O Google Ads (Antigamente chamado de Google Adwords) é a plataforma de anúncios do Google.

Se você é um empreendedor digital não pode deixar de usar essa poderosa plataforma de anúncios.

Na verdade, O Google Ads serve para ajudar todos os tipos de negócios, pois atualmente, todos os possíveis clientes estão na Internet.

O Google Ads é uma ótima opção para destacar o seu produto ou serviço no Google e em outros canais, de maneira segmentada, com foco e com possibilidade de mensurar o retorno do seu investimento.

Além disso, disponibiliza diversos formatos de anúncios, de acordo com o estilo do seu público.

É possível anunciar nas pesquisas do Google, no YouTube, em sites parceiros do Google e no próprio Google. Além de mostrar anúncios em produtos do Google, como o Gmail.

O Google Ads não coloca o seu anúncio na primeira posição apenas pelo seu investimento.

Pelo contrário, é necessário que você siga as regras para que ele se destaque em meio a multidão.

Quer descobrir como usar o Google Ads para alavancar qualquer tipo de negócio?

É o que você vai descobrir neste artigo!

Antes de continuarmos, eu preciso te perguntar: Você já conhece o Fórmula Negócio Online?

É um treinamento completo para criar negócios lucrativos na Internet, isso do absoluto zero!

Para saber mais clique aqui, ou no botão abaixo!

Google Ads

Afinal, o que é Google Ads?

O que é o Google Ads (Google Adwords)

O Google Ads é a ferramenta de publicidade do Google.

Nele, você pode fazer os seus anúncios em forma de links patrocinados, quando um usuário executa uma busca, tanto no computador como em Smartphone.

Os anúncios são publicados nos resultados de pesquisas e têm ligação com as palavras-chave que são utilizadas nessa busca.

A publicidade na internet é diferente dos anúncios que assistimos na televisão. O primeiro é bastante pertinente, pois exibe apenas propagandas que as pessoas estão buscando, seja um produto ou serviço.

Enquanto na televisão o telespectador não tem alternativa, uma vez que aparecem propagandas de produtos que ele nem pensou em comprar naquele período.

O mais interessante é que o usuário não tem acesso somente a conteúdo de texto, mas também anúncios em formatos de vídeos e banners.

Outro ponto é que eles são exibidos em áreas especiais e em vários sites que fazem parceria com o Google. Esse grupo pertence a Rede de Display.

É possível também anunciar no YouTube. A plataforma de vídeos ocupa o segundo lugar de buscador mais utilizado do mundo.

Sempre que um visitante faz uma pesquisa no Google ele tem acesso a dois tipos de resultados: os pagos e os gratuitos. Para indicar a publicidade o buscador usa a etiqueta “Anúncio”, com a tonalidade verde.

Os conteúdos abaixo compõe o tráfego orgânico que é aquele cujo os especialistas usam técnicas de SEO para garantir as primeiras posições no Google.

Por que anunciar no Google Ads?

Um anúncio de qualidade é aquele que consegue atingir as pessoas certas no momento em que elas precisam de um serviço ou produto.

Por isso, o Google Ads é tão procurado por quem trabalha com negócios digitais. Ele tem ainda outras vantagens.

Alcance

Você sabe que o Google é o maior buscador do mundo. Então, a chance do seu investimento não ter retorno é praticamente zero.

O segredo é fazer uma boa publicidade para conquistar uma audiência qualificada.

Segmentação

Esse é outro ponto forte do Google Ads, já que ele permite segmentar o seu anúncio de várias formas.

  • Palavra-chave: os anúncios aparecem de acordo com a palavra-chave em que a pessoa buscou no Google.
  • Tópicos e canais: a plataforma escolhe um determinado tópico e os anúncios surgem em diversos sites sobre esse assunto. É permitido também escolher os sites que são mais acessados pela sua persona e publicar com frequência seus anúncios neles.
  • Persona: a vantagem dessa segmentação é que ela exibe anúncios para pessoas interessadas mesmo que ela esteja usando aplicativos ou assistindo a vídeos que não estão relacionados aos produtos.
  • Local: o anunciante poderá escolher em qual local a sua propaganda será exibida. Existem diversas opções como buscadores, sites comerciais ou até sites pessoais como os blogs.
  • Perfil: a segmentação é tão completa que ela permite que você escolha a idade, a região e até o idioma do usuário em que pretende alcançar.
  • Programação: a segmentação permite escolher os dias e horários da semana para que o anúncio seja exibido.
  • Dispositivos: o seu anúncio pode estar presente em computadores, laptops, tabletes e smartphones.

A segmentação no Google Adwords é fantástica. Um empreendedor digital, provavelmente, sabe qual é o público que ele quer atingir. Então, não marque bobeira e experimente logo a ferramenta.

Tranquilidade financeira

O Google Ads impede que você faça alguma loucura com o seu orçamento em marketing, pois os valores são controláveis em cada campanha.

Para se ter uma ideia, é possível definir quanto será gasto mensalmente, por dia ou por um determinado período.

É possível que a cobrança seja feita ainda apenas quando o seu anúncio receber cliques a cada 1000 impressões (CPM) ou quando o site receber alguma conversão.

Analisar o ROI (Retorno sobre o investimento)

ROI Retorno sobre Investimento em Anúncios do Google Ads

O anunciante tem acesso a informações importantes sobre o engajamento do público com os seus anúncios.

Nos gráficos é possível ver quem clicou, quem visualizou, quem preencheu o formulário ou quem comprou por meio da sua publicidade.

Também é permitido descobrir o comportamento de pesquisa de cada pessoa, exibindo novos anúncios por meio do remarketing.

O empreendedor terá acesso a um leque de informações para verificar se o seu anúncio teve o retorno esperado.

Esses dados, quando acompanhados com eficiência, aumentam o lucro no futuro.

Custo

Sem dúvidas, o Adwords (Google Ads) é uma publicidade mais econômica se comparado com rádio, televisão ou grandes portais.

Além disso, é muito complicado mensurar o retorno do investimento nesses tipos de mídias.

No Adwords um bom estrategista começa com pouco investimento. Depois, analisa o retorno e o perfil do público. Em seguida, potencializa o orçamento.

Em um primeiro momento você pode se assustar com os valores dos anúncios.

Porém o preço não aumentou da noite para o dia. A chegada de novos anunciantes é sempre um estopim para essas alterações.

Apesar dessas mudanças, o investimento ainda é barato.

Quais são os formatos de anúncios no Google Ads?

Formatos de anúncios do Google Ads

Se você já está empolgado para iniciar os seus anúncios no Google Ads é fundamental entender os tipos de formatos que existem para conseguir o melhor retorno para o seu negócio.

O Google Ads tem diversos modelos de anúncios.

  • Rede de pesquisas;
  • Parceiros de pesquisas;
  • Display;
  • YouTube;
  • Gmail;
  • Aplicativos Mobile;
  • Google Shopping;
  • Product List Advertising;
  • Remarketing.

Vamos conhecer cada um deles?

Rede de pesquisa

Esse é o formato mais conhecido de anúncios no Google Ads.

Ele é desenvolvido com base nas pesquisas dos usuários através das palavras-chave.

Aqui, o anunciante só paga quando alguém clica em seu anúncio, que pode ser produtos e serviços, com um link de destino.

Parceiros de pesquisa

Este modelo corresponde aos sites que tem parceria com o Google para divulgar os seus anúncios em outras páginas de pesquisas.

Sendo assim sites parceiros como o Walmart e Amazon divulgam os seus anúncios para o público.

Além disso, os parceiros do Google (Google Maps, Google Imagens etc) também exibem o seu trabalho.

Geralmente, eles trazem vários benefícios para os anunciantes.

Display

Você pode usar os anúncios gráficos do Google Ads para exibi-los em sites e blogs de vários segmentos.

A rede display tem diversas vantagens como: apelo visual e alcance de aproximadamente 90% dos usuários no mundo todo.

Esses anúncio surgem em plataformas online quando o usuário acessa os sites pela internet, isto é: são publicados em páginas fora do Google, com base nos resultados das últimas pesquisas feitas pelo internauta.

Os anúncios podem aparecer em formato de banner, texto, na caixa de entrada do Gmail e em aplicativos para dispositivos móveis.

YouTube

Neste formato de conteúdo não temos nenhuma novidade. Os anúncios aparecem antes ou durante a exibição do vídeo.

Assim como no Google é possível segmentar o anúncio de acordo com a idade, sexo, local e interesse dos usuários.

Neste link, você tem mais dicas para ganhar dinheiro no YouTube.

Remarketing

Sabe quando você faz uma pesquisa de um produto e ele aparece insistentemente em todos os sites que está navegando na internet?

Essa estratégia é denominada de remarketing.

Por meio desse anúncio é possível fisgar aquelas pessoas que já entraram em seu site, blog, página do carrinho ou utilizaram o seu aplicativo.

Os “visitantes anteriores” podem ter acesso aos seus anúncios enquanto se deparam em sites que pertencem à Rede de Display do Google ou quando executam pesquisas por palavras-chave relacionadas.

O melhor jeito de configurar o remarketing é adicionando a tag de remarketing nas páginas do site que são fornecidos pelo Google Adwords.

As pessoas que acessam os sites que estão com essa tag são “perseguidas” durante um determinado período.

Existem diversos formatos de remarketing no Google Adwords.

  • Remarketing tradicional: é o mais tradicional. Eles são exibidos quando os usuários navegam em sites que pertencem a Rede Display;
  • Remarketing dinâmico: anúncios desenvolvidos pelo próprio Adwords para visitantes que entraram no site anteriormente. Aqui, os produtos e serviços são visualizados quando o usuário acessa um site ou aplicativo que está dentro da Rede de Display;
  • Remarketing para aparelhos móveis: são divulgados anúncios para aqueles visitantes que já utilizaram um site ou aplicativo pelo celular;
  • Remarketing para anúncios da Rede de Pesquisa: anúncios são exibidos para leitores que já acessaram o seu site enquanto eles continuam fazendo pesquisas no Google, após sair do seu site;
  • Remarketing em vídeo: as pessoas que já assistiram aos seus vídeos podem ser atingidas novamente, enquanto navegam em outros vídeos no Youtube.

Google Shopping

O último tipo de anúncio é a evolução da ferramenta Google Product Search.

O seu funcionamento é semelhante às plataformas de pesquisa e comparação de preços de produtos nos e-commerces.

Um dos segredos para ter sucesso com o Google Ads é escolher o tipo de anúncio que mais combina com o perfil da sua audiência.

Portanto, analise as informações e tome a melhor decisão, combinado?

Como funciona o Google Ads?

Como funciona o Google Ads

O mais engraçado é que neste momento a maioria das pessoas cai do cavalo, como diz esse famoso ditado popular.

Um grande mito é acreditar que basta investir uma grande quantia que o seu anúncio estará nas primeiras posições do Google.

Pelo contrário, um bom anúncio não é definido pelo valor do lance que você determina para uma palavra-chave.

O anúncio ideal é aquele que une qualidade e um bom lance.

Ficou confuso? Calma! A situação é mais simples do que parece.

O funcionamento do Google Ads é igual a um leilão.

Os anunciantes usam o dinheiro em troca de cliques.

A grande diferença é que a maior oferta nem sempre é a campeã.

O Google tem uma série de fatores que determinam a qualidade de um anúncio, com base em seu Ad Rank.

Saiba o que é o Ad Rank

O Ad Rank é composto por índice de qualidade (IQ) x Lance (CPC máximo).

Resumindo: o seu anúncio poderá aparecer na primeira posição mesmo que os correntes deem lances maiores, uma vez que ele tem mais qualidade se comparado as peças de outros anunciantes.

O índice de qualidade é uma avaliação construída pelo próprio Google, que tem uma nota entre 1 à 10.

A sua nota, junta com o lance, é que determinará a sua posição para a palavra – chave e o seu segmento.

Para que você alcance um bom resultado, o índice de qualidade avalia os seguintes componentes.

  • CTR: quantidade de clientes dividido pelo número de vezes em que o seu anúncio foi exibido para a audiência. Ele é considerado o item de maior peso e faz análise de quanto o seu anúncio é relevante para os usuários.
  • Relevância: o Google analisa qual é a relação entre as palavras-chave, o texto do seu anúncio e o conteúdo da sua página de destino com a pesquisa realizada.
  • Página de destino: o Google busca entender como é a experiência do usuário quando são encaminhados à página de destino ou Landing Page depois de clicar em um anúncio. Neste momento são avaliados o conteúdo, a confiabilidade e a navegabilidade.

O seu índice irá aumentar caso a palavra-chave tenha relação com o anúncio, o conteúdo seja atrativo e a página de destino for tão eficiente a ponto de ajudar o leitor no momento em que ele precisa, seja educando ou fazendo a compra de um produto ou serviço.

Como usar o Google Ads?

Como usar o Google Ads

A partir de agora você colocará a mão na massa.

Vamos criar o nosso anúncio?

# 1 – Crie a sua conta em segundos

É muito fácil criar uma conta no Google Ads.

Basta acessar o site: https://ads.google.com.

Clique em “comece agora”.

Depois, digite o e-mail do Google que será vinculado à conta do Adwords e o seu site.

Clique em “continuar”. Em seguida, o Google iniciará uma configuração guiada, oferecendo todos os detalhes para criar sua conta.

Continue o processo, preencha alguns dados e ajuste a sua primeira campanha de teste para usar o Adwords.

Siga os seguintes passos:

  • Dados sobre a sua empresa;
  • Informações sobre a sua campanha;
  • Pagamento.

# 2 – Escolha as melhores palavras-chave

Palavras-chave Google Adwords

O planejamento em Google Ads não pode ser feito de qualquer forma.

É fundamental ter foco para atingir o resultado desejado, isto é: não saia atirando em todas as palavras-chave, caso contrário, não terá mais orçamentos em sua campanha.

A dica é fazer uma pesquisa criteriosa no Google Keyword Planner.

O ideal é se colocar no lugar da sua audiência para entender de que forma construirá o seu anúncio.

Se você quer comprar um curso online de negócios digitais, o que escreveria no Google para encontrar a melhor solução?

Ao fazer esse autoconhecimento, você já saberá qual é a palavra-chave mais indicada.

Durante a pesquisa, lembre-se de definir o seu idioma em “Targeting”.

Além disso, selecione somente o Google e esqueça aqueles sites em que exibem banners. Para isso, clique em “Get Ideas”.

Por fim, use a aba ideias para verificar o volume de buscas das palavras – chave, a média de CPC, entre outras informações.

# 3 – Acerte no seu lance

Lance no Google Ads

O preço de uma palavra-chave depende do nível de concorrência do mercado em que você pretende atuar. No entanto, conseguimos medir o retorno que terá caso invista em um determinado termo.

Se você não tem muito conhecimento em cálculo, pode ficar tranquilo. A fórmula é bastante simples.

Pense comigo!

Imagine que você tem 100 visualizações em sua campanha. Desse grupo, 10 pessoas compram o seu produto. Logo, a sua taxa de conversão será de 1%

É claro que o Google vai querer uma parcela dessa receita.

Então, reflita: quanto de dinheiro você pretende repassar para o maior buscador do mundo?

Portanto, se você decide gastar R$70 do seu orçamento, a comissão do Google será de 30% para cada conversão realizada através dos anúncios.

Use a seguinte fórmula.

CPC máximo = lucro x comissão paga ao Google x taxa de conversão.

Neste exemplo, a conta seria a seguinte; R$100 X 0.3 X 1% = 30

Sendo assim, você pode investir R$ 0,30 em mídia paga e ainda vai ter de R$70,0. É importante lembrar que o resultado depende da taxa de conversão que você definir durante o processo, combinado?

# 4 – Pense em um título memorável

Título de anúncios

Use somente 80 caracteres para testar a sua criatividade. É claro que você não conseguirá inserir todo o discurso de de vendas em poucas palavras.

No entanto, use alguns argumentos para atrair o interesse do leitor.

Um exemplo de título interessante é aquele que oferece alguma solução ou benefício: economize até 20% em seus compras.

Ou uma preposição que surpreenda o leitor: 5 anos de experiência.

E até uma chamada no verbo imperativo: compre hoje mesmo.

Existem diversas possibilidades. Por isso, leia o seu título com atenção para verificar se ele conquistará a sua audiência.

# 5 – Cuide da URL de destino

Página de Anúncio no Google Ads

Sintetize a oferta que você oferecerá para usuário após clicar na URL.

Se você está oferecendo materiais gratuitos, um bom endereço seria: nomedosite.com.br/materiaisgratuitos

# 6 – Tenha atenção a página de destino

Uma boa página de destino é aquela que tenha o conteúdo que o público está procurando em relação a sua pesquisa.

Uma Landing Page de qualidade traz bastante resultados e faz com que o usuário descubra onde estão as melhores informações.

# 7 – Use o Google AdWords Express

Muitos profissionais não conhecem essa ferramenta. Ela é uma ótima sugestão para empresas que querem fazer anúncios e não têm domínio próprio.

É uma ferramenta descomplicada que, por meio do Adwords, otimiza e automatiza os anúncios.

Porém, o Adword faz somente campanhas locais.

Apesar de não ser tão vantajoso para alguns, ele pode aumentar a fidelização de clientes para um restaurante ou uma loja de decoração.

# 8 – Não se esqueça da concorrência

Concorrência em Anúncios

Um dos maiores erros de quem trabalha com mídia paga é anunciar no Google e deixar a palavra-chave trabalhando por conta própria.

Para figurar nas primeiras posições do Google, monitore a sua concorrência.

Verifique o que ela está publicando, os termos mais utilizados e o formato do conteúdo por completo.

Não pense somente em conquistar boas conversões. Tenha como objetivo ser o primeiro (sempre).

# 9 – Analise os seus relatórios com cuidado

Observe também os números de sua campanha.

Dessa forma conseguirá fazer ajustes sempre que necessário.

No Google Ads você consegue relatórios sobre as métricas de todo o processo, que inicia desde a visualização do anúncio até a conversão.

Além disso, é possível exportar os dados para outras pessoas que estão envolvidas no projeto.

Infográfico – 9 Passos para Anunciar no Google Ads

Infografico para 9 Passos para Anunciar no Google Ads

Conclusão – Google Ads

O Google Ads é uma ótima ferramenta para quem pretende ter resultados rápidos em uma campanha.

Ele é diferente do tráfego orgânico, pois garante retorno quase que imediato. Enquanto na primeira opção o resultado é a médio longo prazo.

Ambos são importantes mas é o seu objetivo que definirá onde deve apostar todas as suas fichas.

O planejamento de Google Ads exige tempo, foco e bastante análise para verificar as palavras-chave mais indicadas para a sua campanha.

O início pode ser complicado, mas na prática é possível ter resultados grandiosos.

Experimente sempre o Google Ads, seja para conquistar mais tráfego, para gerar leads ou para aumentar as conversões do seu site, loja virtual ou do seu blog.

A ferramenta é perfeita para projetos novos ou aqueles que já estão há muito tempo no mercado.

Use o Google Ads e comece a perceber resultados incríveis.


Alex Vargas
Alex Vargas

Alex Vargas é fundador da Live Media – Marketing, empresa especializada na criação de treinamentos de marketing digital e empreendedorismo que tem revolucionado a vida de milhares de pessoas. Chegando em agosto de 2019, a marca de 107 mil alunos. Ganhou o prêmio de Empreendedor Digital do Ano e Melhor Profissional de SEO do Ano, em 2019 pelo Afiliados Brasil. Alex é reconhecidamente um dos melhores profissionais de marketing do Brasil.

Responder

Deixe Seu Comentário Abaixo:

    20 Comentários Em "Google Ads (Google Adwords): O que é, Como Funciona e Como Usar"

    • Elizabeth Teixeira

      Olá Alex! Sou aluna do FNO e estou super agradecida pelos ensinamentos.
      Na seguinte frase do texto acima:…. “Experimente sempre o Google Ads, seja para conquistar mais tráfego, para gerar leads ou para aumentar as conversões do seu site, loja virtual ou do seu blog.”….. se entendi bem, mesmo que o Blog não seja voltado para vendas, há um retorno no Google Ads?
      O NucleoExpert é viciante !!!!!!
      Um abraço e sucesso.

      • Alex Vargas

        Olá, exatamente! Mesmo que são blog não “venda” nada, é bom que use o Google Ads, mas focado em outros objetivos!
        Abraço

    • RAYROND GUATURA GONCALVES DE OLIVEIRA

      Alex, professor, meu amigo, digo que para o FNO ficar completo, agora só falta um módulo bem pesado sobre tráfego pago com Google Ads. Aguardando essa atualização. Muito obrigado.

      • Alex Vargas

        Opa, então aguarde as novidades, porque vem coisa muito boa por aí rsrsrsrs

    • Anderson Alves

      olá Alex tudo bem ?, sou aluno do fno, e gostaria de saber se vai ter alguma aula sobre google ads, não quero comprar outro treinamento sem for da sua parte. estou seguindo os seu ensinamento e estou conquistando o meu espaço com suas excelente aula.
      desde já agradeço sempre por seu curso e conteúdos gratuito .

      • Alex Vargas

        Opa, fique ligado nos canais de comunicação, vem novidade por aí!!
        Abraço e Sucesso

    • Júnior

      Eu quero comprar o curso

    • Thiago Macedo

      Olá Alex, lhe acompanho faz um ano e graças a você eu aprendi muita coisa sobre Marketing Digital… amigão uma dúvida: o Google Ads serve para um negócio físico?

      • Alex Vargas

        Opa, com certeza!! Se quiser usar os recursos dessa ferramenta top, para anunciar seu negócio físico, fique a vontade. Você só terá que adaptar o texto e tudo mais para se encaixar perfeitamente na sua situação!
        Abraço

    • Que artigo completo, como sempre um ótimo professor!

      • Alex Vargas

        Opa, fico feliz que tenha gostado do artigo, o Google Adwords é uma ferramenta muito boa, vale a pena usar!
        Sucesso

    • Bruno Juan

      seu site e muito bom Alex acho incrível conforme a gente vai lendo as ideias vão surgindo na cabeça e vou querendo continuar cada vez mais nessa nova jornada

      • Alex Vargas

        Opa, muito obrigado pelo carinho! Não deixe essas ideias escaparem, sempre tenha um papel e caneta na mão!!
        Abraço e Sucesso

    • Joicemar Marcio De Andrade

      Oi Alex bom dia Eu sou aluno do FNO e Não encontrei aonde está a aula de Google Ads poderia me informar por favor?

      • Alex Vargas

        Olá, ainda não temos aula sobre o Google Ads no FNO, mas aguarde as novidades!!!
        Abraço

        • Guilherme

          Posso tem mais de um site no mesmo WordPress ? E na mesma hospedagem?

          • Alex Vargas

            Olá, pode sim, sem nenhum tipo de problema!!
            Abraço

    • Elizangela

      Olá, gostaria de saber como faço no Google Ads, se for apenas anunciar para uma empresa? Ou seja, estou prestando serviços para uma determinada empresa. Como faço. Desde já agradeço!

      • Alex Vargas

        Olá, em resumo a empresa terá que fazer uma conta no Adwords e deixar os dados na sua responsabilidade. A partir daí você poderá gerenciar da forma que for melhor para a empresa!
        Abraço e Sucesso!!