunca tenha tido sucesso com o email marketing, pelo que uso mais as landing pages diretamente.

      Embora o conteúdo seja muito bom está muito grande, pois até eu que sou um leitor avido já estava a ficar cansado 🙂

      • Alex Vargas

        Olá!

        Que legal! Realmente é uma das melhores estratégias para se relacionar, atrair e converter visitantes em clientes.

        O conteúdo a gente monta buscando trazer realmente tudo relacionado ao tema. É Muito completo! A leitura fica mais extensa, mas vale muito a pena.

        Sucesso!

    • Edna lucia rocha

      Muito obrigada mesmo.exelente seu curso.vou ler novamente e colocar todas as informações em pratica.muito obrigada.

      • Alex Vargas

        Oi!

        Que ótimo que você gostou! Aproveite nossos conteúdos aqui e fique à vontade para assistir também os vídeos no Youtube Alex Vargas Pro.

        Muito sucesso!

Leave a Reply

Your email address will not be published.