O marketing de afiliados é uma forma muito simples de oferecer produtos e serviços, sem a necessidade de criar nada sozinho.

Além de ser uma maneira bem gratificante de ganhar dinheiro, enquanto você ajuda as pessoas, o marketing de afiliados é, também, um meio pelo qual você pode impulsionar os ganhos do seu blog, nos próximos anos.

Neste artigo, eu vou te oferecer o guia mais completo de todos os tempos, sobre marketing de afiliados.

E para que este guia fique mais fácil de ser compreendido, vou dividi-lo em 13 etapas.

Etapa 1 – O que é o marketing de afiliados?

Como já falei diversas vezes aqui, os afiliados ganham dinheiro depois que conquistam a confiança da sua audiência.

A partir daí, passam a oferecer produtos ou serviços que ajudam essa audiência a resolver um problema específico e recebem uma comissão por cada venda realizada. Isso é marketing de afiliados.

Na verdade, ele é uma interpretação atualizada de uma ideia bem antiga: receber comissão em cima de uma venda.

A dinâmica é a seguinte:

Você oferece, para a sua audiência, um produto ou serviço de uma empresa ou de um produtor confiável e recebe uma comissão por cada venda que fizer.

Os produtores disponibilizarão um link, exclusivo, para você divulgar em seu blog, canal do Youtube, Página de Facebook e onde mais você desejar.

Assim, você vai receber a comissão por cada venda que fizer, através do seu link de afiliado.

Existem outras maneiras de ganhar dinheiro com o seu blog.

Por exemplo:

Quando você coloca um anúncio em seu blog, o anunciante te paga por cada visitante que clica no anúncio, mesmo que ele não compre o produto.

Neste caso, o anunciante está alugando o espaço em seu blog, por você ter muitas visitas diariamente.

É como se ele estivesse alugando um outdoor numa estrada, onde passam muitas pessoas.

O problema em alugar espaço para anúncios é que você ganha apenas alguns centavos por cada clique.

Isso significa que você precisa ter um blog com um tráfego altíssimo, para conseguir receber um valor considerável.

Em compensação, como afiliado, apesar de você só receber quando alguém fechar uma compra, as comissões são bem maiores.

Além dos banners, você também pode inserir links no texto dos seus posts, seguidos de uma oferta de produto.

Você pode incluir links em e-mails, páginas de vendas e muito mais.

Por enquanto, é importante que você saiba o que significa marketing de afiliados e o seu potencial como afiliado.

O marketing de afiliados tem grande potencial, desde gerar uma renda extra a um negócio online completo.

Etapa 2 – Por que usar o marketing de afiliados?

Eu vou dar 3 razões pelas quais eu te aconselho a usar o marketing de afiliados:

  1. Você pode ganhar dinheiro com o seu blog mais rápido do que ganharia se fosse criar o seu próprio produto do zero;
  2. Como afiliado, você vai perceber que tipo de produto a sua audiência se interessa e, assim, poderá criar o produto ideal, reduzindo os riscos e aumentando as chances de sucesso;
  3. Se você escolher os produtos certos para se afiliar, a sua audiência vai ter cada vez mais confiança em você e, sem dúvida, comprará o seu próprio produto, futuramente.

Essas são 3 razões pelas quais você deve usar o marketing de afiliados no seu negócio, ter muitos benefícios e crescer como empreendedor.

Mas não é só isso. Existem outras vantagens do marketing de afiliados, que eu vou listar agora:

  • É fácil de executar. Você só precisa divulgar o link para os seus visitantes, pois marketing de afiliados é totalmente intuitivo na hora da compra. O cliente não vai precisar de você para realizá-la;
  • Você não precisa dar suporte. Não vai se preocupar com suporte, pois a configuração de pagamentos, atendimento ao cliente, acompanhamento de vendas, etc., são feitos pelo produtor;
  • Não precisa ser especialista. Você só precisa estar familiarizado o suficiente com os assuntos do seu nicho, para saber quais são os melhores produtos para recomendar aos seus visitantes;
  • Tem baixo risco e baixo esforço. O marketing de afiliados não exige grande investimento de tempo e de dinheiro para começar.

 marketing de afiliados etapas do sucesso

Etapa 3 – Os tipos de empreendedores mais prováveis de ter sucesso com o marketing de afiliados

Se você quer ter sucesso como afiliado, primeiramente, precisa ter algumas coisas em mente.

Por exemplo:

Se você estiver começando o seu blog e ainda não construiu a sua lista de e-mail e uma boa audiência, não se arrisque, investindo muito dinheiro nesse início.

Antes de pensar em investir mais:

  • Produza conteúdo, com consistência, em seu blog. Para construir confiança e oferecer algum produto, você precisa, antes, gerar valor para a sua audiência;
  • Tenha, pelo menos, 500 inscritos na sua lista de e-mail. Você vai ter uma base, com um bom potencial de ganhos, se você conseguir atrair e manter esses 500 inscritos.

 

Etapa 4 – Não use o marketing de afiliados se…

Se você já construiu uma lista de, no mínimo, 500 pessoas e planeja oferecer serviços profissionais como coaching, design, finanças, consultorias, etc.

Neste caso, é melhor focar nisso primeiro, para depois se afiliar a algum produto relacionado, pois será mais vantajoso que você venda primeiro os seus serviços.

É mais lucrativo, num primeiro momento, monetizar seus serviços do que se afiliar a produtos de terceiros.

Uma vez que a sua oferta de serviços já esteja funcionando bem, você pode começar a incluir produtos como afiliado e, finalmente, usar o marketing de afiliados para divulgar seus links.

Etapa 5 – Como vender produtos como afiliado da forma correta

O marketing de afiliados não é visto com bons olhos, por algumas pessoas.

Isso porque ele tem sido utilizado de forma errada, por alguns “profissionais” antiéticos, que incomodam os visitantes com anúncios indesejados, com ofertas enganosas e disparando spam.

Esse tipo de “profissional” trouxe uma reputação desagradável para o marketing de afiliados.

Porém, quando o marketing de afiliados efeito de maneira correta, é uma “máquina” poderosa para gerar valor, tanto para o afiliado quanto para a audiência.

É preciso entender que o relacionamento e a confiança que você construiu com a sua audiência é o mais importante nesse negócio.

Você precisa investir tempo e esforço para manter a confiança do seu público.

Por isso, antes de pensar em usar estratégias erradas no seu negócio, para diminuir gastos, lembre-se que estará em jogo algo muito mais valioso e irrecuperável, que é o relacionamento de confiança que você construiu com seus leitores.

Marketing de afiliados e liberdade

Etapa 6 – A regra de ouro para o sucesso

Esta precisa ser a regra de ouro para você conseguir ter sucesso como afiliado: Se afilie a produtos que você usaria.

Se você escolheu um produto para se afiliar, compre e teste a qualidade dele, antes de recomendá-lo à sua audiência.

Lembre-se que a sua reputação está em jogo, então, não se arrisque, recomendando algo que você não conhece ou não usaria.

Quando você precisa de um médico, de um eletricista ou de um mecânico, por exemplo, qual é a primeira coisa que você faz?

Tenho certeza que você pede recomendação de alguma pessoa de confiança, certo?

Mas, e se essa pessoa de sua confiança te recomendou um profissional desqualificado, que fez o serviço mal feito e te cobrou caro por isso. O que você faria?

Muito provavelmente, você não vai mais confiar naquela pessoa e a opinião dela não vai mais valer na hora que você precisar.

Com um afiliado é ainda pior, por isso, não permita ter a sua reputação destruída por não ter conferido o produto, detalhadamente.

E, convenhamos que fazer tudo da maneira correta é bem mais fácil, não é mesmo?

Quando você é honesto e sincero ao recomendar um produto ou serviço que você já experimentou e aprovou, o seu marketing vai funcionar, não tenha dúvida.

Quando isso acontece, as pessoas percebem sua autenticidade e espontaneidade ao falar do produto, assim elas sentirão mais confiança na hora de comprar de você.

mentalidade para o sucesso como afiliado

Etapa 7 – A realidade do marketing de afiliados

Como tudo na vida tem suas desvantagens, o marketing de afiliados não é uma exceção.

No entanto, se você estiver ciente das armadilhas do marketing de afiliados, você pode entrar nele de olhos bem abertos, para não cair em nenhuma.

Então, vamos verificar quais são os pontos que você precisa ter muito cuidado.

01. Rápido e fácil de configurar não significa instantâneo ou gratuito

A gente sabe que vender produtos como afiliados é mais rápido e fácil do que criar, vender e entregar os próprios produtos.

Mas, isso não significa que seja uma coisa instantânea, sem nenhum tipo de esforço.

Você vai precisar escolher, cuidadosamente, qual produto você vai se afiliar e vai precisar investir tempo e um pouco de dinheiro, pra poder conhecer o produto que vai indicar para a sua audiência.

Além disso, você também vai precisar testar, até descobrir o que funciona ou não.

Por isso, não acredite que o seu sucesso virá da noite para o dia, como um milagre.

O sucesso é fruto de muito trabalho e dedicação, além de algum investimento em dinheiro.

02. Ganhar dinheiro enquanto dorme não significa “comece o seu negócio e depois esqueça”

Se a sua intenção é montar um negócio fácil de ganhar dinheiro, não seja um afiliado, pois não existe faturamento de um afiliado que seja totalmente passivo.

Mesmo não sendo um produtor e, mesmo automatizando algumas tarefas do seu blog, você precisa continuar trabalhando no crescimento do seu negócio e no engajamento com a sua audiência.

Para manter o seu público engajado você precisa criar conteúdo de qualidade e de maneira consistente, para construir um elo de confiança com ele.

Se você não construir confiança e engajamento com a sua audiência, provavelmente vai ser muito difícil ter sucesso no marketing de afiliado.

E, se você não construir a sua lista de e-mail de forma crescente, logo vai perder a credibilidade que conquistou.

O marketing de afiliados não é apenas uma alternativa para o seu blog, ele é um complemento lucrativo para você ter um negócio de sucesso.

03. Mesmo os afiliados mais inteligentes podem fazer escolhas erradas

Por mais que um produto pareça ser bom demais para ser verdade, talvez não seja o mais adequado para o seu público.

Mesmo que o produtor seja conhecido no mercado, analise se é um produto de qualidade, se cumpre mesmo o que promete e se ele está de acordo com o seu nicho.

Você pode até encontrar dicas que prometem que você vai ganhar dinheiro rápido, se você se afiliar àquele produto duvidoso, mas, você vai colocar em risco a confiança da sua audiência.

Agora que você já conhece algumas vantagens e desvantagens do marketing de afiliados, vamos nos aprofundar nos bastidores.

como se organizar para ter sucesso no marketing de afiliados

Etapa 8 – Os 3 estágios do marketing de afiliados

Como afiliado, você vai passar por 3 estágios diferentes e cada um deles vai ter as suas próprias estratégias e ganhos.

É muito importante que você saiba em que estágio você está, pois, se você for usar estratégias para um estágio mais avançado, provavelmente não vai dar certo.

Então, você quer saber em qual estágio você se encontra?

Estágio 1: Dando os primeiros passos

Neste estágio, você tem cerca de 500 a 1000 inscritos na sua lista de e-mails e, pelo menos, 10% deles estão abrindo seus e-mails.

Aqui, você já está começando a vender para a sua lista e tem inscritos suficientes para começar a testar produtos e ver como o seu público responde.

  • Estratégia aplicável: Teste alguns produtos ou serviços até encontrar o mais indicado para a sua audiência.

Estágio 2: Acelerando os passos

O seu blog ou canal já está estabelecido e você construiu uma lista de e-mails com cerca de 5000 inscritos e agora você está pronto para investir mais.

Você publica conteúdo de qualidade e com consistência e continua crescendo e se envolvendo com a sua lista de e-mail.

Também está começando a construir um relacionamento com influenciadores do mesmo nicho.

Além disso, você também já tem certa experiência com vendas e sabe identificar o que a sua audiência precisa.

Você encontrou um produto que te proporciona ganhos com consistência e começou a pensar em criar o seu próprio produto.

  • Estratégia aplicável: continue procurando bons produtos, para você se afiliar.

Identifique os produtos em que o ganho será menor, mas, em compensação, vendem muito mais.

Estágio 3: Afiliado top

Você já é considerado um afiliado de primeira linha, com uma gigantesca lista de e-mails e, no mínimo, 10 mil inscritos.

Interage com grandes influenciadores, por causa de suas realizações e de sua reputação.

Vende muito para sua audiência, usa o seu funil de vendas e é convidado a participar de lançamentos e promoções.

  • Estratégia aplicável: Procure estabelecer uma interação mais próxima com outros afiliados que já são autoridades no seu nicho.

Participe de lançamentos de bons produtos e crie suas próprias campanhas.

Você pode começar a monetizar o seu blog, ou seu canal, vendendo como afiliado, usar as estratégias de marketing para gerar receita e identificar o que a sua audiência precisa.

Depois disso, você pode criar o seu próprio produto, tendo muito mais confiança porque agora você sabe qual será foco do produto e a disposição que a sua audiência tem de comprar.

Agora que você conhece os 3 estágios que um empreendedor passa no marketing de afiliados e identificou em qual deles você se encontra, neste momento, você precisa saber como encontrar os melhores produtos para promover.

pessoas conectadas, portas para o sucesso no marketing de afiliados

Etapa 9 – Decida qual produto você deve promover

Você pode ser afiliado de vários tipos de produtos e serviços.

Alguns são mais lucrativos, mas, a maior parte do seu faturamento será gerada por um ou dois produtos que vendem bem e que oferecem uma boa comissão.

À medida que você cresce, como afiliado, você pode acrescentar outros produtos complementares para continuar ajudando o seu público e completar suas ofertas.

É altamente recomendável que você comece sendo afiliado de produtos, cursos e serviços digitais, pois eles têm maior potencial de ganho.

Produtos e serviços digitais pagam comissões mais altas do que os produtos físicos, pois o custo com produção e distribuição é bem menor.

Depois que o seu negócio estiver gerando uma receita mais estável, você pode começar a oferecer outros produtos do mesmo nicho, beneficiando tanto a sua audiência, quanto a você.

Aqui abaixo, eu vou te dar algumas opções de produtos.

Opção 1: Downloads

Diferente dos produtos físicos, com um produto para download, o leitor não precisa esperar pelo envio de um pacote pelos correios. Ele pode acessar instantaneamente.

EXEMPLOS:

  • Arquivo em áudio;
  • Arquivo em vídeo;
  • PDF;
  • E-book;
  • Ou um link de acesso a um conteúdo online.

VANTAGEM:

  • Os downloads são fáceis de acessar e ajudam a sua audiência de maneira imediata;
  • Não têm custo de produção, armazenamento e envio;
  • A pessoa que compra pode acessar e aproveitar o produto imediatamente.

DESVANTAGEM:

  • O valor da maioria dos produtos em download é bem baixo, então, você precisa realizar muitas vendas para conseguir um ganho significativo.

RECOMENDAÇÃO:

  • Faça. Mas espere ganhos maiores através de outros produtos.

Opção 2: Serviços online e em plataformas

Quando se trata de ser um afiliado, é melhor dar preferência a serviços que sejam acessíveis a qualquer pessoa, em qualquer lugar que ela esteja.

Pensando nisso, escolha um serviço com o qual você já trabalhou ou foi cliente e no qual tem total confiança.

Exemplos:

  • Design;
  • Assistente virtual;
  • Hospedagem de site;
  • Anti-spam;
  • E-mail marketing;
  • Plugins;
  • Cursos;
  • Geração de leads;
  • Backup;

VANTAGEM:

  • É fácil ser afiliado desses serviços, pois os seus clientes precisam de tarefas que exigem conhecimentos específicos, ou seja, precisam contratar um profissional;
  • Geralmente, esses serviços são oferecidos a um valor mais alto, te dando um potencial de ganho maior;
  • Muitos serviços oferecem uma comissão recorrente, ou seja, você vai receber enquanto os clientes continuam usando o serviço.

DESVANTAGEM:

  • Talvez alguns dos serviços que você já conhece e tem mais experiência não permitam afiliação.

RECOMENDAÇÃO:

Faça. Principalmente se for um serviço de boa qualidade e que possa ajudar grande parte do seu público e que te possibilite ganhos altos e estáveis.

Opção 3: Cursos online

O mercado de cursos digitais é enorme e eles são muito importantes, principalmente para empreendedores, por isso, merece um destaque especial nesta lista.

Existem cursos online em qualquer nicho.

Além disso, os valores variam desde o gratuito aos bem altos, com promessas de grandes resultados para quem comprar.

VANTAGEM:

  • É uma das melhores formas de ajudar o eu público a resolver um problema ou alcançar uma meta importante;
  • Você oferece um grande valor com pouco esforço;
  • Geralmente possuem um valor mais alto do que outros produtos, aumentando o seu potencial de ganho;
  • Por ser bem popular, é fácil encontrar influenciadores do seu nicho que possuam cursos para você se afiliar.

DESVANTAGEM:

  • Para manter a sua reputação protegida, você vai precisar investir um bom tempo analisando os cursos, detalhadamente, para verificar se eles cumprem o que prometem.

RECOMENDAÇÃO:

  • Faça. Ganhe muito dinheiro ajudando os seus leitores, em grande estilo.

Opção 4: Produtos físicos

Se você preferir ser afiliado de produtos físicos, escolha produtos de boa qualidade e que seja algo diferenciado, que atraia sua audiência.

Não escolha produtos que o seu público pode encontrar em qualquer lugar.

VANTAGEM:

  • Depois que você se tornar uma autoridade em seu nicho, as empresas vão começar a te procurar, oferecendo produtos gratuitos para você fazer review;
  • Você pode comprar produtos para testar e fazer review no seu canal e no seu blog, assim, vai ser visto pelas empresas, que vão começar a te enviar produtos, gratuitamente.

DESVANTAGEM:

  • Geralmente, a comissão de produtos físicos é bem baixa, por causa dos custos com produção, armazenamento, entrega, suporte, etc.;
  • Comprar produtos por conta própria para fazer review pode sair muito caro.

RECOMENDAÇÃO:

  • Só ofereça produtos físicos que estejam relacionados com o seu nicho e que seja algo que a sua audiência precisa;
  • Dê preferência a produtos diferenciados e de qualidade, para que você mantenha a sua boa reputação.

Agora que você já sabe como escolher os produtos mais indicados para se afiliar, confira, na próxima etapa, como encontrar as melhores opções para você.

capacitação para ter sucesso como afiliado

Etapa 10 – Escolha o produto para se afiliar

Escolha os produtos que você quer se afiliar baseado em uma dessas duas opções:

  1. Escolha um produto que você já usou e gostou e que seja adequado para o seu público;
  2. Escolha um produto que você pode ter acesso para avaliar, comprando ou recebendo, de forma gratuita.

Invista tempo e dinheiro para pesquisar os produtos, antes de se afiliar. Assim, você pode oferecer o melhor para o seu público.

Para facilitar a sua escolha, abaixo eu cito 2 alternativas.

 #1: Escolha produtos que você já conhece e gosta

Provavelmente, esta é a melhor forma de iniciar as suas vendas como afiliado.

Você vai oferecer um produto que já usou, teve uma experiência positiva e agora, se sente bem em recomendar para os seus leitores.

Fazendo isso, você se sente confiante, pois sabe que a sua audiência vai ter os mesmos resultados que você teve ou até melhor.

Essa confiança é transmitida para as pessoas, e elas ficarão mais propícias a comprar de você.

Se você adquire um curso, um e-book ou uma mentoria, por exemplo, e compartilha os resultados que obteve com essa experiência e diz aos seus leitores que eles também podem se beneficiar, eles vão comprar.

  • Faça uma pesquisa nas plataformas de afiliados, como a Hotmart, Monetizze, Eduzz e conheça os produtos relacionados ao seu nicho;
  • Verifique a política de reembolso desses produtos;
  • Veja se eles fornecem um bom suporte ao cliente;
  • Observe se a oferta atende às necessidades do seu público;
  • Certifique-se de que o produto não vai colocar em risco a confiança que você construiu com a sua audiência.

Depois que você encontrar o produto ideal, se afilie e comece a promover.

Com o tempo, vá acrescentando outros produtos, sempre relacionados o seu nicho e que se complementem.

Mas, para quem está iniciando, é recomendável promover um único produto.

#2: Escolha produtos dos influenciadores do seu nicho

Uma das melhores formas de construir um relacionamento com as maiores autoridades do seu nicho é recomendar os produtos delas para a sua audiência.

Por isso, se você ainda não escolheu o produto que vai promover, faça o seguinte:

Faça uma pesquisa nos sites dos principais influenciadores do seu nicho, para verificar qual é o produto que eles estão oferecendo.

Leia, nas redes sociais, os depoimentos e comentários das pessoas sobre os produtos desses influenciadores.

Mas antes, eu recomendo que você se certifique de que a persona do influenciador esteja ajustada à sua.

Antes disso, eu te aconselho a ter uma boa lista de e-mail e conteúdos regulares e de qualidade.

esforço para sucesso como marketing de afiliados

Etapa 11 – Crie e promova conteúdo personalizado

Use várias estratégias diferentes, para enviar tráfego para o seu blog.

Crie um conteúdo épico

Prefira um conteúdo épico, desses que contém informações que serão úteis nos próximos anos.

Porém, não escreva uma página de vendas. Ao invés disso, crie infográficos, posts para redes sociais, artigos para o blog, vídeos, etc.

Escreva um artigo, ensinando os leitores a ganhar dinheiro ou a criar um blog no WordPress, por exemplo.

Escreva comentários

Escreva comentários sobre produtos que você promove como afiliado, falando sobre todos os detalhes.

Pode ser sobre um único produto ou você pode fazer comparação entre dois ou mais produtos concorrentes.

Quando você faz isso, cria mais confiança nos leitores e te dá oportunidade de promover vários produtos ao mesmo tempo, dando ao seu público as informações que eles precisam e com opção de escolha.

Escreva comentários em grandes blogs e deixe o link dos seus conteúdos

A grande vantagem de você escrever comentários no blog de um influenciador é que você consegue atingir a audiência dessa pessoa que, provavelmente é muito grande.

Escreva comentários com tópicos que seja de interesse dessa audiência e certifique-se de que os produtos que você promove no seu blog traz a solução para o problema que ela procura.

Antes disso, verifique se esse blog recebe muitos comentários e compartilhamentos nas redes sociais.

Ofereça um bônus para quem compra de você

Crie um conteúdo exclusivo e de valor e ofereça aos seus leitores, como bônus pela compra do produto que você promove.

As pessoas adoram receber bônus.

E você pode criar bônus com muita facilidade, enquanto oferece valor ao seu público.

Essa é uma ótima forma de se diferenciar dos afiliados que promovem o mesmo produto.

Você pode oferecer como bônus:

  • Passo a passo;
  • Vídeo aula;
  • Guia prático;
  • E-book;

está preparado para ter sucesso com marketing de afiliados

Etapa 12 – Crie e-mails promocionais para seus inscritos

Quando se trata de enviar tráfego para sua página de vendas, a sua lista de e-mail é o seu maior recurso.

Se você já envia e-mails, regularmente, para os seus inscritos, você pode enviar e-mails com ofertas de produtos com certa frequência também.

Antes de enviar suas ofertas de produtos, forneça muito conteúdo de valor para sua audiência.

Algumas ideias são:

  • Promova seus produtos indiretamente, enviando e-mails com seu link de afiliado, dentro do conteúdo que você fornece gratuitamente;
  • Ofereça bônus, descontos e promoções, através dos e-mails;
  • Faça sorteios de brindes com aqueles inscritos que compartilharem sua experiência com o produto que você promove. Envie a informação dos sorteios por e-mail.

Se você é afiliado de um produto de baixo custo, como um e-book, download ou algum serviço online, por exemplo, você pode usar seu link de afiliado no final de cada e-mail que você enviar para os seus leitores, com conteúdo personalizado e de maneira contínua.

Para cursos, mentorias, produtos ou serviços, com uma comissão maior, você pode fazer algo uma vez por ano, próximo de algum lançamento oficial, com ofertas mais em conta.

Claro que você precisa acompanhar os produtores, que fazem grandes lançamentos durante o ano.

Você pode participar desses lançamentos e aproveitar para promover isso para sua audiência, através do e-mail.

Faça uma promoção diferente para cada produto.

Logo abaixo, eu vou te mostrar um exemplo da sequência de e-mail ideal para promover o seu produto.

Mas antes, vou fazer algumas observações a respeito.

Sequência de e-mail personalizada é muito eficaz para os seus principais produtos.

Você, geralmente, envia uma sequência de 5 a 7 e-mails distribuídos por um período de tempo de uma semana ou duas.

Esses e-mails promocionais podem ser enviados entre um e outro e-mail comum do seu blog ou você pode fazer uma pausa no seu conteúdo regular enquanto durar a sequência de e-mails promocionais.

Aqui estão os exemplos. São 7 séries de e-mails para você se guiar:

  1. Um e-mail de boas-vindas (caso sejam novos inscritos) ou um e-mail com conteúdo valioso, falando sobre o problema que o produto soluciona;
  2. Conteúdo útil, mas sem oferta de produto, ainda;
  3. Agora, um e-mail citando o produto pela primeira vez e falando da relação dele com o problema que você já falou. Dessa vez, envie junto o seu link de afiliado;
  4. Mais conteúdo gratuito, com conselhos valiosos, ensinando algo, mesmo se o leitor comprou ou não. Inclua mais um link do seu produto;
  5. Um e-mail com uma oferta mais “agressiva”, para incentivar o leitor a comprar, usando o método da escassez (por exemplo: “Apenas 50 vagas disponíveis”) ou da urgência (por exemplo: “Esta oferta termina em 48 horas”);
  6. Com informações úteis adicionais, como depoimentos ou prova social e um lembrete dizendo que o tempo da promoção está acabando;
  7. Neste, você faz uma última chamada urgente, para que os leitores saibam que a oferta vai ser encerrada em breve.

marketing de afiliados

Etapa 13 – Criar eventos exclusivos e ao vivo

Você pode, por fim, criar eventos exclusivos e ao vivo, para apresentar os seus produtos aos seus leitores.

A forma mais comum de fazer isso é criar um webinário.

Você pode organizar o seu webinário por conta própria ou em parceria com o produtor.

Porém, os produtores geralmente, só participam de webinários quando o afiliado atrai um grande número de participantes.

Se você já tem uma boa audiência e houver um grande interesse do seu público em um determinado produto, você pode fazer dele o foco do seu evento, oferecendo o seguinte para quem participar:

  • Uma demonstração ou uma aula, com a participação do público, mostrando como você faz uso daquele produto, incluindo algumas dicas e truques que você aprendeu ao longo do tempo;
  • Uma demonstração de características específicas daquele produto, que seja de interesse para os seus leitores;
  • Um estudo de caso pessoal dos resultados obtidos pelo uso do produto;

Normalmente, o webinário ou qualquer outro evento online, vai se concentrar em um resultado específico que o seu público-alvo deseja alcançar e, em seguida, você vai posicionar o produto como uma forma de alcançar esse resultado com mais rapidez e facilidade.

Uma estratégia bem comum de separar o conteúdo do webinário do conteúdo do produto, propriamente dito, é usar esse evento online para explicar o que você precisa fazer para alcançar um determinado objetivo e mostrar como o produto pode facilitar esse processo.

É muito importante destacar que um evento online precisa ter conteúdo de valor, mesmo para aquelas pessoas que acabam não comprando o seu produto.

Por exemplo:

Digamos que você estivesse promovendo um software que automatiza o alcance de um blogueiro ou youtuber.

O seu webinário poderia falar sobre estratégias de alto nível para divulgação.

O seu público poderia participar, manualmente, para posicionar o produto, permitindo a você economizar tempo e focar na construção de relacionamento, em vez de focar no alcance inicial.

Dicas extras:

Para você aproveitar ao máximo um evento ao vivo, se lembre de, ao terminar, publicar e divulgar as gravações, para as pessoas que não puderam acompanhar quando você estava ao vivo.

Não se esqueça de acompanhar tudo, para descobrir o que está funcionando melhor.

Qualquer uma dessas opções que você escolher para promover o seu produto como afiliado, procure saber qual está trazendo dando mais resultado para você.

Uma dica aqui é encurtar o seu link de afiliado. Use o Pretty Link, que é um plugin onde você pode fazer isso.

Com o Pretty Link você pode criar links limpos e fáceis de usar.

Além disso, com ele, você vai obter uma análise para saber, exatamente, de onde as pessoas estão chegando e quais são as estratégias que estão funcionando melhor para o seu negócio.

E o mais importante de tudo isso: Tenha paciência.

Não ache que tudo vai acontecer de primeira.

Você precisa continuar construindo uma base sólida com um conteúdo de valor, testando coisas novas, de maneira consistente e sem desistir.

Dê início a sua “máquina de vendas” com o marketing de afiliados e comece a ganhar dinheiro.

Aquele sonho que você tem de ganhar dinheiro enquanto dorme pode não ser uma fantasia boba. É uma coisa totalmente realizável, basta não desistir e ter paciência.

Claro que não é fácil e não é como apertar um botão e começar a ganhar dinheiro, como se fosse uma mágica.

Mas, com conhecimento e muita persistência, você pode realizar sim.

O marketing de afiliados, sem dúvida é uma das melhores formas de começar a ganhar dinheiro com o seu blog e trabalhar em casa.

Basta ganhar muitos seguidores e se tornar uma autoridade.

Como eu já disse, não é fácil no começo, mas, se você seguir todas as etapas que eu te ensinei neste artigo, você vai conseguir alcançar a sua meta.

  • Identifique a maior dor ou a maior necessidade da sua audiência, pra oferecer exatamente o que ela precisa para alcançar seu objetivo e comece por aí, que vai dar muito certo;
  • Escolha um produto de excelente qualidade e no qual você gosta e confia e compartilhe isso com o seu público;
  • Conte a sua história de sucesso com aquele produto;
  • Ofereça muitos conteúdos de valor, que ajudem e ensinem os seus leitores e que não seja totalmente para vendas;
  • Forneça mais conteúdo do que oferta de produto;
  • Seja honesto e cultive a confiança que a sua audiência depositou em você.

Futuramente você será recompensado, em dinheiro, por todos os seus esforços e noites sem dormir.

Portanto, seja paciente!

Leia mais artigos sobre o assunto.