Como Criar Um Produto Digital em 10 Passos

Produto digital é um produto em que utiliza-se os meios digitais para sua comercialização e consumo, isto é, você compra pela internet e recebe o acesso em seu e-mail. Praticamente todos os produtos digitais podem ser acessados no computador, no smartphone, no tablet… Um exemplo de um produto digital é o meu treinamento Fórmula Negócio Online.

Sabia que você pode estar perdendo uma grande oportunidade de ganhar dinheiro sem precisar sair de casa?

Estou falando de como criar um produto digital pode fazer você ganhar dinheiro na internet.

Neste artigo, você vai aprender como criar um produto digital e vai saber a importância de criar o seu próprio produto.

Você também vai aprender algumas formas de como começar hoje mesmo.

Mas, primeiro você vai aprender o que é um produto digital e por que ele é a melhor opção para você ter no seu negócio online.

O que é um produto digital?

Como criar um produto digital

Um produto digital é um produto em que utiliza-se os meios digitais para sua comercialização e consumo.

Ou seja, um produto digital um arquivo digital em que você compra pela internet e recebe o acesso em seu e-mail.

Praticamente todos os produtos digitais podem ser acessados no computador, no smartphone, no tablet…

Um exemplo de um produto digital é o meu treinamento Fórmula Negócio Online.

São vários vídeos dentro de uma área de membros onde envio o acesso para os alunos, para que eles possam aprender como criar um negócio online.

Alguns exemplos de produtos digitais são:

Tipos de Produto Digital

Por que você precisa aprender como criar um produto digital?

Eu poderia listar dezenas de motivos para você criar um produto digital, mas tem um que eu acredito que vai te convencer:

Criar um produto digital vai abrir as portas para você gerar renda passiva praticamente para sempre.

Calma, que eu já vou te explicar sobre o conceito de renda passiva.

Renda passiva é, basicamente, ganhar dinheiro sem que você precise fazer algo, diretamente.

Se você tem um dinheiro investido no banco ou em uma corretora, por exemplo, os juros são a renda passiva desse investimento.

Mas Alex, como criar um produto digital pode se tornar uma renda passiva?

Você pode criar um produto digital, montar toda a estrutura de vendas dele e deixá-lo funcionando no “piloto automático”. Ou seja, realizando vendas sem precisar que você esteja presente o tempo todo.

Isso mesmo, a internet possibilita que você faça isso.

Para criar produtos digitais você não precisa inventar algo novo, revolucionário.

No decorrer deste artigo, você vai ver o quanto o processo para criar um produto digital é simples.

Você também vai conferir algumas dicas para criar produtos digitais, o que vai te ajudar a ter muitas ideias.

Vantagens de criar produtos digitais

Veja a seguir algumas das inúmeras vantagens de criar produtos digitais.

Vantagens de criar um produto digital

Todo o processo é simples

Eu considero um produto digital um ótimo investimento porque ele é extremamente simples de ser criado e comercializado, e que, como já foi dito, pode gerar renda passiva por muito tempo.

Um e-book, por exemplo, você precisa apenas de um editor de texto, que pode ser o Google Docs, que é uma ferramenta gratuita e que atende muito bem.

Depois de criado, para você vender o seu e-book, basta fazer um cadastro em uma plataforma especializada, onde fazem praticamente todo o processo para você.

É isso mesmo. A plataforma administra o pagamento, o armazenamento, a entrega, o processo de afiliados…

Ou seja, o “trabalho pesado” fica por conta da plataforma.

Atualmente, a plataforma que eu uso e recomendo é a Hotmart.

Não precisa ter estoque

Outra vantagem de criar produtos digitais é que você não tem custo nenhum de estoque.

Ou seja, você pode vender mil cópias do seu produto, que não fará diferença em relação à custo, produção e armazenamento.

Para você ter uma ideia, eu tenho alguns e-books que vendo desde 2011 e, até hoje, ainda estão vendendo sem que eu precise fazer praticamente nada. 

O sistema já está pronto e fica vendendo, de maneira automática.

Aliás, essa é outra vantagem de criar produtos digitais.

O processo é automático

Outra vantagem de criar um produto digital é que o processo é totalmente automático.

Ou seja, depois de pronto e configurado, todo o resto é automático.

Como eu já disse, a plataforma especializada em vendas de produtos digitais se encarrega de todo o resto. E isso é muito bom!

Você não precisa mais dedicar seu tempo, a não ser que o seu produto seja um curso em que você faça atualizações de aulas ou acrescente novos conteúdos.

Mesmo assim, nem se compara com o investimento em tempo e dinheiro que um produto físico exigiria.

É fácil de criar 

Dependendo do seu nicho, você pode criar o seu produto digital com a ajuda de um especialista ou até mesmo comprar conteúdo dele e transformar em um produto digital para vender.

Outra forma de ter o seu próprio produto é comprar a licença de um produto estrangeiro e traduzir para o português.

Você também pode juntar seus conteúdos, que podem ser artigos do blog, aulas em vídeo, áudios… e transformá-los em um produto.

Como disse antes, essas são apenas algumas das várias vantagens que você pode ter ao criar um produto digital.

Quem pode ser um produtor digital

O produtor digital é quem faz infoprodutos, ou seja é o criador dos produtos digitais.

É a pessoa que compartilha conhecimento com outras pessoas, através de um e-book, de um curso em vídeo ou de um podcast, por exemplo.

Qualquer pessoa pode ser um produtor digital.

O mercado de infoprodutos é amplo e acessível a quem estiver disposto a ser um empreendedor digital.

Aliás, para ser um produtor digital de sucesso é necessário ter persistência e vontade de aprender.

Agora você vai aprender como criar o seu infoproduto.

Como criar um produto digital

Passo a passo para criar um produto digital

1. Defina o público-alvo

Quem vai comprar o seu produto?

Muita gente pensa em lançar produtos inovadores, mas já começam cometendo um grande erro, que é focar somente no produto e esquecem do principal: o cliente.

Você deve começar pensando em quem vai comprar o produto que você vai criar.

Para isso, você precisa definir quem é sua persona, ou seja, o público-alvo do seu produto.

Vamos supor que você queira criar um e- book sobre como ter hábitos mais saudáveis.

Se você não conhece quem são as pessoas interessadas nesse tipo de produto, dificilmente vai vender o produto.

Para criar um produto, você não precisa pensar e descobrir um grande negócio, mas sim descobrir o que as pessoas quererem resolver e entregar a solução para elas.

Então, o segredo não é inventar um produto, mas descobrir o produto que o público-alvo quer.

2. Escolha o tema do seu produto

Depois de definir o seu público-alvo, é hora de deixar a criatividade trabalhar e decidir o que você pode criar, decidir qual será o assunto do seu produto.

Nesse ponto de criação do produto, é preciso pensar como ele vai se encaixar na vida dos seus futuros clientes.

Dentro do planejamento do produto é preciso definir qual a necessidade dos seus futuros clientes que o seu produto vai preencher.

Por exemplo, no caso do meu Treinamento Fórmula Negócio Online, foi feito pensando nas necessidades que muitas pessoas têm de gerar renda extra, montar um negócio online, conquistar a independência financeira…

Todos esses aspectos precisam estar no planejamento do produto.

Se você não conhece as necessidades do seu público-alvo, é só conferir as dicas que vou deixar para você a seguir.

Como descobrir quais são as necessidades do seu público-alvo?

Como descobrir um assunto para criar um produto digital

A forma mais simples de descobrir quais são as necessidades do seu público-alvo e poder criar o produto ideal é fazer pesquisas.

Por incrível que pareça, as pessoas, em geral, não sabem o que querem.

Dessa forma, a melhor maneira de conseguir fazer com que elas descubram e revelem o que querem ou precisam é perguntar sobre seus desafios.

Por exemplo, suponha que você vai criar um produto sobre emagrecimento.

Em vez de perguntar às pessoas se elas querem emagrecer, você deve perguntar quais são os desafios que elas enfrentam para ter uma vida mais saudável.

Você pode fazer sua pesquisa através das redes sociais.

Pergunte para os seus amigos e familiares, pois você já terá uma boa base para criar o seu produto.

Fazer pesquisa é importante para definir qual será o assunto do seu produto.

Você precisa descobrir um assunto que vá direto ao ponto, que seja “matador”.

No exemplo que eu dei, o tema “emagrecimento” é muito genérico.

Nesse caso, o ideal seria criar um produto mais específico, como por exemplo “como emagrecer com dieta de sopas”.

Método ideal para definir o assunto do produto

Além de fazer uma pesquisa, você também pode utilizar outro método para definir o tema do seu produto.

Esse método é baseado em três pilares:

Conhecimento

O ideal é que o seu produto esteja relacionado com algo que você já tem bastante conhecimento e que esteja acima da média das pessoas.

Isso faz com que você crie um produto relevante para o seu público-alvo, algo tão interessante que eles queiram pagar para ter.

Se você escolher um assunto para criar o seu produto digital do qual você possui pouco conhecimento, você vai precisar contar com a ajuda de parceiros para criá-lo.

Algo que você goste

A segunda coisa que pode te ajudar a definir o tema do seu infoproduto é considerar algo que você goste muito.

No meu caso, eu simplesmente amo empreendedorismo digital.

Então, para mim, é sempre um prazer criar produtos sobre esse tema.

Dor ou desejo do público-alvo

Se você conseguir conciliar conhecimento sobre o tema, com paixão e com aquilo que o público precisa ou deseja, você encontrou a fórmula do sucesso para definir o tema ideal para o seu produto.

A necessidade do público-alvo tem que ser sempre um dos principais focos do seu produto, para que você seja assertivo na sua escolha.

3. Escolha o formato ideal para o seu produto

Depois que você definir o assunto que o seu produto vai tratar, é hora de escolher o formato ideal para criá-lo.

Você encontra no mercado uma enorme variedade de produtos em diferentes formatos, como e-book, podcast, aulas em vídeo…

Essa fase é essencial, pois vai definir as ações seguintes, inclusive a definição do preço.

Se você criar um e-book, terá menos custos para produzir, porém, o preço de um e-book é bem inferior se comparado a outros formatos.

Caso você decida criar um produto em uma área de membros, terá mais trabalho e um pouco mais de custo.

Para te ajudar a decidir qual o melhor formato para criar um produto, siga o checklist abaixo:

O produto tem um preço máximo para se enquadrar ao público-alvo?

É importante avaliar as restrições de orçamento do seu público.

Boa parte do meu público tem praticamente toda renda comprometida e eu preciso levar isso em conta.

Qual o melhor formato para o seu cliente atingir seus objetivos?

Vamos usar o exemplo do produto “Como emagrecer com dieta de sopas”.

Para esse produto e público, o formato ideal para vender as receitas das sopas seria um e-book ou vídeos? Quem sabe ambos?

Se o produto fosse sobre edição de vídeos, o mais indicado seria aulas em vídeo, sem dúvida.

Em qual formato você consegue transmitir melhor os seus conhecimentos?

Eu conheço pessoas que são excelentes em escrever, mas têm dificuldade em falar na frente de uma câmera.

Esse é um fator que você precisa avaliar antes de criar um produto.

Planejamento para criar um produto digital

4. Planeje a criação do seu produto

Eu já criei e lancei alguns infoprodutos no mercado, e pretendo lançar muitos outros.

Sempre que estou planejando um produto novo, eu uso um sistema de mapas mentais, para colocar as ideias em ordem.

O primeiro trabalho que faço é simplesmente escrever tudo que tenho em mente e depois começo a organizar o roteiro do produto.

Você vai perceber que muitos temas e ideias vão surgir nesse processo.

Se você vai criar um produto no formato de e-book, começarão a surgir ideias para os capítulos.

Se o produto for em formato de curso online, começarão a aparecer ideias para os módulos.

Pegue essas ideias e organize!

Acabando esse processo, você terá criado o esboço do seu produto.

Depois do esboço, é hora de criar o conteúdo do produto.

Os meus principais produtos são cursos online em área de membros e e-books.

No caso dos cursos, eu defino os módulos e parto para os tópicos de cada aula.

Uma vez definido o tema de cada aula e de cada módulo, eu começo a produzir o conteúdo extensivo de cada aula.

E assim, o produto vai ficando pronto.

5. Crie seu produto de forma autônoma

Se você é um especialista em alguma área, você mesmo pode criar esse produto baseado nos seus conhecimentos.

Primeiramente você precisa entender o objetivo que seu potencial cliente quer atingir e, então, ensiná-lo o caminho mais curto e mais fácil para levá-lo até lá. Esse será o seu produto.

Por exemplo, você pode ser um nutricionista ou mesmo esteve acima do peso e emagreceu muito…

O que você precisa fazer é pensar nos passos que uma pessoa que está acima do peso precisa dar até perder peso.

É isso que você tem que colocar no seu produto, de maneira bem simples, podendo ser um e-book, vídeos…

Venda o processo para o cliente atingir o que deseja.

Mas, você pode estar pensando: “Eu não sei nada, então não posso criar…”.

Isso é um mito.

Praticamente todos nós sabemos alguma coisa que outras pessoas pagariam para saber.

Existem muitas ideias que você pode transformar em um produto digital e vender pela internet.

Você pode criar um produto digital a partir de:

  • Formação profissional;
  • Experiência de vida;
  • Problema superado;
  • Uma conquista;
  • Algum hobbie.
Você pode criar um produto digital a partir

6. Crie um produto com a colaboração de um especialista

Outra forma que você pode fazer um produto digital é contar com a ajuda de um especialista.

Por exemplo, você pode fazer uma proposta para um profissional, especialista em seu nicho, em que ele cria o conteúdo e você faz todo o processo de marketing, de vendas, de organização, de administração…

Basta entrarem em um acordo em relação à porcentagem de cada um ou outra forma de remuneração para ambos.

7. Adquira a licença de um produto digital estrangeiro

Essa é uma ideia interessante para você ter o seu próprio produto digital.

Você pode comprar a licença de um produto digital do exterior, principalmente do mercado americano, que tem muitos produtos digitais.

Para isso, você precisa encontrar algum produto que esteja vendendo bem e fazer uma proposta para o dono do produto, para que você possa traduzir o conteúdo e adaptá-lo ao mercado brasileiro e começar a vender aqui.

Nesse caso, é necessário um acerto entre as duas partes para definir as formas de remuneração do conteúdo.

Isso é muito possível de ser feito e, inclusive, há muitos produtos no Brasil que são vendidos dessa forma e fazem muito sucesso.

Para descobrir se um produto está vendendo bem lá fora, você pode participar de fóruns, plataformas de produtos digitais, como o Click Bank e fazer uma pesquisa.

8. Transforme os produtos que você já tem

Se você é um especialista em alguma área e já tem vídeos e palestras gravadas ou já tem muitos artigos publicados, você pode juntar tudo isso e transformar em um produto digital para ganhar dinheiro.

Você pode transcrever áudios em textos e criar um e-book rico e interessante para o público que você quer alcançar.

Esse é um processo bem tranquilo, que você pode fazer e ganhar muito dinheiro, de maneira automatizada.

9. Contrate um especialista para criar o conteúdo do seu produto

Essa é uma forma que eu mesmo já fiz para criar um produto e que você também pode fazer.

Se você não quiser criar um produto em parceria com um especialista, você pode pagar para ele fazer o conteúdo e entregar prontinho para você.

Nesse caso, o ideal é que você tenha pelo menos um pouco de conhecimento sobre o tema.

Assim, você pode criar um sumário com os assuntos que devem ser abordados no conteúdo.

Ainda usando o exemplo do nicho de perda de peso, você pode contratar uma pessoa para criar um e-book que fala sobre como perder peso.

Você cria um sumário com os temas que você quer que seja abordado no e-book, inclusive na ordem que você achar melhor, e entrega para o especialista, que pode ser um nutricionista, um educador físico… E esse especialista vai criar o conteúdo.

Depois que você comprar o material, o produto será seu. 

Ou seja, você paga ao especialista um valor pela criação do conteúdo e começa a vender o produto e gerar renda passiva por tempo indeterminado.

Como já foi dito, é aconselhável ter conhecimento sobre o assunto, pois você vai poder avaliar a qualidade do conteúdo produzido.

10. Finalize e lance o seu produto

Agora é a hora de finalizar o seu produto e partir para o lançamento.

Com base no seu planejamento, você precisa trabalhar diariamente na criação do produto.

Grave os vídeos, faça ajustes, finalize os módulos ou capítulos…

É importante sempre estabelecer prazos para cumprir, pois isso vai te dar um norte necessário.

Essa é uma fase que pode gerar um certo cansaço, mas não se preocupe, isso é comum.

O que você precisa ter em mente é que precisa finalizar o que começou.

Ou seja, se você começar 10 projetos e não finalizar nenhum, é como se não tivesse começado nada.

Como definir o preço em seu produto digital?

Como definir o preço do seu produto digital

Antes de colocar o preço do seu produto digital, é importante levar em consideração alguns fatores, como:

  • Custos para produzir;
  • Público-alvo;
  • Preço dos produtos concorrentes;
  • Valor utilitário do seu produto.

Quanto mais útil o seu produto for para o seu público-alvo, maior poderá ser o preço que você vai vender.

Ou seja, o seu produto precisa oferecer a solução para o problema do público ou oferecer exatamente aquilo que ele tanto deseja.

Dessa forma, você poderá cobrar um preço mais elevado e o futuro cliente comprará satisfeito.

Onde oferecer seu produto digital

Para vender o seu produto digital você pode criar uma página de vendas.

Na página de vendas o futuro cliente vai encontrar a descrição do seu produto, as formas de pagamento, a garantia, as formas de contato e tudo que está relacionado à venda.

Uma ótima maneira de oferecer o seu produto digital é fazendo um cadastro em uma plataforma de vendas de infoprodutos.

Eu o aconselho a disponibilizar o seu produto para vendas na plataforma da Hotmart, onde você terá toda a infraestrutura pronta para vender seu produto, desde pagamento, envio, acompanhamento das vendas e tudo que envolve o processo de compra e venda do seu infoproduto.

Além disso, a Hotmart é bastante confiável, inclusive, eu utilizo a plataforma para vender meu treinamento Fórmula Negócio Online.

Conclusão

Vale muito a pena criar um produto digital.

Quando são produtos inovadores, então, é sucesso garantido.

Infoprodutos estão cada vez mais presentes na vida das pessoas e a tendência é permanecer.

Recomendo mesmo que você crie o seu produto digital, pois essa é uma das melhores formas de gerar renda passiva que eu conheço.

Como já foi dito no início deste artigo, depois do trabalho de criar o produto, a estrutura de vendas vai funcionar praticamente no automático.

Infográfico – Como Criar um Produto Digital

Infográfico - Como Criar um Produto Digital

Sobre o Autor

Alex Vargas
Alex Vargas

Alex Vargas é fundador do Nucleo Expert, empresa especializada na criação de treinamentos de marketing digital e empreendedorismo que tem revolucionado a vida de milhares de pessoas. Chegando em janeiro de 2020, a marca de mais de 110 mil alunos. Ganhou o prêmio de Empreendedor Digital do Ano e Melhor Profissional de SEO do Ano, em 2019 pelo Afiliados Brasil. Alex é reconhecidamente um dos melhores profissionais de marketing do Brasil.

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.

Novo Webinário

cOMO MONTAR uM NEGÓCIO ONLINE À PROVA DE CRISES

Aula 100% Gratuita

Escolha um horário e inscreva-se na aula ao vivo.

Telegram