Redes Sociais: Tudo o que você precisa saber [2021]

As redes sociais são plataformas onde as pessoas se conectam e interagem umas com as outras e compartilham informações pessoais, profissionais ou comerciais. Elas funcionam a partir de sites ou aplicativos, onde grupos de pessoas que possuem os mesmos interesses se conectam para partilhar tudo aquilo que têm em comum.

Você faz ideia do potencial que as redes sociais têm para promover um negócio ou uma marca?

As redes sociais estão cada vez mais repletas de pessoas. No Brasil, por exemplo, milhões de pessoas estão conectadas às redes sociais.

Guia Completo de Marketing na Internet

Isso quer dizer que quase toda a população do nosso país está presente em pelo menos um canal de comunicação online ao qual você pode ter acesso para se conectar com o seu potencial cliente.

E, embora todas as redes sociais tenham sido criadas com a mesma intenção (de conectar pessoas), cada uma delas possui suas características particulares.

E, como o seu cliente em potencial, sem dúvida, está presente em pelo menos uma dessas redes sociais, você não vai querer ficar de fora e perder essa chance de se conectar com ele, certo?

Então, independentemente de qual seja o seu objetivo de negócio, neste artigo você vai saber tudo que precisa para usar as redes sociais em uma estratégia de marketing.

O Que São Redes Sociais?

Definição de Redes Sociais

As redes sociais são plataformas onde as pessoas se conectam e interagem umas com as outras, e compartilham informações pessoais, profissionais ou comerciais.

As redes sociais funcionam a partir de sites ou aplicativos, onde grupos de pessoas que possuem os mesmos interesses se conectam para partilhar tudo aquilo que têm em comum.

Mas, embora essa definição esteja voltada para o mundo digital, as redes sociais vão muito além da internet.

Uma associação de moradores, um clube de leitura e um grupo de estudos, são alguns exemplos de redes sociais.

Isso porque essas pessoas estão conectadas entre si, para compartilhar, pessoalmente, valores e interesses em comum.

Como Surgiram as Redes Sociais

A origem das Redes Sociais

Estudos mostram que a comunicação já existia desde a pré-história e, de certa forma, as pinturas rupestres já eram um tipo de rede social, pois, além de uma forma de registro, também serviam como meio de comunicação entre as tribos.

Mas, com a chegada da internet, que se popularizou depois de alguns anos, as redes sociais geralmente são relacionadas apenas ao ambiente digital.

Isso porque, com a popularização da internet, as pessoas mudaram a forma como se relacionam umas com as outras.

A partir daí a internet revolucionou a vida dos usuários, diminuindo distâncias, aumentando possibilidades, gerando praticidade em todas as áreas e oferecendo acesso ilimitado a informações.

A primeira rede social

A primeira rede social surgiu nos anos 90, em 1994, para ser mais exato.

A primeira rede social chamava-se Geocities, criada por David Bohnett e por John Rezner.

Apesar de a interação entre os usuários não ter sido um sucesso, a rede social oferecia a possibilidade de seus usuários criarem suas páginas pessoais, e isso sim foi um sucesso na época.

Depois da Geocities, surgiu a ClassMates, no ano seguinte (1995), criada por Randy Conrads, com foco na troca de informações entre universitários.

Foi também em 1995, que a rede social The Globe surgiu. A The Globe era uma espécie de fórum, onde os usuários podiam interagir.

Em 1997 surgiu o Six Degrees, criado por Andrew Weinreich e que até então era o tipo de rede social mais próxima do que é hoje.

Essa rede social permitia aos usuários publicar no mural, enviar mensagem e adicionar novos amigos.

É bem interessante conhecer um pouco sobre as primeiras redes sociais não é mesmo?

Mesmo com recursos tão limitados e sem a atratividade das redes sociais de hoje, naquela época o surgimento dessas redes sociais representou um marco revolucionário da tecnologia.

Foi a evolução dessas primeiras, que fizeram as redes sociais atuais serem o que são.

A evolução das redes sociais

A partir do ano 2000, as redes sociais têm mudado bastante, no mundo todo. Algumas foram extintas, outras surgiram e, outras, evoluíram com o passar do tempo.

Confira a seguir, algumas redes sociais que fizeram (e fazem) parte da história da internet.

Fotolog

Fotolog a primeira rede social

Para você ter uma ideia, no ano de 2002 foi criada uma rede social em que o foco era a publicação de fotos, o Fotolog.

Essa rede social fez bastante sucesso entre os jovens no Brasil e, chegou à marca de 32 milhões de usuários.

Porém, com o surgimento de outras redes sociais, como o Instagram e o Facebook, o Fotolog foi perdendo “a graça”, sendo extinto em 2019.

Friendster

Friendster a segunda rede social criada

Em 2002 também foi fundada a Friendster, uma rede social bem parecida com o Facebook.

Aliás, por causa do surgimento de novas redes sociais do mesmo gênero, o Friendster foi perdendo seu espaço.

Apesar da grande popularidade em outros países, essa rede social não fez muito sucesso no Brasil.

MySpace

My Space a Rede Social

Criada no ano de 2003, essa rede social que oferece conexão com amigos, grupos, blogs, além da publicação de vídeos, fotos e músicas.

Além disso, o MySpace também inclui um sistema de e-mail e de fóruns.

LinkedIn

Rede social Profissional Linkedin

Também foi em 2003 que surgiu o LinkedIn, uma rede social para pessoas que buscam conexão profissional e novas oportunidades.

Criada nos Estados Unidos, foi adquirida pela Microsoft no ano de 2016.

Orkut

Rede Social Orkut

Em 2004 surgiu o Orkut, uma rede social que foi um sucesso no Brasil e no mundo. Porém, mesmo com tanto sucesso, acabou sendo extinto em 2014.

Facebook

Facebook

Também criado em 2014, a intenção do criador, Mark Zuckerberg, era de um site para ser utilizado em Havard, universidade onde estudava na época.

Porém, a rede social se expandiu e hoje é a maior rede social do mundo, e hoje também é utilizada para fins comerciais.

Twitter

Twitter

Criado em 2006, o Twitter é uma rede social onde seus usuários compartilham pequenos posts e hashtags. Aliás, foi a partir do Twitter que as hashtags surgiram.

WhatsApp

Whatsapp

Apesar de ter sido criado (em 2009) para ser um aplicativo de troca de mensagens instantâneas, o WhatsApp tornou-se uma rede de conexão entre os usuários.

O app fez tanto sucesso, que em 2016 foi comprado pelo Facebook, e hoje já conta com recursos como o WhatsApp Web e o WhatsApp Business, além de estar sempre atualizando suas funcionalidades.

Instagram

Rede Social Instagram

Em 2010 surge então o Instagram, um aplicativo para dispositivos móveis que até então servia para compartilhamento de fotos.

A popularidade foi tão grande que, em 3 meses já alcançava a marca de 1 milhão de usuários.

Aos poucos, o Instagram foi sendo atualizado, ganhando botão de curtida, e permitindo que os usuários comentassem nas fotos publicadas por outros usuários.

Pinterest

Pinterest rede social de faça você mesmo, dicas e tutoriais

2010 também foi o ano de criação do Pinterest, uma rede social para compartilhamento de ideias em formato de imagens.

Google +

Google Plus

No ano de 2011, o Google + foi criado como intuito de integrar todos os serviços do Google, facilitando a interação entre os usuários, o que, obviamente, não aconteceu.

A rede social nem chegou a se popularizar, e acabou sendo extinta em 2019.

Snapchat

Snapchat

Ainda em 2011 foi criado o Snapchat, uma rede social inovadora, que chegou oferecendo ao seu usuário a possibilidade de publicar conteúdo em texto, imagens e vídeos com duração de até 10 segundos, e some após 24 horas.

Foi por inspiração do Snapchat que o Instagram criou os seus Stories e seus recursos de interação, como as enquetes.

Essas foram algumas das redes sociais mais populares do mundo, com um breve relato de sua história. Confira agora qual a diferença entre redes sociais e mídias sociais.

Redes Sociais e Mídias Sociais: Qual a diferença?

Embora muita gente confunda, achando que redes sociais e mídias sociais são a mesma coisa, na verdade são coisas bem diferentes.

As mídias sociais estão relacionadas às tecnologias que são usadas para deixar as redes sociais mais interativas para os usuários.

Ou seja, as redes sociais são utilizadas por pessoas com os mesmos valores e interesses e, essas, estão inseridas nas mídias sociais.

O objetivo das redes sociais é conectar pessoas e, para isso, essas pessoas criam um perfil com suas informações pessoais.

A conexão acontece através das informações do perfil dos usuários, que buscam outros perfis parecidos.

Através dessa conexão, os usuários das redes sociais começam a interagir entre si.

As mídias sociais possuem vários canais que facilitam a interação dos usuários, como, por exemplo, vídeos, e-mails, imagens…

As mídias sociais também são ferramentas utilizadas pelo marketing digital para segmentar o público, criar uma audiência e, consequentemente, aumentar as taxas de vendas.

Por promover a interação dos usuários através do surgimento da internet, as mídias sociais são diferentes das mídias já existentes antes da chegada da internet, como a mídia impressa, mídias de rádio e de TV, por exemplo.

Para resumir, redes sociais são o espaço onde os usuários interagem, enquanto as mídias sociais são o canal.

Vantagens das redes sociais

Conheça as vantagens das redes sociais

As redes sociais se tornaram muito importante para nossa sociedade.

Mesmo que você não tenha muita simpatia com as redes sociais, se é um empreendedor na internet, se está pensando em criar um negócio (mesmo que seja um negócio físico), precisa ter um perfil em pelo menos uma rede social, pois, através das redes sociais, é possível criar um relacionamento com o seu público-alvo com mais facilidade.

Além disso, com o uso das redes sociais, a sua marca estará presente na mente das pessoas, e o relacionamento com o público-alvo será mais duradouro.

Os benefícios das redes sociais não se aplicam somente às grandes marcas.

Pequenos negócios também podem aproveitar tudo que as redes sociais podem proporcionar.

As empresas aproveitam as vantagens das redes sociais para construir audiência, criar um relacionamento com ela e vender seu produto ou serviço.

As redes sociais também são ótimas estratégias para manter um relacionamento com o público que já comprou, conquistando sua fidelidade e os transformando em divulgadores da marca.

Segmentação do público

Uma das vantagens oferecidas pelas redes sociais para quem possui um negócio é a possibilidade de segmentar o público.

Praticamente todas as redes sociais têm ferramentas que facilitam a segmentação das mensagens que você vai enviar.

Essa segmentação aumenta a assertividade na hora de entrar em contato com o seu público-alvo, gerando um retorno positivo.

Você faz a segmentação de acordo com o objetivo que deseja alcançar.

Você pode segmentar o seu público de acordo com a localização, gênero, classe social, faixa etária, estado civil, profissão… ou seja, de acordo com os objetivos que você definir para o seu negócio.

Possibilidade de interagir com o cliente

As Redes sociais permite o relacionamento com clientes

As redes sociais aproximaram as marcas dos seus clientes e possíveis clientes, possibilitando um contato mais pessoal e personalizado, o que ajuda a criar um relacionamento duradouro e de confiança com os clientes.

Essa interação é possível porque, primeiramente, a empresa tem acesso às informações dos clientes, o que facilita a personalização da comunicação.

Depois, seria um erro se comunicar com uma pessoa, de maneira individual, utilizando mensagens generalizadas, como se o cliente estivesse falando com um atendente virtual.

Além disso, essa comunicação personalizada melhora a experiência do usuário.

Quando o cliente ou potencial cliente fala diretamente com a empresa, de maneira pessoal, ele passa a confiar mais naquela marca e, esta, gerará mais credibilidade dentro do mercado.

Hoje, o cliente é o foco do processo de venda, diferente de antes, em que o foco era o produto ou serviço.

Portanto, hoje, o cliente pesquisa muito, antes de tomar uma decisão. Ele analisa não só as qualidades e benefícios de um produto ou serviço, mas também a qualidade do atendimento, do suporte e do tempo de resposta da empresa, por exemplo.

Por isso a possibilidade que as redes socias oferecem às empresas de interagirem com seus clientes e potenciais clientes é uma oportunidade de se destacar dos concorrentes e sair à frente.

Possibilidade de medir os resultados

Outra vantagem que as redes sociais trazem para o seu negócio é a possibilidade de medir os resultados, através de informações exatas sobre o desempenho das ações aplicadas.

Medindo os resultados, você vai poder analisar se as suas estratégias estão dando certo, se estão gerando o retorno esperado e se precisa fazer melhorias, e em quais ações.

Oferece acesso à informação em tempo real

Informações relevantes em tempo real

Outra vantagem de ter as redes sociais em sua estratégia de marketing é que você pode se comunicar e oferecer informações ao público em tempo real, o que é ótimo, caso haja a necessidade de comunicar algo urgente ao público, por exemplo.

Além disso, também é excelente para divulgar alguma novidade da marca, fazer promoções e sorteios.

Promove produtos e serviços

As redes sociais também são ótimos canais para divulgação de produtos e serviços.

Seu cliente em potencial provavelmente está presente nas redes socias e, portanto, elas fazem uma espécie de pinte entre o cliente e  sua marca.

Compartilha a visão do negócio

As redes sociais são um espaço para compartilhar a visão de uma marca ou empresa

E, por fim, uma das grandes vantagens das redes sociais é que você pode utilizá-las para compartilhar sua visão de negócio.

Isso porque as redes sociais são como um shopping cheio de lojas, onde passam milhares de pessoas e que você tem a oportunidade de exibir suas ideias na vitrine, para que todos vejam.

Desvantagens das redes sociais

Apesar de as redes sociais serem tão importantes e cada vez mais presente na vida das pessoas, elas têm seu lado negativo (como tudo que existe).

O primeiro cuidado que devemos ter é em relação à exposição e à segurança de crianças e adolescentes.

Além disso, outros fatores devem receber uma atenção extra, como por exemplo:

Privacidade

Falta de privacidade ao usar redes sociais

Uma das desvantagens de estar presente nas redes sociais é em relação à privacidade. Praticamente toda a nossa vida fica exposta nas redes sociais.

Isso acontece por causa da facilidade de compartilhamento de informações pessoais com um grande número de pessoas, em qualquer lugar do mundo, com apenas alguns cliques.

Suas informações pessoais podem ficar expostas para qualquer pessoa que queira saber sobre seu relacionamento, seu trabalho, seus amigos, entre outras tantas informações.

Acontece que o maior problema nem é esse, mas sim, o que pessoas mal-intencionadas podem fazer com essas informações.

Muita gente aproveita toda essa exposição de informações dos usuários das redes sociais para cometer crimes.

Insegurança em relação aos dados confidenciais

Sempre que vamos preencher algum formulário, realizar algum cadastro ou mesmo acessar a rede social, disponibilizamos uma série de dados pessoais e, muitas vezes, não sabemos para onde serão encaminhados, e se estão protegidos.

Porém, hoje já contamos com uma lei que protege nossos dados pessoais, a LGPD, criada em 2018, com o intuito de proteger os direitos fundamentais de liberdade e privacidade.

Você pode ler mais sobre esse assunto clicando aqui.

Fake News

Cuidado ao usar as redes sociais para não cair em notícias mentirosas.

Outra desvantagem que surgiu nas redes sociais e que virou um assunto muito falado atualmente, é no que se refere às Fake News (ou, notícias falsas, em português).

Muitas polêmicas dentro das redes sociais, principalmente em período eleitoral, surgiram de Fake News.

As Fake News fazem parte do lado negativo das redes sociais – e da internet, como um todo.

O grande problema das Fake News é que muitos usuários das redes sociais não apuram as notícias, acreditam nas Fake News e o pior, compartilham com outros usuários, que compartilham com outros e, dessa forma, isso vai tomando uma proporção incontrolável.

As Fake News são criadas com esse propósito, o de disseminar uma notícia falsa nas redes sociais em benefício de alguma pessoa sem escrúpulos.

E uma vez multiplicada na rede, é quase impossível de voltar atrás.

Na verdade, só se combate as Fake News conferindo as fontes daquela notícia, antes de compartilhar com alguém.

Para não cair em uma Fake News, você precisa verificar se aquele site é confiável, se é conhecido, se é seguro. Caso contrário, melhor ignorar a notícia e jamais passar à diante.

Tipos de redes sociais

Você sabia que existem mais de um tipo de rede social?

Pois bem, a seguir, você vai conferir os 4 tipos de redes sociais que existem e vai entender para que serve cada um deles, e vai poder utilizá-los da melhor maneira em sua estratégia de negócio.

1. Rede social de nicho

Tipos de Redes sociais

Rede social de nicho são as redes sociais segmentadas, focadas em um assunto ou um público específico.

Para exemplificar o que estou falando, vou citar a “Passei Direto”, uma rede social voltada para um público específico, que tem um interesse em comum, que é aumentar o conhecimento.

Essa rede social auxilia estudantes a trocarem conhecimento entre si, compartilhando materiais didáticos e ricos em informações.

2. Rede social de entretenimento

Rede Social de relacionamento

Esse tipo de rede social tem foco na oferta de conteúdo.

A rede social de entretenimento pode gerar relacionamento, embora seu foco principal não seja esse.

Aqui eu posso citar como exemplo o Tiktok, que oferece entretenimento para o seu usuário, e também o Youtube, pois é a rede social da qual a grande maioria dos seus usuários acessam para se distrair com vídeos de músicas, com vídeos de pegadinhas, com tutorias de inúmeros temas.

3. Rede social de relacionamento

Facebook é uma rede social de relacionamento

A rede social de relacionamento é a mais usada em todo o mundo.

Esse é o tipo de rede social que visa a conexão entre as pessoas.

Vou dar o exemplo do Facebook, que é a maior rede social de relacionamento do mundo.

Mas, embora essa rede social possa ser utilizada para outras finalidades, como por exemplo, para fazer marketing, para encontrar pessoas e até começar um relacionamento amoroso, ela é mais utilizada para manter contato entre familiares e amigos.

4. Rede social profissional

Linkedin é uma rede social profissonal

Por fim, a rede social profissional é o tipo de rede social que tem como foco principal a ampliação das possiblidades profissionais do usuário através da visibilidade que a rede oferece.

Aqui, o grande exemplo é, sem dúvida, a rede social LinkedIn.

O LinkedIn permite que os usuários publiquem seus artigos científicos, encontrem ou divulguem vagas de emprego, divulguem seu currículo para que as empresas possam ter acesso e, essas, também podem recrutar novos colaboradores através dessa rede social.

Qual o papel das redes sociais?

A principal função das redes sociais é criar uma conexão entre os usuários que possuem perfil com características em comum.

As redes sociais podem servir como uma distração, como um meio de comércio e até como meio de conexão profissional.

Portanto, como já foi citado no início desse artigo, as redes sociais servem, principalmente, para conexão social, mas cada uma vai se destacar por possuir características particulares, como por exemplo, o LinkedIn, que, além de gerar interação social, promove o aumento das possibilidades profissionais do usuário.

Como fazer Marketing nas Redes Sociais

Identifique a rede social em que o seu público está

Antes de começar a fazer marketing nas redes sociais, a primeira coisa que você precisa pensar é em quais redes sociais o seu público-alvo está.

Não adianta criar e aplicar uma excelente estratégia de marketing no YouTube, se o seu público-alvo está presente no Facebook.

Por isso, é importante usar ferramentas para identificar a rede social em que o seu potencial cliente está presente.

Faça um planejamento

O Marketing nas redes sociais requer Planejamento

Agora que você já identificou a rede social que vai aplicar suas ações, é hora de planejar o que será publicado.

Para isso, primeiro você precisa definir o objetivo que deseja atingir naquela rede social.

O seu objetivo pode ser:

Crie o conteúdo adequado para a rede social escolhida

Mesmo que você já produza conteúdo para o seu blog ou para a nutrição de leads através de e-mail marketing, por exemplo, saiba que o conteúdo produzido para as redes socias é bem diferente.

Aliás, o conteúdo produzido para as redes sociais precisa estar adequado para cada rede social, afinal, o formato de conteúdo do Facebook é diferente do Instagram e do YouTube, por exemplo.

Então, você precisa criar conteúdo de acordo com a rede social que você vai trabalhar sua estratégia.

Produza conteúdo com a intenção de viralizar. Crie conteúdo de acordo com o que a sua persona já busca na rede social.

O seu conteúdo também precisa estimular o público a interagir e compartilhar.

Promova a geração de leads

Busque gerar leads na sua rede social

Além de criar um relacionamento com o seu potencial cliente e aumentar o alcance da marca, as redes socia também servem para gerar leads.

Para isso, você precisa definir a persona do seu negócio. Dessa forma, suas ações serão mais assertivas e você não vai perder tempo (e dinheiro) tentando alcançar um público que dificilmente vai comprar o seu produto ou contratar os seus serviços.

Use as redes sociais como suporte ao cliente

As redes socias são ótimos canais de comunicação direta com o cliente e potencial cliente.

Então, aproveite e use as redes sociais como suporte ao cliente, oferecendo atendimento para dúvidas, sugestões e reclamações.

Os clientes levam a qualidade do atendimento em consideração na hora da decisão de compra.

Por isso, uma dica importante é não demorar muito para responder às mensagens e comentários do seu público.

Procure resolver o problema dele com agilidade e eficiência. E jamais ignore uma mensagem ou um comentário de alguém, pois isso pode produzir um resultado bastante negativo para a sua marca.

Monitore e analise

Monitore e analise resultados

Duas ações importantes de marketing nas redes sociais são o monitoramento e a análise.

É essencial monitorar suas redes sociais, fazer uma pesquisa de palavra-chave para identificar quais publicações precisam ser melhoradas, por exemplo.

Você também precisa analisar os resultados de suas ações, para saber se a gestão de redes sociais está sendo bem executada.

Você consegue analisar os resultados através da taxa de cliques, do número de vezes que a sua publicação foi visualizada, a quantidade de leads que foram gerados, etc.

Crie anúncios

Ter uma conta em uma rede social e publicar conteúdo é apenas o começo da estratégia para gerar resultados para o seu negócio.

Em geral, os algoritmos das redes sociais entregam seu conteúdo apenas para parte dos usuários que te seguem, o que dificulta o alcance da sua marca.

Sendo assim, uma ótima estratégia é criar anúncios, para que o seu conteúdo alcance mais pessoas e, consequentemente, melhore o alcance orgânico também.

Além disso, com a criação de anúncios, você consegue potencializar outros resultados, como o número de visitantes e seguidores, por exemplo.

Como Anunciar nas Redes Sociais?

As redes sociais são excelentes canais para criar anúncios, pois os potenciais clientes estão nelas.

Para atingir um grande volume de tráfego e conseguir driblar os algoritmos do Google, a melhor opção é usar anúncios.

E não há melhor lugar para anunciar um produto ou serviço do que as redes sociais.

Veja a seguir, como anunciar nas redes sociais.

Facebook Ads

Para garantir um alcance significativo para o seu produto ou serviço, dentro do Facebook, você não deve esperar pelo tráfego orgânico.

A melhor alternativa para levar o máximo de pessoas para a sua página de vendas, de maneira rápida, é através do Facebook Ads.

Isso porque o Facebook Ads permite que as marcas, além de atingir um grande número de usuários, permite também segmentar os anúncios e medir os resultados.

O Facebook Ads oferece a possibilidade de investir, de acordo com orçamento que você determinar.

Por exemplo, você pode criar anúncios CPC, em que você vai pagar somente pelo número de cliques que os usuários realizaram em seu anúncio.

Instagram Ads

O Instagram Ads trabalha em conjunto com o Facebook Ads.

Ou seja, um anúncio criado no Instagram também é exibido no Facebook.

Para isso, é necessário possuir uma conta nas duas redes sociais.

A grande vantagem de utilizar o Instagram Ads é o destaque que ele dá ao seu anúncio, em meio a tantos usuários.

Como Aprender a Anunciar?

Se você deseja usar o todo o potencial que as redes sociais tem para fazer negócios e ganhar dinheiro na internet, você precisa conhecer o meu treinamento especializado em Tráfego Pago na Intenet, o Método Turbo Tráfego.

Este é o único, maior e mais completo treinamento capaz de ensinar as pessoas comuns a venderem na internet através de Funis de Vendas, Tráfego e Copywriting.

Neste treinamento te entrego todo o segredo de sucesso que aplicamos para vender diariamente centenas de milhares de reais.

Se você quiser conhecer, basta clicar aqui

YouTube Ads

Embora muita gente torça no nariz em relação aos anúncios no Youtube, por achar que vai perturbar o usuário, essa é uma estratégia bastante eficaz, afinal, os anúncios continuam sendo exibidos.

Para não diminuir a qualidade da experiência do usuário, você pode escolher alguns dos diferentes tipos de anúncios que o YouTube Ads disponibiliza.

Para anunciar no YouTube, você precisa vincular o seu canal à sua conta do Google Ads.

Twitter Ads

Essa rede social oferece várias funcionalidades para que o seu negócio seja visto por muitos usuários.

O ponto negativo do Twitter é que um tweet dura pouco tempo no ar.

Então, para que o seu conteúdo tenha bastante visibilidade e dure mais, você pode investir em anúncios como trending topics e tweets patrocinados.

LinkedIn Ads

O LinkedIn Ads é praticamente igual às outras redes sociais em relação à apresentação do anúncio, às vantagens, ao investimento, etc.

O grande diferencial dessa em relação às outras redes sociais é que o LinkedIn está repleto de gestores de empresas.

Além disso, trabalhar suas estratégias no LinkedIn gera muitos leads e clientes, pois as pessoas que decidem nas empresas estão presentes nessa rede social.

O que é Social Media

Social media é o profissional responsável por atividades que estão relacionadas com as redes sociais, como as que você vai poder conferir a seguir.

Faz o planejamento

O que é Social Media

O social media também faz o planejamento das ações que serão aplicadas em cada rede social.

O planejamento é essencial para manter o foco no objetivo de estar presente em determinada rede social.

O objetivo pode ser gerar autoridade, aumentar o alcance da marca, vender…

Realiza atendimento

Ainda que possam contar com outros meios de ter suporte, os clientes enxergam o social media como a ponte que liga o cliente à marca.

Isso acontece porque é esse profissional que está conectado, monitorando as interações para, dessa forma, acionar o setor responsável para que o problema seja resolvido.

Portanto, para evitar reclamações e avaliações negativas, o social media, em conjunto com a equipe de suporte, precisa ser ágil, oferecendo a solução para o cliente e potencial cliente de forma rápida.

Faz publicações

Social Media é o responsável pelas publicações

O social media também é o profissional responsável pelas publicações nas redes sociais.

Para que esse trabalho gere bons resultados, é necessário criar um cronograma de postagens para publicação, de acordo com a rede social escolhida.

Realiza análise das ações

O social media também realiza a análise das ações nas redes sociais. Para isso, ele pode recorrer a ferramentas disponibilizadas pelas próprias redes sociais.

A análise das ações pode ser diárias, semanais, mensais…, de acordo com o que está sendo analisado e qual o objetivo da análise.

Cria conteúdo

Cria conteúdo para redes sociais

Esse profissional também cria o conteúdo que será publicado em cada rede social.

Aliás, como já citei antes, cada rede social possui um formato de conteúdo, e o social media cria um conteúdo que seja adequado à rede social, como por exemplo, vídeos para YouTube e infográficos para Instagram.

Como monitorar as redes sociais?

Não adianta criar uma conta em uma rede social para o seu negócio, aplicar as ações e esquecer, não realizar um monitoramento.

Para monitorar o seu negócio online nas redes sociais é necessário prestar atenção em todos os detalhes.

Você precisa monitorar os comentários, as avaliações, verificar se os usuários deixaram alguma dúvida.

Quando você faz o monitoramento das redes sociais, você consegue criar uma base de dados importantes para criar produtos e serviços direcionados às necessidades do público.

O monitoramento também permite que você planeje suas campanhas de forma mais assertiva, crie e publique conteúdo relevante para o seu público-alvo, além da possibilidade de analisar as tendências de mercado e poder se destacar dos concorrentes.

Métricas de redes sociais

Para saber se as suas ações estão gerando bons resultados, você precisa fazer o acompanhamento de algumas métricas.

É muito importante coletar dados e medir os resultados de suas ações nas redes sociais.

Para que as suas estratégias tenham sucesso, é necessário acompanhar algumas métricas essenciais. Confira a seguir algumas dessas métricas.

Tráfego

O tráfego de redes sociais é uma métrica essencial para verificar se a sua estratégia de marketing de conteúdo está dando certo.

Essa métrica vai analisar quantos visitantes chegam ao seu site ou blog através das publicações em suas redes sociais. Você pode verificar essa métrica utilizando o Google Analytics.

Alcance

Alcance nas redes sociais

Você consegue medir o alcance, verificando o número de pessoas que visualizaram a sua publicação.

O ideal é medir o alcance todos os dias, e em conjunto com outras métricas, como o engajamento, por exemplo.

Engajamento

Através do engajamento você consegue construir a imagem da sua marca, portanto, essa é uma métrica essencial para sua estratégia nas redes sociais.

Você consegue medir o engajamento da sua marca nas redes sociais através do número de curtidas, de comentários e de compartilhamentos.

Taxa de conversão

Taxa de conversão nas redes sociais

Essa métrica mostra o número de pessoas que estão interagindo com a sua marca, ou quantos visitantes se tornaram leads, quantos leads se transformaram em clientes, etc.

Ou seja, a métrica da taxa de conversão depende do seu objetivo.

As 6 melhores ferramentas para redes sociais

As 6 ferramentas para redes sociais mais usadas pelas empresas que buscam sucesso, e que você pode usufruir para obter melhores resultados são:

1. Google Analytics

Google Analytics

A primeira ferramenta que eu quero apresentar é o Google Analytics, a maior ferramenta de análise de dados e de desempenho do mundo.

Além de análise de dados, essa também ferramenta te ajuda a conseguir insights sobre a sua marca, fornece relatórios, visualização de dados importantes sobre suas redes socias, e muito mais.

2. Socialbakers

Social Bakers

A Socialbakers é uma ferramenta de redes sociais que oferece uma versão paga e outra gratuita.

A ferramenta permite que uma marca seja impulsionada através das redes sociais e permite que todas as suas ações sejam gerenciadas com mais facilidade.

3. Hootsuite

Hootsuite plataforma de gestão de redes sociais

A Hootsuite é uma das ferramentas mais utilizadas pelas empresas que trabalham com a estratégia de redes sociais.

Isso por causa da facilidade que a ferramenta oferece para gerenciar diversas redes sociais de uma só vez, e ainda fornece dicas de monitoramento de redes sociais.

A ferramenta também disponibiliza cursos com certificação, o que a torna um diferencial no mercado.

4. MLabs

Mlabs ferramenta para gestão completa de redes sociais

A MLabs é uma ferramenta criada no Brasil e oferece funcionalidades essenciais para trabalhar o marketing nas redes sociais.

Algumas dessas funcionalidades são:

  • Responder mensagens;
  • Agendar publicações;
  • Gerar relatórios;
  • Analisar métricas.

5. TweetDeck

Tweet Deck ferramenta para gerir redes sociais

O TweetDeck é uma ferramenta de rede social que tem como foco o Twitter. Para quem trabalha com essa rede social, a ferramenta pode auxiliar no agendamento de publicações, no monitoramento de hashtags, e muito mais.

6. Buffer

Buffer ferramenta para redes sociais

Assim como o Hootsuite, essa ferramenta também oferece a possibilidade de acompanhar várias redes sociais ao mesmo tempo.

A Buffer também disponibiliza informações importantes sobre o seu público e sobre algumas ações, como interação, por exemplo.

Quais são as Redes Sociais que os Brasileiros Mais Usam

Você provavelmente passa algumas horas do seu dia navegando pelas redes sociais, assistindo a vídeos, vendo fotos e publicações de amigos ou até conversando no bate-papo, acertei?

Se não, você faz parte de uma pequena parcela da população brasileira que ainda não se rendeu ao universo das redes sociais.

Segundo uma pesquisa feita pela GlobalWeblndex, o Brasil é o segundo país onde a população passa mais horas do dia acessando as redes sociais.

Segundo a pesquisa, os brasileiros gastam, em média, 225 minutos do seu dia nas redes sociais, ficando atrás somente das Filipinas, onde as pessoas passam cerca de 241 minutos diários nas redes sociais.

Já o país que ficou em último lugar no ranking da pesquisa foi o Japão, onde a população gasta somente cerca de 45 minutos por dia acessando as redes sociais.

Agora, confira quais são as redes sociais que os brasileiros mais usam.

1. Facebook

Redes Sociais mais utilizadas pelos brasileiros

Como não poderia deixar de ser citado em primeiro lugar, o Facebook é a rede social mais usada no mundo, principalmente no nosso país.

São bilhões de usuários espalhados por todo o planeta e, aqui no Brasil, quem não possui um perfil nessa rede social é visto com certa estranheza.

O Facebook é a rede social mais usada na Índia, seguida dos Estados Unidos e Brasil.

O Face, como é chamado “carinhosamente” pelos usuários brasileiros, é usado não só para fazer amigos, compartilhar fotos e publicar opinião sobre algum tema.

O Facebook oferece várias funcionalidades para quem quiser aproveitar essa incrível ferramenta.

Essa é uma rede social que também pode ser usada para se informar, para divulgar um negócio, para aumentar a visibilidade de uma marca e muito mais.

Por isso que as empresas que investem em estratégias de marketing digital estão presentes nessa rede social. Afinal, é lá que o público está.

2. WhatsApp

Whatsapp é a segunda rede social mais usada pelos brasileiros

Essa rede social de troca de mensagens chegou no Brasil e já dominou.

O Whatsapp se transformou no meio de comunicação mais usado pelas pessoas, substituindo quase que por completo as chamadas telefônicas e os SMS.

Aliás, depois que o Whatsapp chegou ao Brasil, praticamente 100% das pessoas têm o aplicativo instalado em seu smartphone.

Apesar de o Whatsapp ser um aplicativo de mensagens instantâneas, ele é considerado uma rede social por permitir o compartilhamento de informações, incluindo fotos e vídeos, em mensagens privadas, em grupos e até em status.

Além, disso, o WhatsApp está sempre sendo atualizado, oferecendo novos recursos para os seus usuários, como no caso das chamadas em vídeo e até um botão de compras.

3. YouTube

Youtube é a terceira rede social mais usada.

O Youtube é a terceira rede social mais usada no Brasil, e é a principal relacionada a vídeos.

São mais de 2 bilhões de visualizações na rede todos os dias.

Imagine o potencial que essa rede social possui para gerar tráfego para o seu negócio.

Para quem tem um negócio e deseja alcançar um grande número de pessoas, investir em vídeos no Youtube é uma ótima estratégia, principalmente porque conteúdo em vídeo é fácil de consumir e cada vez mais as pessoas estão buscando informações através desse formato.

4. Instagram

Instagram é a quarta rede social utilizada pelos brasileiros

O Instagram é uma rede social de compartilhamento de fotos, vídeos, gifs e stories, que são vídeos de apenas alguns segundos, com duração de 24h.

O Instagram, inicialmente, foi criado para ser acessado através de dispositivos móveis.

Tanto é que, mesmo acessando de um computador, o usuário pode observar que o layout é direcionado para smartphones.

Mas, apesar de agora já ser possível acessar a rede social pelo computador, alguns recursos ainda são encontrados apenas na versão mobile.

Para quem tem um negócio, utilizar o Instagram como ferramenta de marketing é uma forma bastante eficaz para gerar tráfego e divulgar um produto ou serviço.

Além disso, com as atualizações constantes do Instagram, é possível deixar links clicáveis em sua biografia, além de também poder contar com um botão de compras.

5. LinkedIn

Linkedin na quinta posição

O LinkedIn é a rede social mais usada por pessoas que têm interesse em aumentar as conexões e possibilidades profissionais.

Embora o foco do LinkedIn seja profissional, essa rede social se assemelha às outras.

Mas, nessa rede, os usuários participam de comunidades em que pessoas com os mesmos interesses profissionais compartilham informações sobre o mercado, fazem conexões com outros usuários…

O LinkedIn é muito utilizado por empresas que estão procurando profissionais para fazer parte de seu quadro de colaboradores.

Por outro lado, também é bastante utilizado por pessoas que estão em busca de recolocação no mercado de trabalho ou que desejam se inserir em sua área de formação.

6. Twitter

Twitter na sexta posição

Apesar de a popularidade do Twitter ter caído muito nos últimos anos, ela ainda é uma rede social muito utilizada pelos brasileiros, principalmente por aqueles que gostam de comentar e compartilhar sua opinião sobreo que foi visto nos noticiários e nos programas de TV.

7. Pinterest

Pinterest

Com um público feminino, em sua maioria, o Pinterest é uma rede social para colecionar imagens.

Nela, você pode criar pastas com os temas que você preferir, e colecionar imagens em cada pasta.

8. Messenger do Facebook

Messenger do Facebook

Criado, inicialmente, para ser parte integrante do Facebook, o Messenger foi separado do Facebook, ganhando seu aplicativo individual.

A partir de 2016, os usuários do Facebook não conseguiam mais acessar o Messenger pelo app, a partir de dispositivos móveis, sendo “obrigados” a fazer o download do app de mensagens, separadamente.

9. Snapchat

Snapachat

O Snapchat é uma rede social que se popularizou entre os jovens brasileiros, e que foi criada para compartilhar conteúdo em texto, imagens e vídeos, que se autodestroem em 24 horas, após a publicação.

10. Skype

Skype

O Skype é uma das redes socias mais utilizadas pelos brasileiros (pelo menos até o WhatsApp se popularizar por aqui).

Com o Skype, o usuário pode enviar e receber mensagens de texto, fazer chamadas de voz e por vídeo.

Sempre foi bastante utilizada por empresas, para reuniões, comunicação interna, entrevistas, etc.

Além disso, o Skype é uma ótima ferramenta para dar aulas particulares, por exemplo, para quem está em outra cidade ou até mesmo em outro país.

Conclusão

As redes sociais possuem um potencial extraordinário para quem deseja ter sucesso com seu negócio, e para quem souber explorar essa ferramenta.

As empresas (seja qual for o tamanho, e se já estão consolidadas no mercado ou se estão apenas começando) precisam marcar presença nas redes sociais, se quiserem crescer e ter sucesso.

Aliás, usar as redes sociais como estratégia de marketing é a forma mais assertiva de criar um relacionamento duradouro com o cliente e potencial cliente, e ainda gerar visibilidade para a sua marca.

Se você tem um negócio ou pretende montar um, saiba que as redes sociais estão aí para dar aquela forcinha a mais em suas estratégias, basta saber aproveitar essa ferramenta que está disponível para você utilizar a qualquer momento.

Agora que você já tem informações suficientes sobre as redes sociais, espero que você tenha se convencido do potencial que elas possuem, as use como estratégia de negócio e tenha muito sucesso.

Infográfico – Redes Sociais

Infográfico sobre Redes Sociais

Sobre o Autor

Alex Vargas
Alex Vargas

Alex Vargas é fundador do Nucleo Expert, empresa especializada na criação de treinamentos de marketing digital e empreendedorismo que tem revolucionado a vida de milhares de pessoas. Chegando em janeiro de 2020, a marca de mais de 110 mil alunos. Ganhou o prêmio de Empreendedor Digital do Ano e Melhor Profissional de SEO do Ano, em 2019 pelo Afiliados Brasil. Alex é reconhecidamente um dos melhores profissionais de marketing do Brasil.

4 Comentários


    • Opa!

      Que bacana! Aproveite todos os nossos conteúdos.

      Muito sucesso!

      Abraço.

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.

Novo Webinário

cOMO MONTAR uM NEGÓCIO ONLINE À PROVA DE CRISES

Aula 100% Gratuita

Escolha um horário e inscreva-se na aula ao vivo.

Telegram