O que é Dropshipping? Como montar um? Tipos de Dropshipping? [Descubra Tudo Neste Guia Completo] Alex Vargas 2019/05/10 at 11:41am 2019/07/10 at 8:20am
O dropshipping é um modelo de comércio na internet onde o dono do dropshpping foca exclusivamente na venda, deixando o estoque e a entrega por conta de outra empresa.

O dropshipping é uma modalidade de e-commerce que tem atraído muitas pessoas.

Isto pode ser explicado pela facilidade para trabalhar com dropshiping.

Em um e-commerce tradicional você precisa investir em estoques, já no dropshipping não.

E hoje você vai descobrir tudo para ter sucesso com um negócio de dropshipping.

GRÁTIS! Como Criar Seu Negócio Online do Zero... Garantido!

Download gratuito... Mais de 100 Páginas de pura estratégia!

Mais de 520 Mil Downloads

Bom, mas antes de tudo, você sabe o que é dropshipping?

Você sabia que a Amazon, o e-Bay, Mercado Livre e o AliExpress trabalhar com dropshipping?

Essas empresas faturam milhões todos os meses, e isso mostra o potencial do dropshipping como modelo de negócio.

E aí? Se animou para saber tudo sobre o dropshipping?

Continue comigo no artigo!

Se você tem interesse em negócios na Internet, veja também a aula gratuita que eu preparei.

Nesta aula eu mostro como faturei mais de 80 mil no meu negócio online, clique aqui para assistir.

Saiba tudo sobre o Fórmula Negócio Online

Nesse tempo de crise, cresce a procura para obter maneiras alternativas de renda. Se esta é a sua situação e você tem interesse em aprender como pode começar a empreender montando seu Dropshipping, então, está no lugar certo.

Pode ser que nunca tenha ouvido falar de maneira mais aprofundada sobre essa modalidade de negócio e talvez, esteja com receio de navegar em mares desconhecidos.

Mas calma, fica tranquilo.

Para ajudar a esclarecer e tirar todas as dúvidas a respeito, fizemos esse guia definitivo sobre Dropshipping.

Ao final, você perceberá como será simples abrir sua loja virtual.

 

1. O que é Dropshipping

O que é Dropshipping

Dropshipping, que tem como tradução “largar a remessa”, é basicamente, um método de revender produtos sem ter que comprar mercadorias com antecedência e sem a necessidade de montar um estoque.

Não é algo novo. É uma prática antiga realizada a mais ou menos 10 anos na China, logo no início do boom de vendas online.

O dropshipping foi criado em sua essência, para atender somente lojas virtuais e e-commerces chineses, mas cresceu tanto, que em pouco chegou a outros países.

É a forma mais simplificada de ter um canal de vendas online, uma vez que ele permite que você tenha uma variedade de produtos para vender em sua loja, mas não precisa se preocupar com estoque, infraestrutura e entregas.

Um bom exemplo para que possa visualizar melhor como o dropshipping funciona na prática, é a Amazon.

Atualmente é a maior loja virtual do mundo e a propósito, o lucro obtido colocou no ano passado (2018), seu CEO no topo das pessoas mais ricas deste planeta, ultrapassando o incrível Bill Gates.

Você quer melhor inspiração de sucesso que essa para acreditar que de fato é um ramo rentável?

Outro exemplo, só que americano, é a DX.com.

Se você gosta de fazer compras online, com certeza já passou por este site.

Que inclusive, a forma simples de falar e escrever, facilitou sua ascensão no mercado quando criado (pega aí essa dica para criar seu domínio e/ou URL simplificados e que caiam no gosto dos consumidores).

Caso ainda não esteja clara como esta modalidade funciona, vamos à um exemplo prático:

Imagine que você é José e para os dias das mães decide fazer a compra de uma flor na loja online “plantas.com” para presentear sua esposa.

Olhando os produtos oferecidos no site, acaba gostando de uma planta e decide comprá-la.

Quando você clica no botão comprar, começa a execução do dropshipping.

No momento que o sistema da “plantas.com” recebe seu pedido, ele transfere a compra para uma outra empresa que possui um estoque do produto e fica responsável pela entrega e algumas vezes, passa esse serviço para outra empresa especializada em entrega de mercadorias.

Ao realizar uma compra, essa demanda passa por duas empresas, podendo passar também, por uma terceira que fará a entrega.

E assim, funciona e é configurado o Dropshipping.

Como eu disse anteriormente, você não precisa investir em estoques.

Não precisará também de espaço físico para armazenar as mercadorias.

Dessa forma, você só vai precisar de um computador conectado à internet para montar o dropshipping.

É exatamente isso que você aprende no Negócio de 4 Rendas, que é um treinamento especializado em dropshipping.

Neste treinamento é ensinado como você pode montar um dropshipping completo.

Assista uma aula gratuita sobre o Negócio de 4 Rendas, clicando aqui.

Dropshipping Negocio de 4 Rendas

2. Como montar um dropshipping?

Como montar um dropshipping

Esta modalidade de e-commerce, é bem atraente e lucrativa.

Cada vez mais pessoas estão optando pelo dropshipping para ganhar dinheiro na Internet.

Um dos motivos da lucratividade, é justamente pelo baixo custo de investimento, impulsionado pela ausência da necessidade de ter um estoque montado com a exigência de reabastecê-lo com frequência.

Agora que você já sabe o que é e como funciona, passemos às questões práticas para começar a montar seu dropshipping.

#1 – Planejamento

Sem um bom planejamento, é impossível gerir um negócio e vê-lo dar certo.

Portanto, nosso primeiro item é: Invista tempo e cuidado para planejar seu dropshipping.

Não é porque é uma forma mais simplificada de e-commerce, que não exija que se dedique para traçar ações, metas e objetivos que deseja alcançar através do seu trabalho virtual.

#2 – Escolha do nicho

Após decidir trabalhar com essa modalidade, pesquise e converse bastante para que tenha condições de fazer boas escolhas de nicho.

O que sua loja irá vender e porquê?

Escolha opções que tenham a ver com você.

Que você tenha prazer em trabalhar.

O fato de ter afinidade com os produtos a serem vendidos, te ajudará ter foco e motivação, principalmente no dias nos dias mais difíceis.

Mas, também tenha sabedoria e discernimento para não fazer escolhas erradas, alimentando a ambição de ter lucros rápidos e fáceis.

Avalie os riscos de perdas e prejuízos ao optar por nichos aparentemente promissores.

Por exemplo: O nicho de eletroeletrônicos tem uma demanda bem alta, entretanto ao desejar esse mercado, deve se questionar: Quero mesmo fazer concorrência com o Submarino e a Americanas?

Terei visibilidade e demanda frente a essas campeãs de vendas?

Por isso é tão importante definir seu nicho antes de montar sua loja, desta forma, você terá condições avaliar o que é melhor para sua capacidade de atuação.

Pense com bastante carinho neste tópico para não se arrepender mais tarde das más escolhas.

Passos para montar um Dropshipping

#3 –  Definição da persona

Você já sabe o que quer vender, agora precisa descobrir para quem vender.

Ao definir sua persona, ficará mais clara a melhor comunicação a ser abordada, para atrair seus clientes aos seus produtos.

Com a intenção de facilitar esta definição, busque respostas para as características abaixo;

  • Sexo
  • Idade
  • Nível de escolaridade
  • Localização
  • Hábitos
  • Hobbies
  • Profissão
  • Renda mensal
  • Estilo de vida

Crie um mapa de empatia para conseguir identificar as dores e necessidades de sua persona, assim, poderá oferecer o produto ideal para o perfil ideal, com a linguagem e abordagem adequada.

#4 – Como escolher fornecedores brasileiros?

O que é o Dropshipping Nacional

Antes de começar a procura por fornecedores, é essencial que saiba que há quatro modalidade de fornecedores.

Saber disso irá ampliar suas possibilidades de busca.

São elas:

  • Distribuidores
  • Fabricantes
  • Produtores
  • Importadores

Existem duas formas de fazer a busca por fornecedores: Offline e online.

Online, é realizada através da internet, fazendo uso dos mecanismos de buscas, como Google e afins.

Procure também, dentro das grandes plataformas e-commerce, Amazon, Aliexpress e Mercado Livre (essas pesquisa, também pode ser utilizada para encontrar fornecedores internacionais, já a internet te permite entrar em contato com pessoas em qualquer lugar do mundo).

Já a busca online é a forma mais trabalhosa, mas ao mesmo tempo mais benéfica.

Pare para analisar o território nacional e identifique os grandes polos de fabricação e venda de mercadorias no Brasil.

Perceba que em São por exemplo, a 25 de Março e região do Brás, são ótimas referências para o setor de vestuário, bem como a região serrana do Rio.

É necessário que você consiga amplificar suas possibilidades e identificar as localidades que te oferecem oportunidades de encontrar o perfil ideal de fornecedores para seus produtos.

Como última dica desse tópico, recomendamos que você vá a congressos e feiras relacionados ao seus nicho.

Há sempre nesses eventos, a presenças de excelentes produtores e exposição de ótimos produtos.

É ainda, uma boa oportunidade para divulgar sua loja e fazer network.

#5 – Crie a estrutura do seu Dropshipping

Você já sabe se seu e-commerce será MEI, ou microempresa?

Sim, ao escolher o Dropshipping, por trás, estará atuando como empresa, por isso a necessidade de definir qual sua modalidade empresarial, antes que a loja virtual esteja pronta.

Ressaltamos apenas que, caso escolha atuar como MEI, estará preso ao faturamento anual de R$81.000,00 (oitenta e um mil reais).

É dentro desta faixa de lucros que pretende trabalhar? Ou deseja obter rentabilidade maior?

Verifique suas possibilidades para que possa fazer a escolha que melhor atende seus anseios profissionais.

Com o CNPJ em mãos, conseguirá cadastras os fornecedores e obter acesso aos preços das mercadorias para que possam ser informados em sua loja.  

#6 – Marketing Digital para Dropshipping

Para o cenário atual de mercado, podemos afirmar sem medo de errar, que investir em marketing digital.

É o melhor que você pode fazer por sua empresa, especialmente quando se trata de e-commerces.

Tenha algo claro e evidente em sua mente.

Ter um Dropshipping por si só, não fará com que os clientes cheguem até você!

Portanto, é necessário que se dedique na criação de estratégias para que possa atuar com eficácia nos canais digitais.

Vá para as redes sociais. Crie uma fanpage, um perfil no instagram e não se esqueça de fazer bom uso das listas vips do WhatsApp e outras ferramentas que possam agregar vendas à sua marca, como por exemplo, o Mercado Livre, que aliás, é muito utilizada para alcançar novos consumidores.

Crie audiência e ofereça bons conteúdos, gere engajamento e encante seu público.

Lembre-se, que as pessoas estão aderindo ao consumo consciente e para realizarem compras, é preciso que se identifiquem com seu produto.

#7- Atendimento

Investindo em boa divulgação através do marketing digital, fatalmente, seu dropshipping começará a vender.

Então, antes que elas comecem, dê atenção à outro setor igualmente importante do seu negócio: o atendimento.

Com o objetivo de te auxiliar a criar uma boa rede de atendimento, listamos algumas ações que você poderá colocar em prática, com muita facilidade.

  • Determine horários durante do dia para responder mensagens e comentários e para interação com seus seguidores nas redes sociais
  • Tenha um E-mail profissional
  • Verifique a possibilidade de colocar em sua loja virtual o recurso de chat online. Porém, se atente ao fato que uma vez inserido, é necessário que tenha alguém disponível para responder os chamados.
  • Monte um script para atendimento pelo WhatsApp. Indicamos o uso do app na versão Business.

Tenha esses procedimentos bem definidos, para que possam te auxiliar a agregar valor e credibilidade à sua marca.

Estes passos vão te ajudar a montar um negócio lucrativo de dropshipping.

Mas se você quer ir além, precisa fazer duas coisas:

Continuar no artigo até o final e assistir a aula gratuita a seguir.

Toda estrutura de ecommerce e dropshipping é explicada na aula gratuita abaixo.

Assista uma aula gratuita sobre o Negócio de 4 Rendas, clicando aqui.

Dropshipping Negocio de 4 Rendas

Infográfico – Como Montar o Seu Dropshipping

Infográfico Como Montar o Seu Dropshipping

3. Vantagens do Dropshipping

O dropshipping, comumente, é mais indicado para quem está começando.

Por ser uma modalidade mais simples e barata de e-commerce, no entanto, empresas já bem estabelecidas no mercado físico, acabam também aderindo à esta modalidade, com o objetivo de conquistarem o mercado digital, já que ganham maior variedade de produtos e baixos gastos com logística.

Existem outras vantagens e resolvemos listar algumas para você.

Vantagens do Dropshipping

#1 – Custo benefício

Como dito anteriormente, o dropshipping, oferece baixo ou nenhum gasto com infraestrutura e estoque.

Na balança do custo benefício. tende a pesar mais para os ganhos, quando se tem um bom planejamento, boas estratégias implementadas e correta gestão do negócio.

#2 – Não ter que se preocupar com montagem de um estoque

Ausência de estoque é sem dúvidas a grande vantagem do dropshipping.

Em especial para aqueles que estão começando no mundo online e para as empresas de grande porte, que têm interesse em ampliar sua atuação, mas fazendo um baixo investimento para a expansão pretendida.

Tendo em vista que exerce papel apenas de moderador entre fornecedores e clientes, o empreendedor não precisa ter os produtos estocados, facilitando o processo e o tornando mais barato.

#3 – Variedade de produtos

Justamente por não exigir de um estoque, o lojista também não precisa ficar preocupado com controle interno de logística e estoque.

Com o dropshipping, há a viabilidade de ter uma variedade alta de produtos que poderão ser adicionados ao portfólio da loja.

Tornado possível realizar parcerias com diferentes fornecedores e por consequência, diversificar e aumentar o número de clientes.

Outro detalhe importante, é que o e-commerce não fica refém da disponibilidade do produto no estoque.

Ou seja, se uma mercadoria tem mais saída, é comum que acabe com mais frequência o que te obriga a recusar vendas até conseguir bom retorno do fornecedor.

Com o dropshipping, você não corre esse risco.

#4 – Trabalhar do conforto da sua casa

Acreditamos que uma das ou talvez, a melhor vantagem de escolher atuar com Dropshipping, é o fato de poder trabalhar de casa e melhor ainda, sem chefe.

Possivelmente, se você está pesquisando sobre este assunto, é porque está desempregado ou, tem um emprego, mas quer empreender para em breve pedir conta.

Então imagine poder fazer seu horário de trabalho e sua rotina, sem ter que dar satisfação de cada passo e sem ser cobrado o dia inteiro por um chefe arrogante e sem educação.

É o paraíso não é mesmo?

Esse paraíso pode ser seu. Só depende de você fazer boas e acertadas escolhas.

4. O que é Dropshipping Internacional

O que é o Dropshipping Internacional

Dropshipping internacional, é uma excelente oportunidade de diversificar os produtos a serem vendidos, sem contar a chance de conseguir preços menores, mantendo a qualidade dos produtos.

É comum que os lojistas optem pelos produtos chineses, tendo em vista as vantagens e qualidades já mencionadas.

Entretanto, é preciso ter um pouco mais de cuidado, ao escolher mercadorias da China.

Tenha ciência que estes irão demorar muito mais para serem entregues, comparados com os produtos brasileiros.

Outro ponto para ter bastante atenção, é o risco da mercadoria ser taxada na alfândega ao chegar em território brasileiro.

Uma opção, caso você saiba que determinado produto terá a inclusão desses impostos, é aumentar o valor final da mercadoria, acrescentando uma porcentagem, com a intenção de diminuir a possibilidade de sofrer e perdas e prejuízos financeiros.

5. O que é Dropshipping Nacional

O que é o Dropshipping Nacional

Bom, você já sabe que dropshipping internacional é trabalhar com produtos do mercado internacional, então o nacional nada mais é, do que trabalhar com produtos brasileiros.

Ainda que esta versão seja mais prática e mais barata, já que o produto está no Brasil e não é taxado por impostos de importação.

Infelizmente não oferece a mesma variedade de mercadorias e preço competitivos como por exemplo os vendidos pela China.

Contudo, é um mercado que vem crescendo cada vez mais, devido ao fato dos produtos internacionais, causarem desgastes de trabalho e à marca, por excederem o tempo de entrega desejado pelos consumidores.

Incluindo o crescimento da procura e disponibilidade de produtos e produtores nacionais.

A tendência que o cenário nacional, deslanche daqui para frente.

As empresas e lojistas já têm a percepção que é um negócio promissor, já que a compra online só aumenta e é um caminho sem volta.

O Dropshipping nacional é o que é explicado nesta aula gratuita, clique aqui.

6. O que é o Shopify

Dropshipping no Shopify

O Shopify é uma plataforma canadense para e-commerce muito popular, principalmente fora do Brasil, bastante consolidada nos Estados Unidos e Europa.

Estima-se que a Shopify, seja a maior plataforma em operação na atualidade.

Tem como diferencial, a disponibilização de ferramentas e aplicativos desenvolvidos especificamente para e-commerces, como por exemplo:

  • Modelos de lojas virtuais que podem ser instaladas e configuradas de forma muito simples
  • Gerenciadores de produtos, preços e clientes e
  • Fornece métricas de visitas e compras
  • Cálculo de frete
  • Integração com ERPs
  • Gerenciamento de estoque  
  • Personalizações como Venda por Grade.

Para se cadastrar no Shopify, clique aqui.

Duas vantagens de trabalhar com Dropshipping no Shopify

Diferente de outras plataformas, não há a necessidade de ter conhecimento técnico para começar uma loja virtual do zero, nem para fazer pequenos ajustes que no dia a dia da operação online, se tornam necessários.

  • Suporte disponível

O fato de ter com quem contar para te auxiliar a montar sua loja virtual ou até quando o sistema dá alguma pane, é uma vantagem considerável, tendo em vista que é comum aqui no Brasil, agências montarem a estrutura do site, mas após entregá-lo pronto, não se comprometem ocorrências posteriores.

  • Ferramentas específicas para Dropshipping

Dentro do shopify, há a presença de inúmeras ferramentas e aplicativos para te ajudar a gerir seu negócio, ou seja, em um só lugar, você encontra tudo que precisa, sem a necessidade de ficar garimpando e pela internet o que se adequa ou não à seu e-commerce.

Vantagens e Desvantagens do Shopify

Desvantagem do Shopify

A única desvantagem que encontramos no momento, são os valores.

Os preços oferecidos pela plataforma, são apresentados em dólar.

O plano mais barato tem o valor de USD $29, convertendo, ultrapassar os R$100.

Os aplicativos são pagos também em dólar, cada.  

Ou seja você pagará pela utilização de cada app e somada a mensalidade da plataforma.

Se você está começando, verifique suas possibilidade financeiras para que ao aderir aos serviços da shopify, não passe por apuros para conseguir pagar.

Se planeje e faça escolhas acertadas.

Conclusão

Todas as dicas aqui trazidas, ajudarão você a montar seu Dropshipping.

O mercado virtual como já mencionamos, vem crescendo muito no Brasil, e não tem previsibilidade de redução.

As vendas daqui para frente, será desenvolvida todas online. Há sim, previsão de que em breve, as lojas físicas de varejo, iniciem seu fim.

É como dizem: “É na crise que surgem grandes oportunidades” como é o caso Dropshipping.

Uma forma bem simples e fácil de ter um e-commerce.

Você não vai ficar aí parado, esperando tempo passar para só depois de perder o time, perceber que podia está faturando muito mais e a muito mais tempo?

Então comece já!

751 Compart.
Compartilhar650
Pin101
WhatsApp
Compartilhar